Home page

23 de outubro de 2017

Responsável: Constantino K. Riemma


A Imperatriz, tudo nela cresce e prospera!
Poderes e potenciais são revelados!
Cristina Guedes
 
Mais suntuosa que as evidências do Santo Graal. Mais exuberante que o vôo da águia. Mais suprema e espalhante que as espumas do mar. Ela ainda governa pelo amor. Ela revela algo novo desse amor. Ela abre literalmente seu ventre para receber todas as Rainhas em altas atividades semelhantes e combinadas com ela: Ouros, Copas, Espadas e Paus emprestam-lhes comandos imperiais. Todas elas somam-se ao reino da grande soberana A Imperatriz. Afinal, somos uma e somos todas ao mesmo tempo. Shalom! Ela sorriu e vai nos preparar!
A Imperatriz no Legacy of the Divine Tarot
A Imperatriz
Legacy of the Divine Tarot
 
Bem-amada por sua inspiração brilhante e bem-concentrada na seiva da mulher madura e moderna, a nossa Imperatriz, Arcano III, está prontíssima para atuar com o meio social. Esta é a carta da auto-expressão, dos contornos onde todos podem se inspirar e se desenvolver. Gosto de retratar este Arcano como o domínio entre a Criação de (O Mago) e a avaliação de (A Papisa), pois é nesse movimento que a nossa intuição mais afetuosa começa a ficar mais produtiva, ágil, dosada e enérgica.
Como primeiro passo a compreender, precisamos saber que a carta da Imperatriz é símbolo de uma inteligência aguçada, de um planejamento desenvolvido, e este aspecto é muito bem representado por um simbolismo que nos liga fortemente ao feminino sagrado, descrevendo diretamente à maternidade e o poder material gerador desse universo.
No reinado da Imperatriz somos convocados ao trono da experiência humana, somos francamente impelidos para sentir o que nos aconteceu na natureza dessa província da Mulher. Aquela que nos rege, doa, brota e nos faz nascer de novo para o conhecimento abundante. Na Imperatriz não há estagnação e nem passividade. Pois ela rege com seu cetro (autoridade e poder) e protege com seu escudo (espiritualidade e superioridade).
Inesgotável e próspera, a Imperatriz revela uma criatividade inteiramente nova, pois o seu amor é uma força unificadora e regeneradora. Nela se incorpora os quatro princípios ordenados do poder feminino: transformação, nutrição, preservação e formação. A Imperatriz trabalha diretamente junto ao diálogo espontâneo com seu semelhante e nunca perde as oportunidades para ser a promotora da beleza, da saúde, do lar, do social e da família. Nunca esquecendo que seu papel fundamental é preservar o dom do amor.
Com todo esse interesse e entusiasmo, o tesouro maior da nossa Imperatriz é nos mostrar que a Terra é também o nosso ponto forte e gerador de vida, é nossa casa sagrada e indispensável para nossa existência fluir, deleitar e se desenvolver. A Imperatriz nos lembrará sempre que não existimos sem o poder estridente do solo. Esse será nosso contato maior de realização pessoal, fé e preservação.  Esse é o Arcano que nos recomenda pisar no solo real de nossas concretizações. Porque é aí que descobrimos o quanto estamos prontos para dar lugar e vez às nossas potencialidades.
Esta carta também é relacionada com a grande capacidade de trabalho e dedicação  por uma causa universal, mantendo sempre uma relação com a natureza, as artes, o planeta e a busca pela perfeição corporal. Quando esta carta é lançada nos planos de orientação sentimental ela significa o poder do entusiasmo, da alegria primordial, do prazer, do desejo e da vontade maternal. A Imperatriz cria sua própria vida, expressa seu livre-arbítrio e faz escolhas pessoais para livremente ser feliz. A Imperatriz é uma espécie de Madona e Rainha Imperial. Ela consegue se manifestar sempre para um novo dia.
Sabem aquelas soluções inteiramente novas que precisamos dar aos nossos problemas? Pois é, a Imperatriz nos ajuda a fixar nosso poder na realidade da solução e, para isso, nos organiza a agir sem distorcer os fenômenos externos das nossas experiências ou situações.
Eu geralmente compreendo a Imperatriz como uma mulher que sustenta o emblema de Vênus, isto é, uma mulher centro e bastante fértil entre seus talentos e artes. Ama a beleza em todas as formas. Uma mulher que reúne idéias de modo bem mais dinâmico que a sua amiga Papisa, pois a Imperatriz solta os seus cabelos e abre o caminho para as mulheres que buscam sua auto-expressão.
Apesar de estar sentada em seu trono, ela nos olha para nos erguer e nos dá força para que as nossas personalidades sejam impelidas a ir além dos limites. Pois não podemos esquecer que ela existe para tornar favorável a estabilidade dos nossos melhores relacionamentos. Sejam com filhos, colegas de trabalho, amigos, parentes ou na vida a dois. Do olhar da Imperatriz, poderes e potenciais são revelados!
Quando relacionada ao momento presente, a carta da Imperatriz significa também que se deve usar toda a sua sabedoria para fazer uma introspecção das suas emoções e de reconhecer melhor as suas necessidades carnais.
 
Empress - Victorian Romantic Tarot
A Imperatriz
Victorian Romantic Tarot
Se a carta for lançada numa orientação de futuro poderá representar o fato de você ter fortes probabilidades de ajudar alguém a encontrar o seu novo percurso ou de recolocá-la num caminho melhor.
Esta carta é muito favorável para novos empreendimentos financeiros, núcleos de beleza, artes e técnicas inovadoras ligadas à agricultura, sem esquecer que a Imperatriz indica desenvolvimento nas áreas de genética. Sabendo que o consulente terá êxito em várias áreas por mais difícil que pareça para ele.
The Empress - Tarot Lovers
A Imperatriz
Tarot Lovers
 
No nível da relação homem e mulher a Imperatriz sugere estimular melhor a sua sensualidade, tanto a sua como a do seu parceiro. Só evite assumir a tendência maternal que tem a Imperatriz quando o assunto é o outro. Busque emanar a força, a riqueza e a sabedoria deste Arcano.
Posições chaves da Imperatriz: Progresso, atividade, intuição materna, sensualidade, opulência, realização e criatividade. Agora fique em sintonia com o ambiente natural que a envolve, a vida só vai bem para você quando conseguires girar tudo em sua volta, mas com muita fertilidade e aquela perspectiva de percepção nata.
A presença da Imperatriz ainda simboliza o trigo, a multiplicação das sementes. Assim, sinta a Harmonia do Universo na Imperatriz, onde o Amor une a Vontade de criar com a Compreensão da Criação: entenda suas próprias Vontades e ame e se deixe amar também. Regozija-te em toda forma de amor que tens em ti, e obtém êxtase como teu alimento primordial. A imaginação para ti é tudo, consulente.
Esteja você aberto para toda essa projeção, não temas os prazeres dos sentidos. Uma grande beleza seja revelada em ti; tudo é perfeição nesse sentido. Guardai e protegei a receptividade e o acolhimento dessa Madona e Grande Mãe Imperial. Deixe-se levar por ela, encontre conforto entre a natureza, as criaturas e as pessoas, sem necessidade de controlar nada.
Viva o seu amor   profundo e total. Algo ou alguém precisa ser amado em você ou por você, protegido e curado. Ser sensível às próprias necessidades físicas e emocionais tua e do outro, e às dos outros. Esteja naquela doce posição de atender àquelas necessidades e cura as feridas de alguém. 
Sejam todos muito felizes e prósperos sob o cetro da Imperatriz!
Imperatriz, a Mulher Providenciada
 
      Recado à Imperatriz
Águia de ouro e escudo de prata,
talismã real,
psique apropriada.
Fêmea maior, terrena, encimada,
desencanta o redentor,
enche a coroa de espadas.
Virgem, Madona, Dama, Deusa Imperial,
dramática, selvagem, natural.
És o tema e o poema:
assim aérea, boreal.
És o fogo e o desejo:
líquida, crística, glacial.
Quero porque te vejo:
teus beijos de sol e de sal.
Mulher de Pitágoras,
ora menina, ora mimada,
exerce minha influência,
enfatiza meu Tao,
me dá essência,
transforma meu dia
com seus naipes de alegria.
Mas trazei sempre teu rito das artes divinatórias:
verbo, mito e universo nítrico.
E para saber o que há além da mente
acima da servidão de escolher
a liberdade da criação sente
que podes permanecer mulher consciente
para o jogo comum do entalhador das sementes.
 
Poemas apresentados em A Casa do Mundo no Reino dos Arcanos,
exposição dos trabalhos de Cristina Guedes, no Museu São Francisco,
organizada pelo SESC de João Pessoa (PB), 2011-2012.
fevereiro.12
Contato com a autora:
Cristina Guedes é jornalista e consultora em Tarô
Atende pelo (83) 9930.0853 e 8790.7777
www.facebook.com/cristinasguedes
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
 
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2016 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil