Home page

23 de outubro de 2017

Responsável: Constantino K. Riemma


Pais e filhos
Marcos Alexandre
 
Em meu trabalho de atendimento com leituras de tarô, muitas vezes os consulentes perguntam sobre seus pais e/ou filhos. Quando é uma pergunta específica, como "Meu filho vai passar no vestibular?" ou "O que vai acontecer se a minha mãe aceitar a oferta de compra da casa?", faço uma abertura de cartas que considero a melhor para obter a resposta ou conselho desejado. Porém muitas vezes o consulente diz apenas que não quer saber nada de específico e, sim, apenas "dar uma olhada geral" no ente querido. Se percebo que a preocupação é genuína, ou seja, que o consulente tem boas intenções e que não quer apenas se intrometer na vida dos outros, faço uma abertura de cartas que desenvolvi intuitivamente e que tem funcionado muito bem.
Primeiro, coloco as 16 cartas da corte na mesa, todas voltadas para o consulente. Depois peço que o consulente escolha uma delas como sendo "a que mais combina" com a pessoa a ser vista na abertura.
É importante usar a expressão "que mais combina" e não algo como "uma carta que representa" a pessoa a ser vista, pois isso pode induzir o consulente a escolher uma figura masculina para um homem e uma feminina para uma mulher. Depois de escolhida a carta (ou as cartas, se a abertura for para o pai e a mãe ou para mais de um filho) deixo as que foram escolhidas de lado, volto as cartas restantes para o baralho e embaralho tudo novamente.
Coloco então as cartas escolhidas sobre a mesa e peço que o consulente tire mais três cartas do baralho para completar cada uma delas. Neste método, a primeira carta da corte representa a personalidade ou as características momentâneas mais fortes da pessoa a ser vista. As outras três mostram a mensagem do tarô sobre o que deve ser sabido sobre ela: algo que está acontecendo ou que vai acontecer.
Exemplos
Mãe pergunta sobre menino de 12 anos
Rei de Espadas    A Temperança    Nove de Ouros    O Sol
Carta da corte: Rei de Espadas. Outras três cartas: a Temperança, Nove de Ouros e o Sol.
llustrações do Golden Tarot, desenhado por Kat Black
Interpretação: O menino em questão é muito racional, gosta de tudo bem explicado, e tem tendência à liderança. A carta da Temperança sugere que ele é também um conciliador, busca o equilíbrio entre as pessoas. O Nove de Ouros e o Sol mostram que ele será bem sucedido, provavelmente com uma boa carreira como advogado, juiz ou diplomata (carreiras em que ele pode aproveitar a sua habilidade conciliadora).
Pai pergunta sobre filha de 20 anos
Rei de Paus    Rainha de Espadas    Seis de Paus    Rainha de Ouros
Carta da corte: Rei de Paus. Outras cartas: Rainha de Espadas, Seis de Paus e Rainha de Ouros.
llustrações do Golden Tarot, desenhado por Kat Black
Interpretação: a moça é carismática, realizadora, vai atrás de seus sonhos e "faz acontecer". A Rainha de Espadas mostra que ela é bonita e perfeccionista. O Seis de Espadas mostra reconhecimento profissional e a Rainha de Ouros mostra uma carreira próspera, que pode ser como modelo ou atriz devido à beleza, ao carisma e também à seriedade da moça.
Filho pergunta sobre mãe de 53 anos
Rainha de Copas    Quatro de Copas    O Enforcado    Oito de Copas
Carta da corte: Rainha de Copas. Outras cartas: Quatro de Copas, o Enforcado e Oito de Copas.
llustrações do Golden Tarot, desenhado por Kat Black
Interpretação: a mulher é romântica, emocional, e está com problemas no relacionamento, pois o Quatro de Copas a mostra triste ou decepcionada no amor. O Enforcado confirma o problema dizendo que não há nada que ela possa fazer agora, por isso ela provavelmente vai romper o relacionamento amoroso definitivamente (de acordo com a desistência anunciada pelo Oito de Copas).
maio.11
Contato com o autor:
Marcos Alexandre - www.leiturademaos.wordpress.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
 
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2016 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil