Home page

20 de junho de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


Outono Brasileiro
Cintia Doula
1 - A Situação: o Ás de Espadas mostra a situação atual onde existe a necessidade de que os fatos se concretizem com maior transparência. Sugere também que muita informação ainda está oculta. A espada nos remete à guerra, ao conflito e no Ás fica no campo das possibilidades, pairando no ar.
2 - Influências Imediatas: O Rei de Copas nesta casa indica a presença de uma pessoa de poder (e não no poder), conhecimento e generosidade, na condição de auxiliar, conduzir de um modo seguro e benéfico todo este conflito. Portador de boas intenções em relação ao povo.
3 - O Oculto - a Sacerdotisa representa o incógnito e sai justamente na casa do oculto, evidenciando segredos ainda a serem desvendados. Guardados a 7 chaves e sendo uma sequência da casa 2, poderão ser abertos pelo Rei de Copas.
Tiragem pela Cruz Celta
Tiragem pela Cruz Celta, com 10 cartas
Ilustração da Autora
4 - Passado Recente - a carta do Mundo é sempre positiva, mas na casa do passado como influência para o momento atual, ela diz que em momentos de aparente paz e prosperidade, descuidamos, não vimos, não nos demos conta do que realmente acontecia, isso em virtude da carta da casa 3 (A Sacerdotisa) que guarda muito bem seus segredos. A visão do Mundo que tínhamos era ingênua, acreditávamos somente nas aparências o que possibilitou o que estamos vendo hoje. O Rei de Copas (casa 2) é fundamental para a visão que temos hoje da realidade.
5 - O Presente - o 4 de Copas é uma carta de indecisão e incertezas. Nos remete também a um momento de retrocesso e intranquilidade, onde observamos preocupações egoístas por parte dos governantes, falta de seriedade em todos os assuntos, falhas nas "comunicações entre os protagonistas" (os grampos tem a ver com a casa 1 e a casa 3).
6 - Futuro Imediato - sai a Torre, com a qual terminei as previsões de 2015 e iniciei as previsões de 2016. Pois bem, ela aparece agora nesta casa onde o relâmpago que atinge a alto da torre representa a sua necessidade de mudança, que algo deve ser mudado com urgência.
Inclui em sua abordagem mais manifestações, conflitos, é a casa caindo mesmo. Portanto, mais que até este momento, os próximos meses serão o divisor de águas turbulentas

Por aparecer numa tiragem sobre os próximos 4 meses, evidencia que o momento será mais conflituoso do que já tem sido.
7 - O consulente (Brasil) - a carta Rei de Paus representa o poder, domínio e energia interior que o povo possui para enfrentar tudo o que virá. O poder é do povo.
8 - Imagem (como nos vêem) - o Ás de Copas aponta que a imagem do que está acontecendo aqui no Brasil não apagou o que sempre viram de nós como povo, espontaneidade, alegria, paixão, amorosidade, amizade. Essa é uma boa influência se tivermos que contar com ajuda de fora.
9 - Conselho - o tarô aconselha que o caminho para resolver o conflito é a Justiça. Implica em provas, novas delações (uma vez que muitas cartas de segredo sairam), prisões. O tarô aqui é objetivo, A Justiça, não é a justiça de um ou de outro, na visão de um ou de outro, mas a justiça imparcial, apartidária e total.
10 - Resultado - em 4 de Ouros encontramos um ou mais indivíduos agarrados com unhas e dentes aos seus tesouros, avarentos, sovinas e egoístas. Por estar na casa do Resultado indica que até o final do Outono (foi o tempo que estabeleci para esta tiragem), meados de final de julho e início de agosto, "a Torre ainda estará em posição de destruição e queda", com seus ocupantes se agarrando aos últimos tijolos. É uma carta conflitante em oposição à carta da Justiça.
Sugere que mesmo que o Impeachment seja aceito e a Presidente seja afastada temporariamente, ainda assim ela continuará lutando para reaver o seu lugar. Que se Lula for preso, ainda assim lutará por sua liberdade e os demais envolvidos assegurando o que já ganharam em termos financeiros.
Diante deste quadro, nada confortável, temos a nosso favor a figura do Rei de Copas, Sergio Moro e toda a sua equipe. Porém, porque Rei de Copas e não Rei de Espadas, me perguntei quando esta carta saiu. Porque nos últimos meses ele se tornou mais que um Juiz (Rei de Espadas), na visão do povo. Ele é o nosso defensor, correto, justo, inteligente e que passamos a amar e confiar profundamente.
Tiragem para o Juiz Sérgio Moro
Numerologia e tiragem de cartas para o Juiz Sérgio Moro
Ilustralção da Autora
A numerologia de Sergio Moro não poderia ser melhor, ele é o Mago no tarô, o líder, o número 1, aquele que possui todas as ferramentas e poder de manipulação para conseguir o que quer. O ilusionista que engana sabiamente os adversários. Ninguém é mais inteligente e esperto (esperteza no sentido de conhecimento e astúcia) no tarô que o Mago. Este 1 é derivado de 28 (2 de Paus), o homem que segura o mundo nas mãos. Indica longevidade e poder.
Como o arcano do Sol (19) é seu desafio, ele vem trazer luz, clarear, tirar das sombras e da mentira. Ainda possui o Sol como seu planeta regente (Leão). E começamos agora, justamente, o ano do Sol.
Está vivendo até agosto, o ano 8, o ano da Justiça, o que coincide com este Outono, onde ele estará mais forte, resoluto e presente. Ele deve mesmo, até lá, dar o máximo de si, pois a partir de agosto, quando entrar num ano 9, estará finalizando um ciclo e poderá sofrer com maior facilidade alguma tentativa de intervenção das pessoas da casa 10, na tiragem, para o afastarem.
Contato com a autora:
Cíntia Doula - www.tarocosmico.blogspot.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Edição: CKR – 21/03/2016
Partilhe seus comentários ou deixe questões para o Autor responder
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil