Home page

11 de abril de 2021

Responsável: Constantino K. Riemma


Brasil 2021: uma mandala
Conrado Mapelle
Esse ano por vir vai ser bem complexo. Tendo em vista que fiz uma mandala usando somente os 22 arcanos maiores, duas casas dela ficaram com somente uma carta. No caso, as casas cadentes 6 e 12. Todas as outras dez casas estão com pares e, tendo em vista que a mandala é baseada nos significados astrológicos das casas, muitos assuntos poderão ser abordados em uma casa só e é preciso que nos tenhamos em vista isso na análise. Tentarei dissecar vários dos significados de cada uma das casas.
Mandala astrológica para o Brasil em 2021
Mandala Astrológica
Carta do Tarô de Marselha de Nei Naiff, Editora Alfabeto
Começamos na primeira casa que tem como tema nossa população e até mesmo a ideia do país como uma ideia em si, como estaremos frente ao que nos será apresentado e, até mesmo, aquilo que haverá de acontecer. Esta casa está marcada pela Força e o Julgamento, demonstrando notavelmente uma situação de muita energia frente a revelações que se manifestarão coletivamente para todo nosso país. Aparentemente essas situações terão relações com o contexto do Brasil internacionalmente. Acredito inclusive na possibilidade de diversas manifestações populares cobrando mudanças frente ao contexto político-social que nos será apresentado. Manifestações que inclusive muito possivelmente serão marcadas por violência tanto popular quanto policial. O coronavírus não terá mais o mesmo impacto do ano anterior ainda que continue existindo mesmo assim
Observando tanto a casa 2 (Papisa com Morte) quanto a 11 (Papa com Torre) da mandala, vemos que nosso contexto econômico estará muito complicado, com várias tentativas de contenção de gastos por parte do governo, mas que não servirão para lidar com a crise que crescerá cada vez mais ainda que tente ser camuflada por informações alentadoras ou por omissão. A inflação parece que vai crescer por mais que tente ser contida.
Vários assuntos são representados pela casa 3 (Roda da Fortuna com Carro), dentre eles a mídia, escolas de ensino fundamental, transportes públicos, carros, veículos. A ação da imprensa estará muito ativa em 2021, provavelmente revolvendo bastante assuntos internacionais, principalmente aqueles que envolvem nossa economia e o poder legislativo. As escolas provavelmente serão reabertas em 2021, voltando a funcionar presencialmente. Venda de automóveis será marcante e é bem provável que dinheiro público seja usado pra construir novas estradas e rodovias.
A questão ambiental e da agricultura é vista na casa 4 (A Estrela com a Lua) que representa o Brasil como terra, sua extensão territorial, materialmente falando. Depois das queimadas de 2020, a situação melhorará, mas ainda haverá algumas destruições de terra feitas às escondidas. Provavelmente ocorrerá de forma oculta porque a mandala parece demonstrar o surgimento de sanções internacionais que serão impostas ao nosso país por consequência da destruição da Amazônia e Pantanal. Este assunto, contudo, será discutido mais para frente. As terras que foram devastadas começarão a ser invadidas e apropriadas por fazendeiros de forma ilegal, mas com aval do legislativo.
O meio artístico (Casa 5, com o Mago e o Imperador) estará num período de muita prosperidade e reconhecimento, mas que provavelmente não se dará muito no meio nacional, mas sim no exterior. É bem provável que algumas obras de nosso país sejam premiadas em eventos de alto calibre. Bacurau no Oscar? Não duvido, acredito até que ganhe estatueta. É muito provável que obras de cunho satírico acerca da situação política atual recebam muito prestígio, principalmente aquelas que ressaltam questões de minorias e da violência.
A sexta casa (O Pendurado) aborda a questão das doenças no Brasil, hospitais, exército e polícia. Acredito que o coronavírus ainda vai existir mesmo que já existam vacinas que vão conter seus efeitos. A situação dos hospitais no Brasil ainda vai sofrer de bastante precariedade e é bem provável que essa precarização seja própria autossabotagem para tentar privatizar o SUS que certamente vai correr ameaça em 2021. O exército e a polícia estarão numa situação de crítica pública notável.
Tanto a casa 7 (Justiça e Temperança) quanto a 9 (Eremita e Sol) falarão sobre os outros países, a política internacional e se de alguma forma ela interferirá em nosso contexto. Tanto um quanto o outro par de cartas me fez pensar numa questão de sanções econômicas, alguma limitação sendo imposta para nosso país por motivos sócio-políticos. O não-cumprimento de certos deveres do poder executivo levando a impasses de nível internacional que impõem ao nosso judiciário certas escolhas que haverão de ser feitas acerca do poder executivo. Afinal, a nona casa também fala do poder jurídico e tendo duas cartas que envolvem luz, as atitudes presidenciais ficam em evidência, seja para bem ou para mal. O que for feito será visto tanto pelas nossas leis quanto pelo olhar do exterior. A nona casa também fala de religião e templos e a questão da desigualdade religiosa será bem deflagrada. Acredito também que alguma isenção nova será dada para igrejas e templos.
A oitava casa (Imperatriz com Enamorados) fala de perdas financeiras do Brasil e ganhos dos países do exterior. Também fala de dinheiro que pode ser ganho por meio do outro. Aqui vemos uma situação onde acordos sobre produtos nacionais serão feitos marcantemente. Acredito que algumas das nossas empresas nacionais serão privatizadas e será uma perda lamentável para o país e um ganho marcante para o exterior. Haverá muita exportação dos nossos produtos, mas privilegiar nossa população em si não será destaque e isso será notável pra população.
O executivo é representado pela décima casa (Mundo com Diabo) e sua figura será destaque internacional, mas não da forma como se espera. Será motivo de críticas e chacota de outros países ainda mais pela péssima gestão financeira e as crises que serão deflagradas e divulgadas midiaticamente. Sua figura será crítica e exposta muito claramente tanto nas suas virtudes quanto (e principalmente) nos seus defeitos. É preciso que ele atente muito pros seus atos porque por mais que ele vá se sentir numa situação de conforto, muitos atos condenáveis serão divulgados. E as fake news também. Terá alianças, mas que serão firmadas não por real diplomacia, mas por meio de trocas financeiras. É bem provável que ocorra uma conclusão no seu governo. Impeachment? É possível.
É possível porque o meio internacional estará de olho nele e o judiciário e o legislativo também. Contudo, diferente dos juízes que irão expor alguns podres, os legisladores, representados pela casa 11 (Papa com Torre) serão mais condescendentes com os atos dele, aceitando suas atitudes. Contudo, muitos que são considerados honestos e figuras éticas, principalmente figuras envolvidas com religião e ideais conservadores, terão sua outra face revelada em escândalos marcantes do qual o próprio poder executivo terá participação. Com isso tudo, a parceria entre esses dois poderes provavelmente se tornará insustentável, pois, por mais que coadunem entre si, um não poderá apoiar o outro como gostaria até mesmo pela exposição que a mídia realizará dos escândalos.
Por fim, na casa 12 (O Louco) observamos a questão das minorias, do preconceito, loucura, manicômios. É bem provável que o Brasil volte realmente pro mapa da fome e a questão da luta antimanicomial terá certo destaque. É possível que vejamos crimes muito marcantes envolvendo ataque a minorias por forças policiais, situações estas que serão divulgadas por meio de expressões artísticas e das redes sociais. 2021 nos exigirá fôlego e a necessidade de fazer a coisa certa por mais errado que tudo esteja.
Conrado Mapelle, tarólogo, oraculista e escritor.
Para contato ou consultas:
www.instagram.com/arcanacoeli
Outros trabalhos seus no Clube do TarôAutores
Edição: CKR 8/12/2020
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2020 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil