Home page

20 de outubro de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


A Lua como caminho de Toth
Abraão Zuza Costa
 
O simbolismo ligado à Lua sempre foi muito controverso. Associações foram feitas por poetas, místicos e cientistas, contemplando desde os seus aspectos físicos até o romantismo e o esoterismo. Associações também foram feitas da Lua com a loucura e o conteúdo do subconsciente. Esta abordagem é feita, por exemplo, por Paul Marteau em O Tarô de Marselha, onde ele também vincula o simbolismo do arcano A Lua com a capacidade criativa da imaginação humana, e o fluxo e refluxo das paixões humanas – aqueles sentimentos incontroláveis que dominam as pessoas quanto se encontram muito passionais.
A Lua no Tarot Marseille               A Lua por Tyrantx
A Lua no Tarô de Marselha e na reelaboração de Tyrantx
Paul Marteau ainda usa dos símbolos tradicionais no Tarô de Marselha para apoiar sua interpretação de que a água é um símbolo do inconsciente, de onde emergem sinais e intuições para o dia a dia. O rebordo da piscina significa para o autor que, por mais que o ser-humano tenha se degenerado, ele sempre tem apoio para encontrar socorro. O caranguejo no meio da piscina simboliza os medos da pessoa e sua necessidade de enfrentamento e de purificação. O cachorro e o lobo tem dois significados. Personificam tanto as forças do inconsciente quanto os sentimentos intuitivos dos erros pessoais. A estrada, que se encontra logo após o cachorro e o lobo, conduz a um portal ornamentado por duas torres, símbolo da consciência.
Letra Qof do alfaveto hebraico
A letra Qof
 
A relação que alguns autores fazem entre a Árvore da Vida e o Tarô envolve o vigésimo nono caminho no diagrama da Árvore, que liga a sephiroth Netzach a Malkut. A letra hebraica Qoph é atribuída a este caminho, apesar de algumas diferenças notáveis no simbolismo. Qoph é um caminho em que as forças criativas do universo operam no sentido de gerar as formas de vida física. O centro desta geração é a materialização do sangue, que é um aspecto central neste caminho. Qoph muitas vezes é simbolizado pelo útero, onde é gerada uma criatura que se encontra como que em sono profundo, desprovida de consciência individual e, no entanto, desenvolvendo-se para vir a luz.
Outros aspectos importantes do caminho de Qoph, responsáveis pela relação feita entre o Arcano e a Árvore, são o enfrentamento dos inimigos psíquicos, o aumento da sensibilidade espiritual, e a capacidade de gerar mudanças. Adriano Camargo Monteiro, em “Cabala Draconiana” também usa de um simbolismo interessante para falar deste caminho. A Lua é um astro que não tem luz própria, e sua luz nada mais é do que um reflexo obscurecido da luz do Sol. A Lua é como uma pequena luz antecedendo a iluminação mental do ser-humano.
Visualização
Uma visualização sugerida para entrar em contato com as forças deste caminho, usando o simbolismo da carta A Lua, seria assim:
Imagine-se boiando numa piscina de água morna, durante a noite. Você não sente frio, apenas um calor gostoso envolvendo todo o corpo. Visualize que esta água lhe fortalece de alguma forma, seja fisicamente, seja emocionalmente, seja mentalmente. Descanse nessa sensação de fortalecimento por alguns instantes antes de continuar.
A Lua no Mystic Dreamer Tarot
A Lua
Tarot Dreamer by Evelyn Miranda
 
Em seguida, tente colocar-se de pé e comece a andar em direção a borda da piscina. Visualize bem a resistência da água contra o seu corpo, a dificuldade de caminhar em meio a um volume muito grande de água. Apesar da dificuldade, é algo gratificante e não é impossível de forma alguma.
Apoie-se na borda da piscina e saia para a terra firme. Sinta a diferença de temperatura entre a água e o ar da noite. Você vai perceber que o terreno à sua frente é uma colina muito alta, tendo um muro no topo com algo que parece ser uma entrada. A seus pés o início de um caminho, que se perde na escuridão. No alto desta colina, você consegue ver uma luz muito fraca, que vai lhe orientar durante o caminho.
Enquanto caminha, você percebe ruídos vindos da vegetação ao seu redor. Ao longo do caminho esses ruídos vão ficando mais intensos, até que você percebe que são os rosnados de dois cachorros. Eles estão ao seu lado agora, contemplando você ao mesmo tempo em que você os contempla. Nos olhos desses cães, você pode ver quais são os medos, quais são as suas inseguranças, e pode entender que eles não são nada além de auxílios para que você continue firme até o fim do seu caminho. Os cães começam a correr na sua frente. Siga-os.
Enquanto corre você tem uma visão maravilhosa, à medida que o portal de entrada se torna mais nítido para você. Ali, enquadrada bem na entrada deste terreno, você admira uma enorme Lua cheia, brilhando suavemente e iluminando todo o seu corpo. Pare aí na entrada, e contemple todos os seus sonhos, iluminados pela luz da Lua!
Contato com o autor:
Abraão Zuza Costa - abraaozuza@gmail.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Edição: CKR – 24/10/2013
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil