Home page

24 de março de 2017

Responsável: Constantino K. Riemma


Os Cavaleiros
 
Compilação de
Constantino K. Riemma
 
A figura do cavaleiro talvez seja a mais rica quanto às possibilidades de relatos históricos, visto responder a um simbolismo relacionado ao ritual das ordens de cavalaria.
Neste sentido, é notável a coincidência entre o período de formação do Tarô e a histórica e lendária Ordem dos Templários, fundada sob os muros de Jerusalém, em 1118, e aniquilada pela aliança entre o papa Clemente V e o rei francês Filipe, o Belo, entre 1307 e 1314.
O caráter esotérico dos Templários, seus ritos, seus contatos comprovados com os sobreviventes orientais da gnosis alexandrina, e seu fim espetacular devem ter influído na visão que os gravuristas — Les imagiers du Moyen Ageprojetaram nas cartas da corte.
A terrível conclamação de Jacques de Molay*, na fogueira do suplício foi amplamente comentada entre os iniciados medievais e não é impossível que a sombra dos cavaleiros brancos tenha dado origem a esse personagem que rompe o simbolismo trinitário e familiar das figuras do Tarô.
  * Nota histórica: Jacques de Molay, Grande Mestre do Templo, foi queimado vivo em Paris, na manhã de 18 de março de 1314. No patíbulo, negou publicamente todas as acusações contra a Ordem dos Templários e convocou seus carrascos a comparecerem naquele mesmo ano ante o tribunal de Deus. Clemente V morreu em 20 de abril, apenas transcorrido um mês, e Filipe pouco mais tarde, a 29 de novembro de 1314.  
Num sentido geral,  podemos afirmar que o símbolo do cavalo está relacionado ao papel de intermediário entre o mundo inferior ou terrestre e o mundo do espírito ou logos, representado pelo cavaleiro, aquele que buscou e encontrou o caminho de prevalecer sobre a matéria.
O Cavaleiro de Ouros no Tarot de Marselha - Kris Hadar   O Cavaleiro de Paus no Tarot de Marselha - Kris Hadar
O Cavaleiro de Copas no Tarot de Marselha - Kris Hadar   O Cavaleiro de Paus no Tarot de Marselha - Kris Hadar
Esta figura encontrará sua explicitação nos arcanos maiores 6. Os Enamorados e 7. O Carro e, no aspecto iniciático, corresponde ao período dos trabalhos e dos esforços concretos para a realização. Psicologicamente, refere-se aos estados intermediários ou de transmutação, presentes também na fase transformadora da Grande Obra alquímica
Três dos cavalos do Tarô são mais ou menos idênticos, de cor carne e com cascos azuis, mas o de paus é branco e seu corpo está coberto por uma manta.
Somente um o Cavaleiro de Espadas traz armadura e elmo. Dois deles — o Cavaleiro de Paus e o de Ouros — estão com chapéu. O Cavaleiro de Copas é o único que se apresenta com a cabeça descoberta. Os quatro são jovens e sem barba, e levam a marca da sua série: os de copas e ouros na mão direita, e os outros dois na esquerda. Três dos cavalos andam da direita para a esquerda, mas o de ouros caminha na direção oposta.
Cavaleiro de Paus
O Cavaleiro de Paus no Tarot de Marselha-Grimaud  
Significados gerais
Dinamismo unificador, poder de atuar. Transmissor de vida e atividade. Os fatos imediatos e transformadores, clima e disposição dos acontecimentos. Incubação de energias materiais e de ação colocadas à disposição do ser humano.
Executivo, filho mais velho, namorado.
Mental: atividade inteligente e intuitiva para lidar com questões práticas, ação e realizações felizes.
Anímico: amizades, afetos, associações. Atividade protetora.
Físico: realização harmoniosa. Sucesso em negócios.
Saúde: restabelecimento, renovação de vida.
(–) atrasos, resistências.
Interpretações usuais na Cartomancia
Partida. Uma viagem. Avanço para o desconhecido. Arrojo. Mudança de residência.
Discórdia. Interrupção. Mudança inesperada. Desentendimento. Rompimento de relações pessoais. Descontinuidade.
O protetor. A liberdade em perigo. (-): Perigo de traições.
Partida, mudança, fuga, dissensão, separação, abandono. Indicador dos altos empregos secundários, da luta para conquistar uma posição, do poder adquirido pelas lutas. Este Arcano diz: “Age e trabalha; o futuro é um campo que é preciso cultivar. Tanto no bem como no mal, todo trabalho produz frutos.”
Outros significados do Cavaleiro de Paus
  O Príncipe de Paus e seu significado energético. Por Isabela Cruz : Em busca da maturidade  
  O Cavaleiro de Paus: o herói impuro. Estudo de Glória Marinho : ...E um possível super-herói  
  Figuras da corte do naipe de Paus. Exposição de Luiza Papaleo na Jornada sobre os Arcanos Menores promovida pelo Clube do Tarô : O Cavaleiro de Paus  
  Os rapazes do tarô. Titi Vidal compara a carta com os tipos masculinos: O Cavaleiro de Paus  
  Cavaleiro de Paus, a ação do fogo. Texto de Jaime E. Cannes : A figura e sua mensagem  
Cavaleiro de Ouros
O Cavaleiro de Ouros no Tarot de Marselha-Grimaud  
Significados gerais
Condução calma das energias práticas e mentais para construir uma obra sólida e durável.
Mental: inteligência para construir na matéria; resolução de problemas geométrico e arquitetônicos.
Anímico: sentimentos afetivos, calmos, estáveis, progressivos.
Físico: orientação segura para resolver problemas nos negócios e nos empreendimentos. Saúde boa. Cura assegurada.
(–) impedimentos na ação
Interpretações usuais na Cartomancia
Pessoa amadurecida e responsável. Digna de confiança. Metódica, paciente. Persistente, tem capacidade de levar uma tarefa a bom termo. Organizada, capaz, digna de confiança.
Estagnação, descuido, inércia. Falta de determinação ou de orientação. Mentalidade tacanha. Limitado por opiniões dogmáticas. Preguiça.
O marido. Namorado. (-) embusteiro.
Chegada inesperada, visita, vantagem, ganho, lucro, interesse, paz, tranqüilidade. Êxito, porém com grandes lutas, conquista de fortuna, apesar de todos os obstáculos. Paz e tranqüilidade final.
Outros significados do Cavaleiro de Ouros
  O Cavaleiro de Ouros: o herói sintético. Estudo de Glória Marinho : Apoio para alcançar as alturas  
  Figuras da corte no naipe de Ouros. Apresentação de Sandra Ayana na Jornada sobre os Arcanos Menores promovida pelo Clube do Tarô : Realizações de bens materiais  
  Cavaleiro de Ouros, a ação da terra. Texto de Jaime E. Cannes : A figura e sua mensagem  
  Os rapazes do tarô. Titi Vidal compara a carta com os tipos masculinos : O Cavaleiro de Ouros  
Cavaleiro de Espadas
O Cavaleiro de Espadas no Tarot de Marselha-Grimaud  
Significados gerais
Comando rápido; prontidão diante de acontecimentos inesperados e dos imprevistos do destino.
Mental: clareza nos projetos, solução dos imprevistos, percepção dos múltiplos aspectos envolvidos numa situação ou projeto.
Anímico: intercâmbio, contribuições rápidas e vibrantes.
Físico: realização imprevista, que nada deixa antever.
(–) embaraços, aborrecimentos, acontecimentos inesperados, reviravoltas nos negócios e nos empreendimentos.
Interpretações usuais na Cartomancia
Bravura, perícia. Força e ímpeto de um homem jovem. Ação heróica. Investida impetuosa para o desconhecido, sem temor.
Antagonismo, guerra.
O inimigo. Notícia destorcida. Más notícias. Incapacidade, imprudência.
Ataque, agressão, crítica, sátira, zombaria, calúnia, difamação, oposição, resistência. Perigo pelo fogo ou por inimigos ocultos, lutas com pessoas de posição. Aptidão para a carreira militar, porém perigo de morte nesta profissão.
Outros significados do Cavaleiro de Espadas
  Figuras da corte no naipe de Espadas. Apresentação de Christiane Carlier na Jornada sobre os Arcanos Menores promovida pelo Clube do Tarô : As figuras de Espadas  
  O Cavaleiro de Espadas: o herói puro. Estudo de Glória Marinho : Todos nascemos para ser heróis  
  Cavaleiro de Espadas, a ação do fogo. Texto de Jaime E. Cannes : A figura e sua mensagem  
  Os rapazes do tarô. Titi Vidal compara a carta com os tipos masculinos : O Cavaleiro de Espadas  
Cavaleiro de Copas
O Cavaleiro de Copas no Tarot de Marselha-Grimaud  
Significados gerais
O elemento sensível e afetivo do ser humano, capaz de impulso generoso e de devoção.
Mental: ideias fecundas, inspiração, intuições espontâneas, acuidade, dom de pressentir.
Anímico: florescimento de dons artísticos. Ânimo para a realização dos ideais.
Físico: casamentos felizes, bem combinados.
Ótima saúde.
(–) atrasos e embaraços
Interpretações usuais na Cartomancia
Convite ou uma oportunidade em breve. Boa notícia. Chegada, aproximação, progresso. Atração, estímulo. Encanto, sedução.
Armadilha, falsidade. Fraude. Pessoa hipócrita e astuta. Escândalo, ciúme e rejeição.
O filho. Alegre e vivaz. (-) ciumento e rejeitado.
Chegada, acolhimento, viagem, proposta, convite, aproximação. Rivalidade no amor, lutas por causa de uma mulher; casamento atrasado, adultério perigoso.
Outros significados do Cavaleiro de Copas
  Figuras da corte do naipe de Copas. Apresentação de Ana Magalhães Corrêa na Jornada sobre os Arcanos Menores promovida pelo Clube do Tarô : As figuras de Copas  
  O Cavaleiro de Taças: herói místico. Glória Marinho liga a figura ao mitolígco: Percival e o Graal  
  Os rapazes do tarô. Titi Vidal compara a carta com os tipos masculinos : O Cavaleiro de Copas  
  Cavaleiro de Copas, a ação da água. Texto de Jaime E. Cannes : A figura e sua mensagem
 
Mais estudos sobre os Cavaleiros
  Chris Evans e os Dois Cavaleiros. Jaime E. Cannes estabelece relações dos personagens Tocha Humana e Capitão América os Cavaleiros do Tarô : Paus e Ouros  
  Qual seu tipo de homem? Marte e os homens no tarot. Michele Serinolli apresenta os Reis e Cavaleiros como protótipos masculinos associados à Astrologia : Oito tipos para escolher  
  Sobre Heróis. Jaime E. Cannes estabelece correlações entre os escolhidos para o título O Maior Brasileiro de Todos os Tempos (programa do SBT) e os arcanos : O Carro e os Cavaleiros  
  Os quatro cavaleiros. Valéria Fernandes apresenta as quatro figuras a partir dos detalhes que aparecem nos tarôs Rider-Waite e Mitológico : Os Cavaleiros
 
  Os Cavaleiros. Texto de Joana Trautvetter em que a taróloga apresenta as figuras por grupos de personagens – Reis, Rainhas, Cavaleiros e Valetes – e estabelece suas relações com o Tetragama da Cabala. A ilustrações pertencem ao Tarô da própria autora : Os significados dos Cavaleiros  
  Curso de Tarô. Transcrição completa do Manual de introdução às cartas preparado por  Betoh Simonsen : Cartas da Corte e a síntese Naipe de Copas  
  As figuras da corte e os profissionais da saúde. Giancarlo Kind Schmid estabelece nexos entre os Ases, os Naipes e as figuras da Corte com os sistemas e funções biológicas : Tarô e Saúde  
   Rastreamento de símbolos: Cavaleiros do Tarot. Glória Marinho relaciona as quatro figuras ao Arquétipo dos Nove Elementos (AT-9) de Yves Durand : Quatro heróis  
  Jaime E. Cannes apresenta os arcanos menores e examina as suas 56 cartas em um resumo bem didático, ilustrado com o Osho Zen Tarot : Os quatro naipesPausCopasEspadasOuros  
  As espadas e os distúrbios psicossomáticos e somatopsíquicos. Ricardo Pereira faz um histórico dos estudos corpo-psiquismo. Os distúrbios e as cartas da corte : Saúde
 
Contato com o organizador do site Clube do Tarô:
Constantino K. Riemma - ckr@clubedotaro.com.br
Atualização: janeiro.17
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2016 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil