Home page

12 de dezembro de 2018

Responsável: Constantino K. Riemma


As Danças do Tarô
Jonatam Pereira
 
Seria possível sentir as energias das lâminas do Tarot no corpo? Foi através desse questionamento que Maria Lalla Aché (compositora, coreógrafa, dançarina, taróloga e terapeuta Holística) embarcou em uma grande jornada, na qual resultou num lindo fruto: As Danças do Tarot. Um trabalho em que, com vários parceiros, Maria fez música, poesia e coreografia para cada Arcano Maior. Essas 22 “iniciações” nos permitem sentir a energia de cada carta, trazendo para nós a sua essência. Esse trabalho nos traz uma grande chama da cultura Brasileira.
Segundo Maria, para entrar em contato com o Tarot, precisamos "pular no colo" dos símbolos contidos em cada carta. Encontramos aí toda uma série de paralelos entre mitos e lendas das culturas antigas. Os Arcanos Maiores são 22 maravilhosos quadros de alto valor simbólico, expressão das forças que estão operando a nível Macrocósmico, permeando, simultaneamente, O Universo, o sistema solar, nosso planeta, a sociedade, o ser humano e cada partícula da Existência.
“Foi através desta riqueza simbólica, tendo minha mãe como mestra, que iniciei meu caminho espiritual. Mais tarde, conduzida por diferentes mestres, descobri a dança como meditação e forma perfeita de oração corporal."
Danças com os arcanos do tarô
Um grupo de formação dança o arcano da Imperatriz
Foto de www.estudiomariaache.com.br
"Quando anos mais tarde participei de Conferências de Danças Sagradas no exterior, percebi que o repertório de danças sagradas brasileiras era muito pequeno e não refletia de modo algum toda a nossa variedade de ritmos, sons e religiosidade. Voltei ao Brasil com o firme propósito de desenvolver um trabalho de criação musical e coreográfica que pudesse enriquecer o repertório dos focalizadores brasileiros, para que em futuras oportunidades nossa cultura fosse transmitida de forma mais ampla e representativa."
"Considerando a intimidade que eu tinha com a riqueza simbólica do Tarot, eu e meus alunos, escolhemos essa fonte de sabedoria e iniciamos uma longa pesquisa em nossa cultura que resultou nas Danças do Tarot, um ciclo completo de 22 coreografias que nos permite entrar em contato com a essência de cada Arcano Maior".
Nessa vivência a proposta é realizar uma jornada de autoconhecimento e crescimento espiritual através da dança. O resultado é uma compreensão muito além da percepção intelectual que gera força, beleza e sabedoria.
Detalhes sobre as atividades no Estúdio Mara Aché estão em www.estudiomariaache.com.br
maio.12
Contato com o autor:
Jonatan Pereira é estudante de Tarô como caminho de
autoconhecimento e terapeuta reiki: deus.mercurio@hotmail.com
Danças do Tarô
Thiago Herzog
 
Maria Lalla Aché é taróloga desde muito jovem, tendo aprendido o ofício como herança materna. O Tarot para Maria foi seu primeiro caminho espiritual, o que mais tarde ganhou novas cores através de diferentes experiências com Budismo, Sufismo, Eneagrama, Quarto-Caminho, Sagrado Feminino e Danças Sagradas e Meditativas
Ao longo dos anos de trabalho, desenvolveu uma linguagem própria, para seus atendimentos, onde investe na criatividade do consulente como responsável por sua cura e transformação. Em suas atividades como formadora de intérpretes de símbolos, dá uma perspectiva contemporânea às práticas tradicionais de Tarot, incentiva a experimentação, através de danças, técnicas e práticas de diferentes tradições, buscando a experiência direta das energias dos arcanos por seus alunos.
Como mentora de Danças da Paz Universal, pela Dances of Universal Peace Internacional, também trilhou uma longa estrada através da prática de danças sagradas e meditativas. No contato com mestres que, numa linhagem de transmissão direta, veiculam ensinamentos sobre palavras sagradas, meditações caminhadas, mudras e um alfabeto corporal capaz de acessar diferentes qualidades de energia, aprendeu e ensina um extenso repertório esotérico de práticas para a respiração, voz e movimento.
Após alguns anos de trabalho com as danças, reconheceu a falta de um repertório que fosse capaz de se aprofundar na rica religiosidade, musicalidade e corporalidade brasileira. Começou assim a compor trabalhos em danças sagradas.
Maria Aché
Maria Aché em seu estúdio no Rio de Janeiro
Foto de www.estudiomariaache.com.br
O Tarot, por sua larga experiência, foi sua primeira inspiração. A partir de 2000, compôs e coreografou músicas e danças para os 22 arcanos maiores, repletas do conhecimento simbólico dos arcanos e do repertório corporal sagrado que havia apreendido.
O ciclo de Danças do Tarot, que completa 12 anos em 2012, é um trabalho vivo com os 22 arcanos, onde de fato se conecta a energia de cada um dos arquétipos. São rituais, iniciações e processos profundos de autoconhecimento que se acessam através das danças.
Experimentar os arcanos através das danças de Maria Lalla é, ao mesmo tempo, uma forma de acessar nossa ancestralidade e cultura nacional: cocos, cirandas, maracatus, sambas e afoxés, nos permitem reconhecer a riqueza e a sabedoria presentes nas manifestações culturais da espiritualidade brasileira.
Uma formação em Danças do Tarot é uma verdadeira iniciação na força, beleza e sabedoria dos arquétipos representados por cada arcano através das práticas e técnicas que inspiraram as danças, provocando uma forma absolutamente autêntica e intensa de se conhecer e experimentar o Tarot, que vem formando muitas pessoas pelo Brasil e pelo Mundo nos mistérios maiores.
maio.12
Contato com o autor:
Thiago Herzog é tarólogo, integrante do grupo de danças rituais
Cyrandas do Juremar, membro em formação da Dances of Universal Peace Internacional
e da diretoria do Instituto Cy – Cultura de Paz Através das Artes.
www.thiagoherzog.com
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2018 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil