Home page

14 de dezembro de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


Abrindo o jogo do Mago: criação e refinamento
Cristina Guedes
 
Vamos dar início à caminhada de O MAGO - Arcano I. Vamos saber sua leitura e do que posso dizer sobre ele. Certamente quero dizer tudo sobre este iniciático arquétipo. Tão penetrante e tão incontrolável que chega a exaltar a união dos opostos e recíprocos seres. Quando viro uma carta de O MAGO diante de minha mesa, inevitavelmente relaciono-o com o artista e todos os seus espelhos de energias divinas e refinadas, pois O MAGO me leva às criações e combinações perfeitas das gavetas do inconsciente. O Mago sabe aproveitar o que se tem à mão. Sabe que algo novo está a começar. E faz isso em grande estilo e refinamento cósmico.
El Mago
O Mágico - O Mago
 
E realmente ele tem uma mesa à sua frente, onde se podem ver quatro objetos simbólicos: uma taça, um punhal, um pergaminho e uma moeda, que pode ter a imagem do pentagrama mágico. Desde então, o Mago me induz ao preparo de poderosos textos e sem risco de morte (risos). E você ao se aproximar dele deverá celebrar o bom humor, a destreza de sentidos, as novas idéias, as inspirações dele. O Mago é a vontade das potencialidades infinitas. É eficaz, primoroso, cativante, pois sabe descansar satisfeito sob suas artes criativas. Por isso o comparo ao universos dos artistas, pois ninguém consegue deter um artista e sua arte. Trata-se de sabermos que o Mago ultrapassa os planos da lógica.
E ele sabe que precisa de ajuda superior para tomar uma decisão e por isso ergue um pequeno bastão para o alto, captando energia e dirigindo-a para baixo, com a outra mão dourada. É como se ele fosse o elo entre as energias divinas e o mundo material, mas precisa de ajuda porque ainda é um nobre aprendiz. O punhal é o simbolo da sua luta, da sua energia sensual, do seu poder e da sua vitória. A moeda é o simbolo do seu mundo material, dos bens e do dinheiro que ele consegue tão bem administrar. E o pergaminho?
Ah, o pergaminho é a sua inteligência, o seu estudo, a sua espiritualidade.  A taça, por sua vez, simboliza as emoções, o
amor, o coração, a sensibilidade. O bastão é o simbolo da vontade e da sabedoria. Na caminhada espiritual, o Mago representa o ponto de partida e a necessidade de fazer uma canalização de vibrações superiores para poder realizar uma evolução. O Mago nos inclui nos seus planos. No espetáculo de suas cooperações ao mundo. Ele cria e enfatiza sua idéia. Comenta muito bem o fenômeno do milagre e do efeito sobre nós. E ele indica mais ainda que o nosso poder mais natural não vem de treinamentos do intelecto, mas um dom natural e concentrado de energias.
O que pensaram e pensarão minhas consulentes quando estão diante do Mago? Quando souberem o que ele tem a lhes transformar e quando sentirem que ele é um funcionário de Deus na Terra. Pensaram nisso? Mas de tanto ver O Mago em tantas rodadas de Tarô, sempre busco indicar às consulentes que saiam dos seus labirintos de contradições, saiam dos embustes, saiam das arrumações dispersas quando não conseguem se firmar em suas idéias. De tanto vê-lo alegre e mensageiro para mim, chego a saber de sua dança da revelação. Sua maior operação que é a sua vitalidade mágica.
A parte do Mago que mais me tocou quando realizei minha exposição com Arcanos, foi a sua destreza de modos em me colocar em múltiplos espaços em tão pouco tempo. Eu tinha que ter muita energia física e mental para poder seguir as acelerações  do  Mago.  Mas ali jaziam
escondidos muitos momentos de bom humor, diversão, estruturas com novos amigos que iam surgindo em minha jornada. Eu tive de esquecer meu lado lógico de espaço-tempo que é também bem típico do meu lado jornalístico de informar o que se vê enquanto fato. Tive de trabalhar com rapidez e muito envolvimento.
Felizmente encontrei muitas pessoas dentro dessa energia de firmeza e concepção. Amigos maravilhosos e potencialmente realizadores sem igual. Sincronicidades perfeitas foi o que encontrei ao vivenciar este Arcano tão de perto. Viajar, trabalhar, dar entrevistas, levar e elevar a linguagem Arcânica para o mundo. Essa foi e é uma das minhas funções primordiais. Bater asas e ventos que apareciam em resposta a cada uma das minhas atitudes de mensagens que eu trazia ao público.
Sendo concedida e consentida, intercalei conteúdos que facilitassem a visão das pessoas em volta do trabalho. Deixei O Mago estimado e mais seguro nos reinos que me acompanham e que são realmente poéticos. Muitas vezes, é isso, amigos e amigas, precisamos deixar nossos sonhos se realizarem, escrever tudo imediatamente, não obstante, atravessar novos caminhos e desempenhar bem o nosso papel de ainda humanos. É muito importante ter esperança, poder de planejamento e força de realização.
 
O Mago no Gilded Tarot de Ciro Marchetti
O Mago
Gilded Tarot de Ciro Marchetti
E já que estamos no Mago, eu pergunto: querem sanar suas dúvidas, no conforto do seu lar ou no local de trabalho com qualidade e seriedade?
Então, deixem-se iluminar e iniciem uma grande depuração, vai eliminar tudo o que é demais em você o que não precisa mais, e reunir apenas o mínimo necessário para este reiniciar ser pleno.
Como um menino ou uma menina, você veio ao mundo cheio de potencialidades, com muita vontade de abrir espaço para desenvolver os seus dons. Tenha em mãos os instrumentos básicos para isso. Eles significam quatro necessidades básicas que você tem e que vão lhe impulsionar nesta tarefa pela sobrevivência: Você tem que ter uma base sólida para seu desenvolvimento. Vai redefinir: Moradia, fonte de renda, cotidiano, laços afetivos. Enfim, todas as bases que são os esteios para nossa subsistência e conforto, material e emocional.
Adaptação ao ambiente? Sim, você necessita se inserir na sociedade de forma positiva, profissional, amorosa e plena. Para isso,vai definir melhor seu modo de ver os personagens do seu cotidiano. Procure colocar neles o máximo de suas potencialidades, pois eles também expressam seus dons. Através destes papéis é que você vai criar o seu espaço e seu ambiente de Mago.
É hora de definir melhor quem você quer ser e quem você quer ao seu redor para caminhar junto com você.
Beijos mágicos e isso inclui muitas felicidades e sucessos na vida de vocês!
 
Um mago criança
(oportuníssima invenção)
No correr do vento
no mesmo darma e no carma
resta, assim o silêncio
o yin  e o yang 
no arabesco do tempo.
 
O Mago Virado       Cristina Guedes
Fotos da exposição A CASA DO MUNDO NO REINO DOS ARCANOS
realizada por Cristina Guedes (à direita), no SESC de João Pessoa (PB), em 2011
novembro.11
Contato com a autora:
Cristina Guedes - www.facebook.com/cristinasguedes
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
 
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil