Home page

15 de dezembro de 2018

Responsável: Constantino K. Riemma


Oráculo para a Alma
Resenha de
Socorro van Aerts
 
No início da primavera aqui no Hemisfério Norte, momento do despertar da Mãe Terra, chega às minhas mãos o baralho Oráculo para a Alma, um magnífico trabalho da escritora e artista portuguesa Dina Coelho Guerreiro.
São 44 cartas com uma simbologia bastante expressiva, com cores fortes e vibrantes!  Segundo a própria autora, “algumas imagens já existiam no meu imaginário, outras apareceram de surpresa”.
Capa do Livreto de Oráculo para a Alma
Capa do livreto que
acompanha as cartas do
"Oráculo para a Alma"
 
Cada lâmina foi pintada a lápis de aquarela, numa impressão de alta qualidade e laminadas a mate.
Em outras palavras, este oráculo significa, a meu ver, a materialização do conhecimento esotérico, espiritual e intuitivo de Dina, em perfeita sintonia com a temática e energia da Nova Era.
No verso de cada carta temos uma figura que nos remete tanto ao órgão sexual feminino como ao ovo, ambos os símbolos de germinação e nascimento.
O baralho Oráculo para a Alma vem acompanhado de um livreto contendo o significado de cada carta e protegido por bolsas de tecido resistente com fechamento em velcro, disponíveis em modelos variados. Na bolsa que tenho, está bordado um círculo concêntrico e suas ramificações evocam o útero materno e a expansão da vida!
Cada carta traz uma imagem central que vai desde aquelas que nos são mais familiares no mundo cartomântico (Gato, Serpente, Urso, Casa) até outras mais específicas ao imaginário e à bagagem cultural e espiritual de sua criadora (Uiki, Chuá).
A Autora nos ofereceu informações complementares sobre a sua criação: "O Oráculo para a Alma não foi criado tendo por base um baralho já existente. Foi criado de raiz sem preocupação de seguir um modelo pré definido."
"O número de cartas, 44, tem que ver com as imagens que eu queria que estivessem presentes neste oráculo, que perfaziam 44, tanto aquelas que eu já tinha definido como as que surgiram mais tarde com o seguimento dos trabalhos. O número 44 é, também para mim importante, pois a sua soma é 8, este número tem um significado especial para mim e para este trabalho."
"Quis que a minha Alma — continua Dina — comunicasse comigo no sentido de criar na fisicalidade um instrumento que me auxiliasse no desenvolvimento do meu ser a todos os níveis. Quis que o espiritual se transcrevesse na fisicalidade, no plano material e que este baralho criasse um fluxo constante de comunicação entre os dois mundos. Que estes se unissem no entendimento, na compreensão das mensagens transmitidas por este oráculo."
"Quanto aos textos que acompanham cada carta, quis exprimir expressivamente e por vezes poeticamente o que cada carta significava para mim. São textos fruto da inspiração que cada carta fez surgir em mim."
"O significado de cada carta — finaliza a Autora — não se esgota nestes textos, vai para além destes a cada interpretação pessoal de cada pessoa e a cada ideia que surge na mente de cada um ao olhar para as imagens."
A Serpente no Oráculo para a Alma  O Urso no Oráculo para a Alma  Chuá no Oráculo para a Alma  Uiki no Oráculo para a Alma
Serpente, Urso, Chuá e Uiki no Oráculo para a Alma
Sinto que de maneira espontânea, Dina fez questão de representar os Quatro Elementos:  
Água: Sereia, Golfinho.   Terra: Árvore, Folha, Cristal, Semente.   Fogo: Chama, Lava
Ar: Pássaro, Pégasos, Fragância.  
A respeito do processo criativo e da referência aos quatro elementos, a própria Autora relata que "a construção deste baralho decorreu de uma forma fluída e intuitiva".
"Este baralho surge — acrescenta Dina — da minha necessidade de ter um oráculo pessoal, com um conceito único que fosse de encontro às minhas questões. A presença dos quatro elementos surgiu, em parte, espontâneamente e por outro lado, algumas das imagens já existiam no meu imaginário ligadas especificamente aos quatro elementos. Como por exemplo, a carta “Semente” e a “Árvore”.
"As cartas “Chuá” e “Uiki”, são fruto do meu contacto com estas entidades, em contexto de terapia e de meditação."
"Para além dos quatro elementos, as cartas têm presentes também as partes do corpo, ou a função de cada uma delas, como a “Mãos”, ou a “Ouvir” alusiva ao ouvido."
Árvore no Oráculo para a Alma  Folha no Oráculo para a Alma  Chama no Oráculo para a Alma  Fragrancia no Oráculo para a Alma
Árvore, Folha, Chama e Fragrância no Oráculo para a Alma
Gostaria, nesta resenha, de ressaltar que em todas as imagens e em suas respectivas mensagens, visualizamos e sentimos a presença do arquétipo do feminino e do materno; cada carta é um convite para superarmos o rigor lógico e contemplar o retorno da intuição, do ésprit de finesse que existe na intimidade do mundo feminino.
Maternidade no Oráculo para a Alma  Casa no Oráculo para a Alma  Gato no Oráculo para a Alma  Sol no Oráculo para a Alma
Maternidade, Casa, Gato e Sol no Oráculo para a Alma
Após esse contexto de final de milênio no qual assistimos o esfacelamento de todas as certezas e a recusa de pensamentos dogmáticos, e atualmente nesse exato momento de transição pelo o qual o passamos, o Oráculo para a Alma traz consigo a instância premente de lembrar que tão importante quanto à descoberta de novas galáxias e de novos mundos, podemos restabelecer uma nova ligação com a Terra, reconhecendo nela a mãe e a guadião da Vida em todos os níveis, a busca do autoconhecimento ainda é e sempre será o leitmotiv de nossa existência.
Mais dados sobre esse trabalho poderão ser conhecidos no vídeo da entrevista que a artista Dina Coelho Guerreiro concedeu ao professor João Caldeira, conhecido tarólogo português:
www.youtube.com/watch?v=T0XINkag6cY&list=WL&index=26
Contato com a autora da resenha:
Socorro van Aerts é cartomante
e atende em português e francês.
www.dekeizerinboutique.blogspot.com.br
Contato com a autora do jogo de cartas:
Dina Coelho Guerreiro é artista plástica e cartomante.
Faz consultas terapêuticas com o Oráculo para a Alma
www.facebook.com/OraculoparaAlma
Conheça também seu novo trabalho:
www.facebook.com/tarotdaimperatriz
Edição: CKR – 27/7/2014
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2018 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil