Home page

15 de dezembro de 2018

Responsável: Constantino K. Riemma


Socorro, preciso de um tarólogo!
Luiza Helena de Moura e Souza
    Primeira situação:
    Vou consultar um tarólogo.
    Claro que ele precisa ter, dentro da minha expectativa imaginativa, um aspecto especial. Não pode ser um ser humano com aparência comum.
    Segundo meu devaneio, seria bom que ele tivesse um olhar misterioso, algo como um olhar embotado, nebuloso e impenetrável. A expressão do rosto, necessáriamente, precisaria acompanhar o olhar, e então se transformaria em algo de entendimento impenetrável, com jeito de água.
    Turbante! Sem dúvida precisa de um turbante! Melhor ainda se vier acompanhado de um manto ou de uma capa exótica, nada desprovida de vaidade. Com brilhos, sem dúvida!
    A voz, complementando a figura, seria grave, circunspecta, aveludada.
    Esse é o tarólogo dos contos de mistérios, das histórias das mil e uma noites.
    
    Segunda e verdadeira situação:
    Preciso de um tarólogo.
    Alguém sábio, estudioso, que tenha a sensibilidade e a intuição para perceber a sutil mensagem que tranborda das cartas.
    Alguém que saiba interpretar os movimentos das figuras enigmáticas que saltam das lâminas e passeiam, majestosas, pela mesa de leitura.
    Meu tarólogo deve ter humor, alegria e leveza, condições essenciais para deixar a alma receptiva para a informação.
    Meu tarólogo precisa adivinhar minha necessidade imediata e, de modo carinhoso, mostrar o caminho que devo seguir, mas não consigo enxergar; deve elevar o meu espírito para que eu veja um pouco mais à frente; deve me consolar e acolher com as palavras que brotam da sabedoria dos Arcanos, mensageiros vivos, mas, sobretudo, deve ser o Oráculo por onde passa o Conselho Inspirado que eu preciso nesse momento.
    Na verdade, eu preciso de um tarólogo, ou taróloga e a aparência não tem a menor importância.
out.06
Contato com a autora:
Luiza Helena de Moura e Souza - lhelena@tag.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2018 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil