Home page

17 de maio de 2022

Responsável: Constantino K. Riemma


  FÓRUM / LEITURAS E POEMAS / Arcano 7 < voltar  
Arcano 7
3 pequenas visões
Flávio Alberoni

Nada obscurece
sua determinação.

Um olhar concentrado na paisagem
a visão detalhada do campo e de suas agruras
o sentimento do tempo e suas flutuações
e o alvo distante sob névoa adquire brilho constante.

O vento frio não dobra suas costas.

O respirar determinado
sustenta a vontade e alimenta a visão clara do que deseja
como deseja e como vai chegar ao que deseja
desde muitas vidas..

Com vigor, o arqueiro lança
a flecha, a paisagem, o arco
como se fossem
uma coisa só. Um só momento.

Um só ato além
de qualquer movimento

 

 


Invertido

Além do alvo pouco vê
apenas busca alento para chegar ao que deseja
mesmo sem descanso.

A meta é apenas um reflexo
e seu respirar transpira o desejo simples de alcançar
além de qualquer sofrimento.

O ambiente é adversário se não lhe segue
ou acompanha seus passos
e cada transtorno é uma derrota
largada impaciente à beira do caminho.

Ao chegar a suposta meta
coberta pela emoção
busca outra na satisfação contínua
do desejo não trilhado.

Há de chegar ao suposto cume ...
até quando?

 

 


Síntese

Um olhar sobre a paisagem
sabendo ser passado
e que o alimento vem dalí:

gotas de orvalho nas folhas da manhã,
olhar lúcido de quem faz mesmo não sabendo que o faz
brilho intenso da face da criança.

Em tudo a energia vital
o Qi universal sobressaindo.

Não há metas
não há desejos. Apenas vontade
refletida em si – o Único encontro.

Pagina virada de folha vazia.

 
12/03/2011 11:27:05

Comentários

Cleonice - 21/04/2011 23:53:44
Olá Alberoni, o que vc acha dessa percepção:

SUBJETIVIDADE
Realização é minha meta.
Vontade é o que trago em mim.
Superação é tudo que desejo.
Confiança, a verdade sem fim.
Querer, muito mais que meus olhos alcançam.
Viver cada instante que se processa em mim.
Aliados, muitos o desejam.
Conquistas, minha força motriz.
Inspiração do divino que criou tudo.
Certeza, trago na essência criadora
que em tudo existe e faz existir
na arquitetura do mundo imaginado
dentro desse universo completo, incompleto,
mas que existe sim.

Abçs
Cleo.

Augusto - 22/04/2011 22:39:15
Excelentes trabalhos. "Pro alto e avante!

Betoh - 05/05/2011 10:13:25
Seus poemas são sempre muito bonitos e significativos...

Flávio Alberoni - 05/05/2011 17:10:03
Grato, Cleo. E seu poema reflete bem a conclusão e a abrangência do arcano 7, mas colocando-o em contacto com todos os outros, pois,

nada existe em si
sem o seu reflexo em muitos - ou talvez
o contrário! Ou talvez seja mesmo o que já se disse
o mundo apenas um reflexo de si!

O verso e o anverso
a unidade e o universo
o complexo Mago e Louco
mas sem o sonhar objetivo do 7
como alcançar tudo e o tudo
ser apenas o si?

grato, Cleo

Flávio Alberoni - 05/05/2011 17:12:08
Grato Augusto
Grato Betoh.

Um estímulo sempre é bom. Uma leitura atenta sempre nos marca.



  Total: 5  
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2020 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil