Home page

21 de abril de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


  ARCANOS MAIORES / As 22 cartas / 16. A Torre / Estudos < voltar  
A necessidade da mudança
  Edgar Ferreira da Costa Neto  
 
    A Torre representa tudo aquilo que construímos tijolo por tijolo, com todo o cuidado e vemos destruído de um instante por uma força maior ou alheia à nossa vontade.
    Mostra que nos desastres da vida todos caem, reis e servos, todos nós estamos sujeitos ao inexplorado e que a queda é tanto maior para aquele que se coloca encastelado em suas certezas e convicções.
    Devemos deixar a vida leve, o que trazemos como bagagem por vezes deve ser abandonado diante de algo novo, deixando a mente e a vida livres de preconceitos e teorias que tentam reduzir toda a realidade em algo que se sistematize desta ou daquela forma.
    Romper com o velho para vir o novo, todo o equilíbrio é fruto do movimento e da capacidade de estabelecer sempre novas conexões, para caminhar um passo deve seguir o outro, como caminhar sem mover os pés, estamos sempre abandonando velhos lugares para dar lugar a novos.
    Libertar-se do orgulho e da materialidade do arcano 15 (o Diabo) pode trazer incertezas e desconfortos, a liberdade resulta do libertar-se, isso pode trazer o medo diante do desconhecido. Mas a vida passa, estamos todos irremediavelmente atrelados ao tempo e a entropia que ele gera, permanecer inerte significa aceitar a morte e colocar-se em oposição às leis universais que levam à mudança. Buscar o novo pode ser apavorante (arcano 18), mas é na paciente construção da esperança e da fé firme de propósitos (arcano 17) que atingimos a Luz e a redenção (arcanos 19 e 20).
    Em tudo fala de rompimento e despojamento ou desastre e perda. Em algum sentido trata de abandonar a postura atual ou uma idéia que pareça certa.
 
A Torre no Old English Tarot de Maggie Kneen
Old English Tarot de Maggie Kneen
 
    Se a Justiça (arcano 8 ou 11) apresenta a Lei como porto seguro, a Torre (arcano 16) mostra a severidade das Leis Divinas e da vida.
    Não é uma carta perigosa mas alerta para a necessidade de mudança.

julho.09
Contato com o autor:
Edgar Ferreira da Costa Neto - http://emporioedfecone.blogspot.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
 
ARCANOS MAIORES / As 22 cartas / 16. A Torre / Estudos < voltar  
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil