Home page

23 de abril de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


Todo cuidado é pouco ao interpretar O Carro
Daiana Rodrigues
Ao olharmos a imagem do arcano O Carro identificamos de imediato um homem conduzindo seus próprios caminhos de vida com bravura, determinação e impetuosidade, não é mesmo? A figura que está na direção do arcano VII representa uma espécie de “senhor de seu destino”. É alguém sagaz, valente, incisivo e dinâmico.
No entanto, quem olha este admirável arcano nem sempre imagina a complexidade que ele pode representar numa leitura taromântica, caso a pessoa não domine o tarô ou o considere unicamente como um arcano auspicioso. O Carro possui detalhes mais profundos que se escondem por trás dos bastidores, mas que poucos conhecem.  Ele é um arcano que gera questões polêmicas, debates controversos e interpretações equivocadas.
Há 10 anos, quando comecei a jogar tarô, aprendi que O Carro era um arcano de vitória, conquista e realização. Inclusive, há tarólogos que o veem estritamente desta forma, considerando absurda qualquer afirmação que se oponha a este conceito. Mas, aí eu pergunto a você, leitor: será que O Carro é basicamente um arcano de vitória? A resposta é não.
Três rerpesentações do arcano Carr
Três representações de O Carro: Tarô de Marselha, Legacy of the Divine Tarot e Old English Tarot
Além disso, qual é a justificativa para que qualquer coisa diferente de conquista seja inadmissível?  Na minha visão, afirmar que O Carro é um arcano de vitória e conquista, absolutamente realizador, enrijece o significado do arcano e limita a análise do jogo, pois eu tenho evidências de que nem sempre esta carta traz “flores”.
De acordo com minhas experiências, O Carro tanto pode concretizar a questão em análise, quanto não realiza-la, porque o arcano VII é um arcano de aproximações e afastamentos de situações e, principalmente, pessoas. A justificativa para isso encontra-se na velocidade, atributo marcante no simbolismo do arcano VII.
Na prática, eu cansei de ver que ele pode trazer rumos inesperados dentro de uma situação que parecia estar devidamente encaminhada, isto é, certa ou segura. Por esse motivo, os cavalos da imagem do arcano parecem ir para lados opostos. Uma hora, o caminho do carro pode mudar de direção. Mas, isso dependerá da decisão e vontade do motorista que o conduz – o consulente ou outra pessoa diretamente envolvida na questão.
Além disso, como O Carro representa a decisão tomada após a vivência do dilema centrado em Os Enamorados, o arcano VII tanto representa o “sim” quanto o “não”. Pode ser um passo adiante, um progresso, evolução ou reaproximação, quanto um afastamento, uma perda ou fracasso. Tudo depende muito do caso, do arcano menor que o acompanha e das demais cartas da mesa de jogo.
Com O Carro, já presenciei na prática, rompimento de relacionamento amoroso com o afastamento de seus parceiros, como também, já vi reaproximação de pessoas que estavam afastadas. O fato é que se deve ter o máximo de cautela ao interpretar O Carro, principalmente para casais, pois ele tanto pode representar a evolução da relação, como o fim da mesma, com o consequente afastamento entre os parceiros. Não devemos nos esquecer que o arcano VII é basicamente um arcano de movimento, e isso traz aproximações e afastamentos.
Por exemplo, Carro com o 8 de Paus, 8 de Copas ou o 6 de Espadas acentua ainda mais o caráter de movimento, o que não é muito perigoso para casais tem um relacionamento sólido. O Carro com qualquer um desses arcanos menores (e até mesmo outros que não foram citados) não firma nada, só afasta, e geralmente, é um afastamento oriundo de uma decisão unilateral, em que a pessoa está convicta de seguir seu caminho sem o outro(a) parceiro(a)!
Entretanto, já vi pessoas afastadas se reaproximarem com O Carro com 6 de Copas, Pagem de Copas, Rainha de Copas e outros arcanos menores. É importante ressaltar, que O Carro, por ser um arcano de movimento, não necessariamente significa que quem regressou irá ficar, mas a possibilidade também não está descartada. Por exemplo, quando aparece O Carro para um ex-casal é muito provável que se reaproximem e voltem a “ficar”. Porém, o arcano VII não promete namoro firme. Isso depende da presença de outros arcanos que denotem firmeza e estabilidade.
Contato com a autora:
Daiana Rodrigues - atende no Rio de Janeiro,
assuntos amorosos e profissionais:
www.facebook.com/pages/Tarô-Arte-e-Vida
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Edição: CKR – 1º/08/2015
Partilhe seus comentários ou deixe questões para o Autor responder
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil