Home page

23 de abril de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


A Energia do Cavaleiro de Varas ou Rei de Paus
Isabela Cruz
O Cavaleiro de Varas por ser o arcano menor com o fluxo de energia mais Yang de todo o baralho, elemento fogo, pode indicar uma etapa bastante agitada, como um milhão de coisas para fazer, de forma que a sua arte agora depende de conseguir administrar o tempo e a energia de forma que não se enfraqueça depois de tantas atividades.
Fazer coisas, trabalhar, se exercitar, estudar, interagir com pessoas, tudo que você faça com atenção vai aumentar sua potência energética, e, tudo que você fizer sem atenção vai te esgotar na mesma proporção, de acordo com a ação em si, os níveis de aproveitamento são variáveis.
Kinight of Wands - Cavaleiro de Paus
Knigth of Wands = Cavaleiro de Paus ou Cavaleiro de Varas
Carta do Thoth Tarot de Crowley-Harris considerada por muitos tarólogos como Rei de Paus
Por exemplo: se atividades que demandam mais energia forem feitas de qualquer jeito, chutando o balde, e louco para terminar logo, isso vai te cansar muito mais por consumir suas forças, que inconscientemente foram direcionadas para sensações de estar sem saco, e o que dessa "ação" comportamental interna te retorna é justamente cansaço e não-satisfação. É uma forma de se condicionar não muito funcional... 
Mas, colocando um exemplo que seria o contrário deste primeiro, no caso de executar uma ação qualquer, mesmo a obrigação mais chata, aquilo que você menos gostaria de fazer no momento, ou até a coisa mais legal do mundo pra você, tanto faz o juízo de valor, não importa querer classificar em termos como bom ou ruim, e sim que, seja lá o que você faz, você procure maneiras de agir que te integrem o máximo possível naquele momento presente que é subsequente de outro momento que também é presente, e depois outro momento que antes era futuro mas que agora é presente e assim sucessiva e continuamente desde o nascimento até a morte de todos nós.
presença real inteira, torna cada instante como o último e o primeiro de sua vida ao mesmo tempo, como se nada soubesse, com nada tivesse que se preocupar e mesmo aquilo que você faz todos os dias, você conseguisse lembrar de como fazer como uma criança entretida em sua brincadeira, assim descobre o mundo e começa a viver, de forma que tudo é simples, porém especial, divertido e um potencial aprendizado. Isso também é um condicionamento, só que bem positivo, por ser um caminho com mais chances de ser feliz.
O Cavaleiro de Varas tem tanta energia e é tão habilidoso porque entendeu o mecanismo de como usar seus potenciais de ação com o direcionamento preciso para obter o resultado que deseja, sem se dispersar ou duvidar dele mesmo. Ele é um mestre do Fluxo. Ele sabe o que quer e por isso alcança.
Mesmo que não saiba como fazer antes de se deparar diante de situações que exigem serem resolvidas imediatamente, ele é tão sagaz que sabe usar a própria criatividade ao seu favor, para desenrolar qualquer história, nem que tenha que inventar um jeito na hora.
Sua grande quantidade de força também lhe permite ir além dos seus limites, se superar e não convalescer diante de dificuldades.
O Cavaleiro de Varas é como um leão, o Rei da Natureza Sem Ego, ele sabe o que tem que fazer, quando e como, mas não por ficar pensando e teorizando, e sim por não estar esquecido dos seus instintos, de maneira que não fica choramingando porque tem que ir caçar ou reclamando da vida porque não tem ninguém que faça por ele.
A sobrevivência com mais qualidade depende da capacidade pessoal do indivíduo de conduzir energia em seu corpo, e esta, independentemente da quantidade, não estar sendo desperdiçada em atividades sugantes, e sim, constantemente ser canalizada para ações retroalimentadoras da própria energia, de forma que você gaste, mas que volte de um jeito bem melhor do que foi...
A fonte é inesgotável, mas se a pessoa não sabe aproveitar o que está à disposição, não adianta nada ter tudo aí em abundância...
O Cavaleiro de Varas nos aponta como fazer isso, mas depende do esforço de cada um, buscar formas de entender esse tipo de funcionamento e como aplicar na prática dentro do próprio contexto de vida a arte de estar atento!
Isabela Cruz
trabalha com Tarô Alquímico
www.facebook.com/taroalquimico
Outros trabalhos seus no Clube do TarôAutores
Edição: CKR – 18/01/2017
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil