Home page

08 de dezembro de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


Arcano 9: O EREMITA
    [< voltar]
O Eremita, um guia de luz
Valéria Fernandes
    
    O Eremita ou Ermitão é um guia. Segura um lampião para indicar o caminho a seguir, para iluminá-lo, vem mostrar-nos a luz.
    Segundo a lenda, o famoso escritor Goethe, em seu leito de morte, deu seus últimos suspiros dizendo: “Luz, mais luz”.
Tarô Gilded
      A expressão “luz”, tem o significado metafórico de “aprender, descobrir, tomar consciência de algo, estar informado”. Por outro lado, sabe-se que a expressão popular ser pessoa “de pouca luz”, equivale a um ser fraco de conhecimentos e desenteressado em aprender. 
    Nesta carta do tarô, o portador do lampião é um vigia do ser. O lampião simboliza a consciência sempre desperta, a alma eterna, a vigilância, a clarividência, a iluminação interior. Assim o nosso Eremita sabe exatamente onde está e para onde vai. Ele nos diz: “Eu sei, siga-me.”
    No bastão também podemos encontrar uma representação simbólica das serpentes ou das forças de energia que sustentamos. Esse cajado tem como referência o de Moisés, o profeta bíblico, o Mago, a vara que se transformou em serpente para manifestar a cólera do deus de Israel.
    Com o cajado ele mostrou o caminho e abriu o Mar Vermelho para oferecer ao povo hebreu uma nova terra prometida, depois de tê-lo guiado pelo deserto.
    “Eremita” é uma palavra de etimologia latina, no grego vem de “eremités”. Seu primeiro significado era “deserto”, “ermo”, mais tarde passou também a designar a pessoa que vive em um deserto, em solidão, ou seja, o ermitão.
    Assim, pouco importa que seja dia ou noite, a Luz que ele carrega é a luz vinda do interior. É a do coração e da consciência, que só revela quando estamos em vazio, quando estamos em deserto.
    O Eremita nos leva ao isolamento, à solidão, ao vazio e, graças ao lampião do espírito iluminado, ajuda a guiar nosso caminho. Ele aconselha à distância para ter perspectivas, avançar passo a passo, agir e considerar suas idéias e projetos em longo prazo, ser paciente.
    Em uma leitura de tarô o Eremita pode anunciar um fato concreto, do qual devemos ter consciência. Coloca-se em situação de olhar as coisas como são, com lucidez e capacidade de discernimento. Pode alertar para ser mais prudente, perspicaz, sagaz.  Pode tratar também de uma pessoa sozinha, isolada ou, finalmente, de um período de vida o qual se entregará a si mesmo.
 
Tarô de Praga
    O Eremita pode ser você, imerso em profundas reflexões enriquecedoras, buscando o aprendizado, adquirindo sabedoria e conhecimento, que de certa forma, sempre é uma travessia pelo deserto.
 

Contato com a autora
Valéria Fernandes
- www.taroetaro.blogspot.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores

jun.07
 
 
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil