Home page

22 de agosto de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


O Enforcado na vida e no cinema
Ana González
No mundo semiótico em que vivemos não temos como definir limites para as imagens. Elas se misturam e possibilitam significados múltiplos em nosso imaginário.
Por exemplo, as cartas do tarô fazem parte do caldo da cultura e podem surgir aqui e ali sem nos darmos conta disso. Elas fazem parte de um repertório coletivo de imagens de nossa cultura.  É uma simbologia que tem vida própria, para além da teoria do tarô. São imagens que acabam despontando de outras formas e em outros lugares.  Mesmo como resquícios ou sinais, muitas vezes se inserem como referência significativa em um determinado contexto.
É isso o que ocorre no filme Mil vezes boa noite que tem a presença de Juliette Binoche no papel principal. A direção de Erik Poppe (2013) e excelente fotografia nos contam a história de uma fotógrafa de zonas de guerra (Rebecca) e sua relação com marido e duas filhas. O conflito ocorre por que a família não suporta mais a sensação de tê-la sempre em situações de perigo.
Mil vezes boa noite - filme com Juliette Binoche
Em "Mil vezes boa noite" a personagem representa o ideal social e os sacrifícios inseparáveis
Filme de Erik Poppe (2013) com Juliette Binoche no papel principal
A personagem central se divide entre sua vocação, a defesa de ideais sociais, sua posição na família e a consciência de aspectos mais pessoais. O filme vai além de qualquer simplificação e a narrativa aos poucos abre aspectos de complexidade inteligente.
A narrativa não nos oferece conclusões. Podemos adivinhar por imagens e metáforas a dimensão da crise vivida pela personagem. E nesse caso, há por duas vezes, o sonho da personagem principal em que aparecem sinais fortes da carta O Enforcado.
Neles um corpo feminino bóia sobre uma linha de água de cabeça para baixo, os braços soltos em balanço leve. A primeira vez a cabeça está imersa na água e um movimento muito lento faz que o corpo vá subindo e saindo em direção ao alto para fora da água. É noite e uma luz aparece por trás desenhando os contornos dos braços, da cabeça e do sutil movimento do tecido leve que cobre o corpo. A cena impacta pela beleza. 
É inevitável a relação com a carta do Tarô, O Enforcado. A história da personagem contém as ideias de sacrifício e de destino descritas na teoria do Tarô. Tais indicações essenciais de sacrifício se ajustam ao caso de Rebecca.
Ela tem que tomar decisões que implicam em sacrifício. Se por um lado ela tem impulsos instintivos e incontroláveis de sua natureza guerreira e seus desejos de defender ideais sociais, por outro, tem sua família. O que fazer?
O Pendurado e  cena do filme "Mil vezes boa noite"
O Pendurado e os sacrifícios vividos por Rebbeca em "Mil vezes boa noite".
Hanged Man, ilustração de James Sunderland, e uma cena do filme
A carta O Enforcado ainda expressa os temas do apostolado, da entrega a uma causa como ela vive com sua opção profissional. Do ponto de vista emocional, encontramos os significados de falta de clareza e indecisão, que são compatíveis com os momentos de crise, como o que a personagem vive. É natural que uma decisão que implique em sacrifício necessite de um processo de amadurecimento de ideias e de emoções. A sensibilidade do diretor indica essa indecisão emocional em muitos momentos em que a personagem vive momentos de solidão.

A delicadeza da descrição desse conflito na linguagem cinematográfica é uma das grandezas do filme Mil vezes boa noite: o retrato de um dilema pessoal, a experiência biográfica de escolhas particulares e difíceis. A interpretação que leva em conta a carta do tarô tem uma dose de ousadia, mas ela se mostra compatível com o contexto da narrativa. Na verdade, essa imagem é, nesse contexto, peça essencial para essa representação narrativa.

Contato com a autora:
Ana González é astróloga, professora de Linguagem e Educação
Mantém o site www.agonzalez.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Edição: CKR – 4/03/2015
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil