Home page

22 de fevereiro de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


O Fim do Mundo em 2012 e o Tarô
  Betoh Simonsen  
 
Entrevista dada por Betoh Simonsen para Vinícius F. Magalhães, da
revista Ragga dos Diários Associados de Minas, em março de 2009.
 
    Dizem que, pelo calendário maia, o mundo vai acabar em 21 de dezembro de 2012, ou que um grande acontecimento transformará o mundo.
    Antes de responder, gostaria de falar um pouco sobre meu entendimento do tempo. Estamos acostumados com a idéia clássica de tempo linear, presente, passado e futuro. Mas podemos intuir um tempo não linear, onde as reverberações de tudo que já vivenciamos, de todos nossos sonhos, expectativas e imaginações, pessoais e coletivas; mais todas as influências conhecidas e desconhecidas estão presentes.
    Poderíamos chamar este espaço dentro de um entendimento psicológico de espaço psíquico e dentro de uma visão esotérica de registro akáshico. Neste campo estão presentes diversos cenários, às vezes com detalhes, que muitos médiuns, sensitivos e profetas eventualmente podem ter acesso.
    Muitos destes cenários, apesar de existirem em um estado latente, não necessariamente ganham densidade suficiente para se concretizarem, para bem ou para mal. Além disto, acredito que existe um plano para a humanidade onde as mudanças envolvem muito mais processos do que fatos. Acredito em um encerramento de uma etapa e início de outra, com mudanças e transformações que podem ser mais ou menos dramáticas dependendo do nível de resistência às mudanças.
 
Calendário maia
Calendário maia
 
     Este processo já está acontecendo, mas talvez existam alguns marcos e sinalizações para precipitações de energias mais intensas e concentradas, e 2012 pode ser um destes períodos, entre outros. Não acredito em final de mundo, como não acreditava em 2000 e nem aconteceu em nenhuma mudança de milênio, como muitos temiam.
    A idéia de estipular uma data é para causar furor, como aconteceu em 2000?
    Acredito que estamos em um final de ciclo onde se explorava as diferenças, individualismo, manipulação e controle. É claro que as energias mais intensas, e a partir das quais, as forças negativas controlaram a humanidade, são as energias do medo e do desejo.
    Vários filmes já foram produzidos sobre o assunto. O medo é vendável?
    Sabemos que nossos medos, as tragédias e dramas muitas vezes dão mais Ibope do que as energias positivas, as boas ações e bons sentimentos. Sim, são muito usados como fatores de vendas e de propaganda. Por enquanto, pois isto já está começando a mudar, e a eleição do Obama é um bom exemplo disto.
    Qual seu pensamento sobre o fim dos tempos?
    Apesar de já haver respondido parcialmente na primeira pergunta, gostaria de acrescentar que estamos mudando de um mundo de sentimentos de separação para um mundo de unidade; de um mundo de competição para um mundo de cooperação, unidade e integração; saindo de uma realidade rancorosa e agressiva para uma realidade amorosa e inclusiva. Isto envolve uma completa mudança de consciência, com mudanças nos sistemas de crenças, nos sistemas financeiros, políticos, religiosos, administrativos e legislativos. Mas claramente não é o final da experiência humana. Ainda temos um longo, longo caminho a percorrer.
    É uma constante o homem pensar no fim do mundo??
    O final tem sido uma constante no pensamento humano, partindo da morte individual para extrapolar para um final coletivo. Mas hoje sabemos que a morte é uma transformação profunda, não um final verdadeiro
    O tarô pode fazer uma análise desta data, dos acontecimentos para 2012?
     Fiz  uma leitura de 3 cartas, a primeira representando a energia que está sendo trabalhada nesta experiência, a segunda o caminho que estará sendo percorrido, e a terceira a resposta. Quero completar que o simbolismo que uso está em meu estudo, “Curso Completo de Tarot online”, no site Clube do Tarô do meu amigo Constantino.
 
Dez de Ouro no Tarot de Waite
 
Quatro de Copas no Tarot de Waite
 
Rei de Paus no Tarot Waite
 
  Dez de Ouros   Quatro de Copas   Rei de Paus no Waite Tarot  
     A primeira carta saiu o Dez de Ouros, significando pelo meu sistema que a idéia que está sendo trabalhada é um plano de concretização e realização. A segunda carta, que é o caminho que estará sendo trabalhado, é o Quatro de Copas, que no meu sistema está ligado à energia do signo de Câncer, significando proteção e nutrição. Talvez estejamos no processo de encontrar nossa verdadeira tribo ou família espiritual. E finalmente, como resposta final, temos um Rei de Paus, ou o poder da vontade criadora. Tudo de bom.
abril.09
Contato com o autor:
Betoh Simonsen - betohsimonsen@uol.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil