Home page

15 de dezembro de 2018

Responsável: Constantino K. Riemma


  LIVROS & AUTORES / Estudos < voltar  
Meditações sobre os 22 arcanos maiores do Tarô
e seu autor Valentin Tomberg
Compilação de
 
Constantino K. Riemma  
Meditações sobre os Arcanos Maiores
 
O livro MEDITAÇÕES SOBRE OS 22 ARCANOS MAIORES DO TARÔ por autor que quis manter-se no anonimato, continua a ser publicado no Brasil pela editora Paulus desde sua primeira edição, em 1989. Tem 640 páginas.
Foi traduzido ao português por Benôni Lemos, do original Méditations sur les 22 Arcanes Majeurs du Tarot, Verlag Herder, Basel, 1984. O Prefácio é de autoria de Hans Urs von Balthasar, um teólogo e Cardeal. Pode ser adquirido na loja virtual Simbólika, que atua em parceria com o Clube do Tarô.
Sabemos agora que o autor da obra é Valentin Tomberg, cujos dados biográficos apresento a seguir. Considero seu livro como a obra mais consistente até hoje publicada sobre os Arcanos Maiores do Tarô, tanto pela seriedade de pesquisa, quanto pelos paralelos entre as diferentes tradições e o esoterismo cristão.
O Autor anônimo
Valentin Arnoldevitch Tomberg nasceu em 11 de março de 1900 (27 de fevereiro pelo antigo calendário juliano) em São Petersburgo, Rússia. Seus pais eram luteranos, a mãe uma devota russa e, o pai, um cético originário dos Bálcãs. Ainda adolescente mergulhou na Teosofia e nas práticas místicas da Igreja Ortodoxa.
Em 1917 foi iniciado no Martinismo por G. O. Mebes. Também descobriu, nesse período, a obra de Rudolf Steiner. Em 1920, fugiu com sua família para Tallin, na Estônia, depois de encontrar sua mãe pendurada em uma árvore, com seu cachorro, baleada por revolucionários.
Tomberg trabalhou como enfermeiro em hospital, numa farmácia, numa fazenda e no Correio Central de Tallin.  Estudou línguas e religiões comparadas na Universidade de Tartu, na Estônia. No ano de 1925, filiou-se à Sociedade Antroposófica de Rudolf Steiner.
Casou-se com Mari Demski, uma polonesa católica, no início de 1930, com quem teve o filho Alexis. Durante esse mesmo ano Tomberg divulgou em artigos e conferências o resultado de suas pesquisas originais sobre o ocultismo, o que o tornou um figura controvertida nos meios antroposóficos.
Valentin Tomberg
 
Como resultado das controvérsias em que se envolvia foi convidado, em 1938, a se mudar para Amsterdam. Em 1940, contudo, foi intimado a retirar-se da Sociedade Antroposófica holandesa por ser muito polêmico.
Participou ativamente da resistência ao nazismo, escondendo pilotos e pára-quedistas aliados. Ele também se ligou à Igreja Ortodoxa Russa, mas logo se afastou quando se deu conta das simpatias de seus líderes ao Nacional Socialismo.
No final da Segunda Guerra Mundial, Tomberg recebeu o título de Doutor em Jurisprudência pela Universidade de Colônia, para onde havia mudado em 1944. Sua tese foi publicada como Degeneration and Regeneration in the Science of Law, seguida de Peoples' Rights as Humanity's Rights, em 1946.
Por volta desse tempo converteu-se ao catolicismo.
<-- Valentin Tomberg
Logo após a guerra ele colaborou na fundação da faculdade comunitária de Ruhr.
Mudou-se para a Inglaterra em 1948, onde se tornou tradutor da BBC, monitorando a radiodifusão soviética durante a Guerra Fria. Aposentou-se em 1960, indo morar em Reading, cidade próxima ao Rio Tâmisa, onde trabalhou os manuscritos de sua obra principal, escrita em francês sob o título Méditations sûr les 22 arcanes majeurs du Tarot. A ampla difusão dessa obra ocorreu apenas a partir de 1980, com a publicação pela Ed. Aubier, Paris, 1980, como texto anônimo.
Ele faleceu durante suas férias em Majorca, em 24 de fevereiro de 1973. Duas semanas mais tarde sua esposa e colaboradora, Maria, também faleceu.
O porquê do anonimato
Não existe uma razão divulgada publicamente para o fato de Tomberg ter pretendido que sua principal obra, Meditações sobre os 22 arcanos maiores do Tarô, fosse publicada anonimamente. No entanto, ao levantar informações na Internet para elaborar estes dados biográficos, um quadro ficou bem nítido. Durante o período em que Tomberg mergulhou na Antroposofia, ele se tornou bastante conhecido e reconhecido como pensador de qualidade. Mas aí também viveu polêmicas e situações conflituosas que marcaram sua imagem pública.
Nesse quadro, é plausível imaginarmos que, por valorizar o conteúdo de Meditações e para evitar que essa obra ficasse marcada pela imagem de um personagem polêmico, tenha preferido o anonimato. Trata-se, desse ponto de vista, de um belo exemplo de sacrifício do ego em nome da mensagem, sinal evidente de ter se colocado a serviço de propósitos mais altos. Aliás, grandes obras do cristianismo, como é também o exemplo de A Nuvem do Não-Saber, foram publicadas anonimamente.
O apoio de uma autoridade religiosa para um livro sobre Tarô, como foi o caso de Hans Urs von Balthasar, um teólogo ordenado jesuíta, que preparou o prefácio para as Meditações sobre os 22 arcano maiores do Tarô, é um fato digno de nota.
Mais curioso, ainda, é a foto do Papa João Paulo II, com os dois volumes dessa obra sobre sua mesa de trabalho. Diz-se que Hans Urs von Balthasar era o teólogo preferido de João Paulo II. E, de fato, pela contribuição dada à Teologia e à Igreja, o Papa Wojtyla nomeou-o Cardeal.
Detalhe do Livro
Exemplares do Die Grossen Arcana
Detalhe do livro sobre a mesa (acima)
e reproduções das lombadas da mesma obra (abaixo)
 
Papa João Paulo II
Sobre a mesa de trabalho do Papa João Paulo II (1988)
os dois volumes da versão alemã de "Meditações":
"Die Grossen Arcana des Tarot"  [Fonte: Weltbild, nov.88, p. 27]
No site “Theosophist”, em inglês, os detalhes desta foto estão muito bem examinados:
http://theosophist.wordpress.com/2008/04/24/pope-john-paul-ii-meditating-on-the-tarot
Alguns estudiosos da Antroposofia, tais como Robert A. Powell, da Fundação Sophia, acreditavam que Tomberg era uma encarnação do Bodhisattva que, há cerca de 2.500 anos, tornou-se o Buda Maitreya. As características do Boddhisattva foram listadas por Rudolf Steiner e incluem uma mudança radical de vida e perspectivas na idade de 33 anos, o que teria sido o caso de Tomberg, bem como de São Domingos e Blaise Pascal.
Transcrições de capítulos de Meditações
1. O Mago : O primeiro Arcano Maior do Tarô publicado no Clube do Tarô.
Livros de Valentin Tomberg
Os principais trabalhos de Tomberg foram publicados postumamente:
Degeneration und Regeneration der Rechtswissenschaft, Bonn: Bouvier, 1974
Lazarus, komm heraus: Schriften Vier (Lazarus, venha para fora), Éditions Aubier Montaigne, Paris, 1980. Um estudo da mística cristã, escrita em alemão e publicada em 1980
Méditations sûr les 22 arcanes majeurs du Tarot (Meditações sobre os 22 arcanos maiores do Tarô). Éditions Aubier Montaigne, Paris, 1980. Publicação em que o autor permanece anônimo. O prefácio foi elaborado por um teólogo católico, o jesuita Hans Urs von Balthasar).
Le Mat itinérant. L'amour et ses symboles. Une méditation chrétienne sur le Tarot. Edição estabelecida e apresentada por Friederike Migneco et Volker Zotz. Kairos Edition, 2007. Texto bilingue français/alemão.
Christ and Sophia: anthroposophic meditations on the Old Testament, New Testament, and apocalypse, (Cristo e Sophia: meditações antroposófica no Antigo Testamento, Novo Testamento, e Apocalipse).  Great Barrington, MA: SteinerBooks, 2006.
Fontes consultadas
Biografia de Valentin Tomberg, na Wikipedia:
http://en.wikipedia.org/wiki/Valentin_Tomberg
Theosophist - voices from the path:
http://theosophist.wordpress.com/2008/04/24/pope-john-paul-ii-meditating-on-the-tarot
Valentin Tomberg: a platonic soul. Robert Powell, PhD. Article first appeared in Starlight (2007), volume 7, no. 2, pages 9-12: http://sophiafoundation.org/articles
Le Mat itinérant - L'amour et ses symboles, une méditation chrétienne sur le Tarot:
http://www.kairos.lu/f_home.html
The Moral Oxygen of Valentin Tomberg:
http://corjesusacratissimum.org/2009/06/the-moral-oxygen-of-valentin-tomberg
The Case of Valentin Tomberg- Anthroposophy or Jesuitism?  Sergei O. Prokofieff:
http://www.steinerbooks.org/detail.html?id=9781902636641 http://www.skylarkbooks.co.uk/Shop/media/The_Case_of_Valentin_Tomberg.htm
março-junho.10
revisão: maio.14
Contato com o autor da compilação:
Constantino K. Riemma - contato-ct@clubedotaro.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Comentários
Emanuel J Santos - emanueljsantos7@hotmail.com - 22 de março de 2010
Oi Constantino, tudo bem?
Uma das coisas mais curiosas que eu queria apontar para você, pelo menos da realidade aqui de Mariana (MG), que é um arcebispado, é que o "Meditações" está em todas as bibliotecas católicas daqui.
Curioso, não? Sempre me perguntei a razão disso.
Abraços!
Emanuel
 
LIVROS & AUTORES / Estudos < voltar  
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2018 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil