Mesa Real Alternativa com o Tarô - Clube do Tarô - Tarot
 
Home page

21 de outubro de 2020

Responsável: Constantino K. Riemma


Mesa Real Alternativa com o Tarô
Samantha Godoy Collares
Sempre admirei esse modo de tiragem com o Petit Lenormand. Acredito que a Mesa Real seja um método único e amplo, para analisar a vida do (a) consulente de forma aprofundada. Dessa forma, busquei alternativas para adaptar a Mesa Real para o Tarô.
Em minhas pesquisas, alguns tarólogos já se propuseram a fazer essa adaptação, alguns apenas com os Arcanos Maiores na mesa, outros com a mistura das cartas, escolhendo o Imperador e a Imperatriz como cernes da tiragem, uma vez que no Petit Lenormand, na Mesa Real, a tiragem é muitas vezes iniciada e guiada, com base nas cartas do Cavalheiro ou da Dama.
Antes de iniciar minha explicação da Mesa Real com o Tarô, gostaria de salientar que o método da Mesa Real do qual me baseei, foi elaborada pelo Dênis Maapelli que se chama Mesa Real Alternativa, e o texto se encontra no site Clube do Tarô:
www.clubedotaro.com.br/site/p52_3_Mesa_Real_Denis.asp.
Vamos às explicações:
Primeiramente, levo em consideração o gênero do (a) consulente. A partir disso, como exemplo, se a consulente é mulher, retiro as quatro Rainhas do baralho e as embaralho (se for Homem, consequentemente retiro os Reis), após o embaralhamento retiro uma carta, e essa será a representação da consulente na leitura da Mesa Real. Para esse exemplo, escolhi a Rainha de Copas.
A escolha pelas Rainhas ou Reis é interessante porque cada característica e simbologia das Rainhas e dos Reis, diz como está o (a) consulente no momento. Portanto, quando embaralhar os quatro Reis ou Rainhas da corte, ao escolher uma carta, interpretá-la como o próprio consulente representado.
O segundo passo, é separar a Rainha que saiu do embaralhamento, do restante do baralho. Pego as três rainhas que sobraram, junto ao montante restante e embaralho novamente, já pensando e direcionando para o jogo completo.
Após o embaralhamento, retiro 35 cartas, imitando a numeração das cartas do Petit Lenormand, pois ao juntar essas 35 cartas com a Rainha separada, temos o total do baralho Lenormand – 36 cartas.
Então como dito anteriormente, o terceiro passo é juntar o montante de 35 cartas com a Rainha separada. A separação da Rainha era necessário, para que ela obrigatoriamente saísse no montante de cartas final. A partir disso, embaralho as 36 cartas em conjunto, e então disponho as cartas na mesa, com 6 linhas de 6 cartas. A imagem evidenciará melhor sobre a leitura:
Mesa Real alternativa com o Tarô
Linhas de acordo com a numeração da imagem:
  Espiritualidade
  Mental/Pensamentos
  Afetivo/Amor
  Saúde
  Trabalho
  Financeiro
A partir disso, faço a leitura observando a posição da carta da consulente (Rainha de Copas), levando em consideração o passado, presente e futuro, onde a Rainha, que é a representação do consulente está posicionada, em qual linha e quais as temáticas que estão perto e distanciadas dela. Na imagem, percebemos que a Rainha de Copas está posicionada nas colunas do futuro, na linha 3, que corresponde à temática afetiva. Isso já mostra qual a principal preocupação da consulente, e de acordo com sua posição, quais são as temáticas que estão distanciadas da consulente e as que estão próximas.
De acordo com o exemplo, a consulente está pensando muito no futuro, e talvez sua principal ação seja deixar alguns sentimentos sobrecarregados para trás, para iniciar um novo caminho, mais voltado para seu Eu e valorizando seus próprios sentimentos.
É importante salientar para os (as) tarólogos (as) que nunca tiveram contato com a Mesa Real, que essa leitura leva muito em consideração a posição das cartas, suas aproximações da carta que representa a (o) consulente e suas distâncias. Nesse exemplo, a Rainha de Copas, saiu do embaralhamento posicionada na linha Afetiva e portanto, as questões de pensamentos e mental, estão muito próximas a ela, pois estão na linha de cima, assim como a questão de saúde que está abaixo. As outras linhas, lê-se normalmente mas também observando se a carta que representa a (o) consulente está longe ou perto.
Pode começar a leitura a partir da linha onde está a Rainha (consulente do exemplo), e depois, ler as linhas restantes e suas temáticas.
A leitura da Mesa Real com o Tarô tem sido bastante ampla nas minhas tiragens, é uma abordagem longa mas que pode ser bastante útil, quando o (a) consulente quer uma análise geral sobre as principais áreas da vida. É uma tiragem um pouco trabalhosa, mas vale bastante a pena! Quem ler esse texto, se quiser tirar dúvidas sobre a tiragem, não hesite em me contatar.
Resumo Objetivo:
  Retiro as quatro Rainhas do Tarô (consulente feminino: Rainha, Consulente Masculino: Reis)
  Embaralho essas quatro cartas
  Retiro uma carta, que vai simbolizar o consulente na Mesa Real (Rainha ou Rei)
  Deixo essa carta Rainha/Rei separada do restante das cartas;
  Pego as três Rainhas/Reis restantes, e coloco as cartas junto ao montante.
  Embaralho e retiro 35 cartas;
  Junto essas 35 cartas com a carta da Rainha ou Rei que ficou separada;
  Embaralho as 36 cartas em conjunto e a partir daí, disponho as 36 cartas na mesa, levando em consideração em que posição a Rainha ou Rei que representa o consulente está, ou seja, em qual linha/temática e se está posicionado (a) no passado, presente ou futuro.
  Começo a interpretação a partir da linha/temática onde está a Rainha/Rei que é o (a) consulente, e depois leio as outras linhas na ordem que julgar necessário.
Samantha Godoy Collares,
Taróloga e Graduanda em Ciências Sociais pela
Universidade Federal de Pelotas - UFPEL
www.samanthacollares.wixsite.com/taromancia 
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Edição: CKR - 24/07/2020
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2020 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil