Home page

17 de outubro de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


Música da Jornada Lunar
Joneth de Carvalho
 
Tarólogos são pessoas e, portanto, também são vulneráveis, também sofrem. E como todos, merecemos (melhor, devemos) ter um tempinho na semana para cuidarmos de nós mesmos. E nesse momento único, nas últimas três semanas, em que estava “sendo cuidado”, prestei mais atenção a uma música que ressoou profundamente em mim. Acho que a palavra "darkness" (escuridão) encontrou eco em meu ser. A música é: “Long Long Journey”, de Enya. Em seguida, encontrei a letra e entendi a relação com o Arcano da Lua: “As luzes da cidade brilham no porto, a Noite já caiu”… Veja e ouça: www.youtube.com/Enya. [NR: Vale a pena ter essa música como acompanhamento da leitura!]
Quando as coisas são desafiadoras, exigindo superação e persistência, é comum dizermos “estou na fase Lua”. É o momento em que se utiliza a “Esperança” e “Fé” cunhadas no arcano anterior, A Estrela, XVII. Sim, olhando dessa forma, percebemos que a sequência XVII – A Estrela, XVIII – A Lua e XIX – O Sol, têm razão de estarem “justamente” nessa ordem…
Moon Garden Tarot
17 - A Estrela, 18 - A Lua e 19 - O Sol
Cartas do Moon Garden Tarot
Longa, longa viagem através da escuridão” – A Lua, XVIII, Arcano Maior, é um arcano misterioso e noturno. Remete-nos a uma jornada nesse período obscuro, pela qual vivemos e lidamos com a escuridão e lado sombrio da vida e de nós mesmos.
“Através da escuridão e da sombra eu continuarei…”Uma jornada noturna que pode estar cheia de surpresas e assaltos, “mas o que são suspiros e o que é tristeza…”.
Já encontrei, em alguns baralhos, claramente o desenho de um caminho, que vai desde os cães ou lobos e sinuosamente segue em direção às duas torres:“onde a estrada passa através do vale, onde o rio flui…”, uma metáfora do trabalhoso processo de crescimento e evolução (individuação?), na qual há a integração daquilo que tememos e que reprimimos, ampliando a consciência e magia do que realmente somos.
Enfim, uma viagem necessária que antecede o amanhecer, A Lua é o arcano que antecede O Sol, arcano XIX, o momento em que tudo fica claro e altamente iluminado. Dito de outra forma: “O que são milhas de um lado para outro do oceano, para o coração que está indo para casa?”.
Para Hajo Banzhaf, em “O Tarô e a Viagem do Herói”, a Lua é o último arcano da viagem no caminho noturno e quem passa por ele finalmente chega ao Sol (a volta à luz), ao Julgamento (mistério da transformação) e ao Mundo (reencontro do paraíso), onde novamente percebemos que a sequência não é aleatória.
Imagens e legendas emprestadas do site do Clube do Tarô, e lá você encontra mais informações sobre esse arcano, acesse Lua.
Boa música!
Confie no coração, pois ele sabe o caminho de volta para casa.
Para todos aqueles que de alguma forma trabalham com a “arte de curar”.
Contato com o autor:
Joneth de Carvalho é tarólogo, oferece leituras e cursos:
 www.visoesdotaro.blogspot.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Edição: CKR – 10/01/2015
Revisão: Ivana Mihanovich
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil