Home page

25 de junho de 2022

Responsável: Constantino K. Riemma


O jogo de cartas Marziano di Tortona - 1415
e o Tratado da Deificação dos Dezesseis Heróis
Helene Bianconi
Determinar data e local do surgimento do jogo de cartas, que mais tarde seria denominado tarô, é uma tarefa dificílima, mas graças aos registros em museus e bibliotecas temos uma boa bagagem para não cairmos no abismo da total ignorância.
Existem registros nos séculos 15 e 16 sobre conjuntos de cartas em diversas localidades ao redor de Milão, cidade de onde possivelmente se difundiu o baralho para jogos, que na época eram chamadas de Trunfos.
A mais antiga referência escrita sobre o jogo de baralho é uma carta de Jacopo Antonio Marcello à rainha Isabel de Lorena, em 1449, na esperança de ganhar seu favor. Essa missiva foi descoberta por Paul Durrieu em 1895.
Vale lembrar que, com relação às cartas originais dos baralhos que chegaram até os tempos atuais, esse jogo mencionado em 1449 não se encontra entre eles.
Jogos de baralho do século XV
Poucos baralhos do século XV, com cartas originais, chegaram até nós.
Confira: BARALHOS / Resenhas & Galerias / Ordem cronológica
Tal como no caso do Tarocchi Visconti-Sforza, aqui também se conta com a presença de Filippo Maria Visconti, que nasceu em 3 de setembro de 1372 e faleceu em 13 de agosto de 1447. Foi duque de Milão de 1392 a 1447. Filippo possuía um secretário e conselheiro que, além de executar tarefas administrativas, era Astrólogo e Astrônomo (na época as duas artes eram conjugadas). Este grande conselheiro do duque chamava-se Marziano Sant'Aloisio, posteriormente conhecido como Marziano di Tortona, pois Sant'Aloisio era uma pequena aldeia na cidade de Tortona.
Medalha e perfil do Visconti Sforza
O texto de Marziano e Filippo Maria Visconti, o Duque de Milão
Filippo era apaixonado por jogos de cartas e tabuleiro, a partir daí podemos entrar na história de onde possivelmente os baralhos da linha Visconti-Sforza, teriam sido inspirados.
Marziano Tarot
Vamos tratar, agora, de um baralho específico, que foi encomendado pelo Duque de Milão, Filippo Maria Visconti e que, provavelmente, teria inspirado na criação dos trunfos.
Segundo historiadores, um dos relatos mais antigos sobre os trunfos se chama Tractatus de Deification Sexdecim Heroum (Tratado da Deificação dos Dezesseis Heróis). Foi escrito por Marziano Di Tortona, em 1415, e dedicado ao duque de Milão, Filippo Maria Visconti.
Este baralho, conforme o tratado, era composto por 16 trunfos correspondentes a 16 divindades romanas. Por conta do cristianismo, esses Deuses de origem Etrusca foram traduzidos como heróis, sem os respectivos cultos, tornando-se assim parte da mitologia, com conotação mais literária.
A descrição minuciosa de cada carta ofereceu ao tarólogo e designer Robert M. Place as informações suficientes para recriar o baralho, seiscentos anos após:
Trunfos 1 a 8 do Marziano Tarot, recriados por Robert Place
Júpiter, Juno, Palas, Vênus, Apolo, Netuno, Diana, Baco
Trunfos do Marziano Tarot recriados por Robert Place
Mercúrio, Marte, Vesta, Ceres, Hércules, Éolo, Dafne, Cupido.
As imagens acima, trunfos do Marziano Tarot,
foram criadas por Robert Place em 2015.
Reprodução autorizada pelo Autor.
Existem algumas especulações sobre as possíveis correlações entre os trunfos do Baralho de Marziano e os denominados Arcanos Maiores no Tarô clássico. Por exemplo:
Imperador - Júpiter     Imperatriz - Juno
Enamorados - Cúpido     Sacerdotisa - Vesta
Carruagem - Marte     Força - Hércules
Justiça - Palas     Louco - Mercúrio
Tal como acontece com os baralhos Visconti-Sforza de 1451, algumas imagens pouco amigáveis, como Torre e Diabo, não foram adicionadas ao conjunto.
O baralho, além dos 16 trunfos, possuia cartas em quatro grupos, que hoje são chamados de naipes. Não se sabe ao certo, quantas cartas existiam para cada naipe.
Os naipes e seus símbolos:
Marziano Tarot - Os quatro naipes
Espadas: Virtudes - Águia     Copas: Prazeres - Pomba  
Moedas: Riqueza - Fênix     Bastões: Temperança - Rola
Vale salientar que Marziano, em seu tratado, descreveu de forma literal as características dos trunfos, de modo que mesmo na ausência da arte, poderíamos imaginar como seria a imagem destes Deuses impressos nas lâminas. O design das cartas foi atribuído à Michelino da Bezosso, cujo baralho é referido como Filippo-Marziano-Michelino.
Filippo além de ser adepto aos jogos lúdicos, especialmente baralhos, também se interessou pela astrologia por causa de Marziano, o que abriu espaço para que diversos astrólogos renomados pudessem acessar a corte e prestar ajuda na sua jornada estatal.
Robert M. Place, escritor, designer, historiador de tarô, criador do Tarô Alquímico e outras grandes obras, possui seu trabalho em museus, e em suas obras introduz elementos da astrologia, hermetismo, alquimia, magia e mitos. Ele recriou, em 2015, o baralho Filippo-Marziano-Michelino, de acordo com a descrição do tratado escrito por Marziano: é o The Tarot's Oldest Ancestor, The Marziano Tarot.
O Marziano Tarot recriado por Robert Place
O Tratado, traduzido e publicado em inglês, foi
referência para a re-criação das cartas por Robert Place.
O site de Robert Place oferece mais informações sobre o jogo e o Tratado da Deificação dos Dezesseis Heróis: www.robertmplacetarot.com/the-tarots-oldest-ancestor-the-marziano-tarot
Sem dúvida alguma, o baralho Filippo-Marziano-Michelino nos coloca próximo ao berço da nossa grande ferramenta de estudo e trabalho, o Tarô.
Sem história e sem passado, não existe o futuro.
Fontes consultadas:
http://trionfi.com/earliest-tarot-pack
https://robertmplacetarot.com/the-tarots-oldest-ancestor-the-marziano-tarot/
https://marzianotoludus.blogspot.com/2019/12/
https://www.treccani.it/enciclopedia/filippo-maria-visconti-duca-di-milano_%28Dizionario-Biografico%29/https://pt.wikipedia.org/wiki/Tarot
Helene Bianconi é estudante de história,
atende com tarô, sibilla e radiestesia
e ministra curso de Vera Sibilla Italiana
www.helenebianconi.com
Outros trabalhos seus no Clube do TarôAutores
Editoração: CKR - 22/03/2022
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2020 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil