Home page

27 de fevereiro de 2020

Responsável: Constantino K. Riemma


Uma pequena crônica sobre o Tarot do Balbi
  Betoh Simonsen  
 
    Uma atividade interessante que tenho vivido é a de receber e-mails com as mais diferentes perguntas e este fato acaba criando uma situação que qualquer pessoa com energias aquarianas adora: um relacionamento intenso, profundo, desprendido e eventualmente rápido.
    Recentemente, recebi um e-mail do outro lado do planeta perguntando-me sobre o significado de duas cartas do Tarot do Balbi. Além disto, pediu-me que lhe enviasse essas
imagens. Como algumas pessoas próximas sabem, apesar de ter atravessado um período de estudos mais sistemáticos (há literalmente décadas atrás), depois que desenvolvi um sistema próprio de interpretação – que, diga-se de passagem, está no site do Clube do Tarô – tenho me utilizado dos baralhos apenas como referência, com um entendimento pequeno ou quase nulo dos significados atribuídos pelos seus criadores. E, para completar, tenho o querido acompanhamento deste jogo de tarot adquirido há mais de duas décadas.
    Bom, tentei resolver rapidamente a situação: devolvi uma resposta curta sobre os significados que atribuo aos arcanos questionados e pedi ao Constantino suas imagens. Um processo honesto, rápido e indolor. Ilusão minha: o Constantino, em seu jeito mágico de ser, tirou fotos de todas as cartas, e além disto pediu-me com falsa inocência uma pequena apresentação ou introdução às cartas...
    E  aqui  estou  eu,  em minha doce ignorância.  Depois de 22 anos
 
O Dez de Ouros no Tarot de Domenico Balbi
Dez de Ouros
no Balbi Tarot
 
com minhas caras amigas, recuso-me a fazer uma pesquisa tardia. Apenas gostaria de dizer que elas são gostosas, coloridas e quase tradicionais. O fato de não possuírem imagens complexas nos arcanos menores facilitam o foco no entendimento dos quatro elementos e suas relações com os números. Os maiores, se fizermos uma pequena loucura de não considerarmos suas cores, são quase clássicos.
    Lembro-me de uma propaganda do final de minha juventude, do chocolate em pó Toddy, na qual se dizia de sua imagem-símbolo, o garoto Toddy: é gostoso, nutritivo e só faz bem. Bom, para mim, o Tarot do Balbi é exatamente assim.
abril.09      
Contato com o autor:
Betoh Simonsen - betohsimonsen@uol.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Para percorrer a Galeria do Tarot Balbi clique nas opções abaixo:
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2020 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil