Home page

18 de novembro de 2017

Responsável: Constantino K. Riemma


O olhar da Sibila
O ponto de intersecção entre o escritor e o vidente
Cláudia Ferrari
 
“Vinde agora, que a glória seguirá a linha de Dardan,
que os filhos de estoque italiano esperam por ti,
almas ilustres e herdeiros de nosso nome  –
isto vou expor e ensinar-te o teu destino.”

Virgílio, A Eneida
“O escritor é aquele que nos
estende a mão, a palavra. Venha!”
Lygia Fagundes Telles
numa palestra na FNAC SP
 
A Itália é o berço dos baralhos conhecidos como Sibilas. Além de ter produzido alguns Tarôs famosos como o Visconti Sforza, o Sola Busca, o Soprafino, o Della Rocca e o Minchiate, ainda consta que uma vez o famoso ocultista Etteilla confessou ter aprendido a ver o futuro com uma maga italiana em um maço de cartas de baralho comum. Desde Roma Antiga, a Itália carrega a tradição de possuir famosas sacerdotisas conhecidas como Sibilas.
Gruta da Sibila em Nápoles - Itália
Gruta da Sibila, Nápoles Itália
...legcinza...
As Sibilas atualmente usadas para cartomancia, apesar de sua tradição ligada às sacerdotisas italianas, foram de alguma maneira inspiradas na cartomancia francesa e no baralho Lenormand uma vez que a França é extremamente famosa neste quesito relacionado a cartas de salão. A mais famosa Sibila Italiana é conhecida como Vera Sibila.
La Vera Sibilla
La Vera Sibilla Italiana
Devido à fama das Sibilas, alguns oráculos não somente italianos também ganharam o seu nome. Existe referência histórica a várias Sibilas, porém a mais famosa, que foi pintada por Michelangelo, citada por Ovídio em Metamorfoses e citada por Virgílio em A Eneida é a Sibila de Cumas.
Na Eneida, ela desce aos infernos junto com Eneias mostrando-lhe o caminho e ajudando-o a reencontrar seu pai.
 
"E, vendo Enéias aproximar-se dele por cima da ripa, estendeu as mãos com ansiedade, enquanto as lágrimas escorriam dos seus olhos e um grito ecoou dos seus lábios:" Chegaste finalmente e cumpres o dever ao teu pai que te esperava vencer o caminho árduo ... É-me dado ver a tua face, meu filho, e ouvir e pronunciar tons familiares? Mesmo assim eu meditei e pensei que a hora viria, contando os dias, nem o meu anseio falhou-me. Sobre que terras, que mares largos você viajou a minha boa vinda! Que perigos o cercaram, meu filho! Como eu temia o reino da Líbia poderia te fazer mal! "Mas ele respondeu:" Sua sombra, pai, sua sombra triste, encontrando-me repetidamente, me levou a buscar esses portais. Meus navios andam pelo mar da Toscana. Conceda-me que abrace a sua mão, conceda-me, pai, e não me retire do meu abraço! "Então ele falou, com rosto inundado de lágrimas: “Três vezes me esforcei para jogar os braços ao seu pescoço; Três vezes a forma, vilmente apertada, fugiu-me como ventos leves, como um sonho alado.”  -  A Eneida, Virgílio
Já na obra O INFERNO de Dante, é Virgílio quem acompanha Dante ao inferno em busca de Beatriz. Virgílio - o escritor que já havia dado voz e iluminação à Sibila de Cumas - que através de sua “personagem literária” em sua obra A ENEIDA já havia dado seus passos xamânicos entre os mundos, agora estava apto a guiar Dante em sua jornada. E eis o ponto de intersecção entre o escritor e o vidente!
 
[Virgílio]: "Agora eu gostaria que você soubesse: a outra vez que eu desci para o Inferior do Inferno, essa massa de pedregulhos ainda não tinha caído, mas se eu raciocinar corretamente. Era apenas antes da vinda daquele que tomou de Dis o esplêndido despojo do círculo mais alto que, de todos os lados, o vale íngreme e sujo tremeu tanto, pensei que o universo sentia amor (pelo qual, como alguns acreditam, o mundo foi muitas vezes convertido em caos), e naquele momento, aqui Assim como em outros lugares, essas antigas pedras derrubadas, desta forma."
O Inferno, Dante Aliguieri
Deste modo, como guias xamânicos, o vidente e o escritor se encontram na mesma missão trazendo a consciência e guiando o caminho na escuridão em direção à luz.
Trazer à consciência, guiar em direção à luz, mostrar o caminho e despertar as pessoas para algo maior é a missão tanto do escritor quanto do vidente. E Dante, ao invés da Sibila, traz Virgílio para ser seu guia. Desta maneira faz a ponte entre os dois. E esta escolha de Dante, de por Virgílio como seu guia, é o seu grande tributo ao escritor e sua missão tranformadora no mundo.
Pintura de Michelangelo no teto da Capela Sistina
Sibila Délfica e Sibila de Cumas pintadas por Michelangelo no teto da Capela Sistina.
Nos baralhos que temos à disposição as Sibilas tem um padrão de cor, em geral: branca, azul, vermelha e possuem a carta do cupido como padrão. O número de cartas varia de uma para outra embora grande parte delas possua 52 cartas.
Sibilas Semelhantes:
• Vera Sibila Italiana - original, 52 cartas; 
• Sibila della Zingara - recriação da Vera Sibila, 52 cartas.
Vera Sibilla Italiana e  Sibilla della Zingara
Outras Sibilas:
• Sibilla Indovina - cópia italiana da antiga sibila dos salões franceses. Totalmente diferente da Vera e da Zingara. 52 cartas.
• Sibilla del Cuore - Oráculo renascentista recriado e publicado recentemente por Giordano Berti. Aconselhável para temas do coração. 40 cartas.
• Antica Sibilla - Um oráculo mais negativo, as cartas são mais pesadas e este oráculo é indicado para ver problemas. É mais limitada que as outras porque só possui 32 cartas.
• Sibila Húngara - Similar ao baralho Lenormand. 36 cartas.
• Sibila Russa - Diferente de todas as outras sibilas. 72 cartas
Jogos da Sibilla Indovina, del Cuore e Antica
Sibilla Indovina (esq.), Sibilla del Cuore (centro) e Antica Sibila (dir.)
Sibila Brasileira:
Sibila da Antevisão criada pelo artista brasileiro Ricardo Pereira.
A Sibila Brasileira da Antevisão obedece o formato das Sibilas tradicionais (quatro naipes com três figuras de corte cada um). Seu desenho é primoroso, alegre, as cartas são macias, fáceis de embaralhar e manusear.
Enquanto algumas de suas figuras diferenciam bastante das figuras tradicionais das Sibilas, algumas se aproximam imensamente mas com um símbolo diferente. O Ás de Paus da Vera Sibila que é a Carta das Núpcias (Imeneo) por exemplo; na Sibila da Antevisão o Ás de Paus representa a carta da Semente que simboliza o início, a germinação de algo e este símbolo de certa forma liga a carta à carta das Núpcias da Vera Sibila que também pode significar a germinação, ou início de algo representado pelo amor.
Sibila da Antevisão de Ricardo Pereira
Sibila da Antevisão de Ricardo Pereira
Já algumas cartas trazem símbolos bem diferentes e modernos como as cartas: Drogas (4 de Espadas), Ouro sob o Colchão (4 de Ouros), Caminhão de Mudança (5 de Ouros), Vitrola (8 de Copas) entre outras.
O livro que acompanha a Sibila da Antevisão nos apresenta a história das Sibilas além de tiragens interessantíssimas como a Tiragem dos 3 Segredos na qual 3 cartas em ascenção representam Ore, Espere e Confie.
Símbolos podem representar uma gama imensa de situações. E cada uma das Sibilas existentes no mercado elucidam de maneira distinta e muito clara cada uma das possibilidades de nossa vida quotidiana. Aos oraculistas as Sibilas são uma ferramenta de grande valia tanto por sua história e tradição quanto por seu leque imenso de possibilidades.
Cláudia Ferrari,
licenciada em Língua e Literatura Portuguesa e Brasileira - USP.
Sua palestra sobre o Tarot Sola Busca pode ser vista em:
www.clauferrari2003.wix.com/clauferrari
www.facebook.com/edu.scarfon/videos/650490995113750  
Outros trabalhos seus no Clube do TarôAutores
Edição: CKR – 09/05/2017
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2016 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil