Home page

23 de abril de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


O Ano de Os Amantes ou Os Irmãos
Filhos da Voz ou Oráculo dos Deuses Poderosos
Cláudio César de Carvalho
 
O ano de 2013 está sob a égide do arcano VI – Os Amantes, também conhecido como Os Irmãos. Contudo, haverá uma influência oculta ou “sombra” vinda do arcano XV – O Diabo.
Breve explicação sobre a Influência Oculta do Ano
Além do aspecto de influências do arcano que responderá pelo ano em questão, por exemplo, 2 + 0 + 1 + 3 = 6, como costumeiramente se faz o cálculo, há também uma influência oculta quando somamos estes mesmos números diferentemente. Vejamos o exemplo deste próximo ano, ou seja, 2 + 13 = 15 que pelo método reducional gera o 6 que regerá de frente 2013. No entanto, o 15 denota a “Sombra” que deve ser trabalhada junto as influências claras (a palavra clara aqui está ligada ao luminoso ou dia) do arcano vigente, neste caso proveniente de Os Amantes. Essa “Sombra” possui uma dinâmica própria que exacerba o processo psíquico-emocional em lidar com desafios não só oriundos do arcano VI, mas, principalmente dela mesma a fim de potencializar o processo de desenvolvimento humano durante o trabalho interno que será realizado nos trezentos e sessenta e cinco dias (365) do ano. Obviamente esse trabalho interno deve ter quatro tipos de laboratórios para sua operação, isto quer dizer, os quatro níveis ou planos, são eles: material, mental, emocional & espiritual.
Os Enamorados no Taro de Crowley-Harris
Os Amantes no tarô de Crowley-Harris
 
Essa observação da práxis anual a partir das experiências com as lâminas do Tarô de Crowley & Harris, foi concebida após anos de observação e metodologia não apenas científica, mas, principalmente pelos sintomas manifestados na psiquê e ações das pessoas como um todo. Sendo assim, é de minha total responsabilidade essa inclusão em minha Previsão no que concerne a origem do arcano “Sombra” para o ano vigente neste caso.
Apenas gostaria de frisar que a Ciência Tarótica não se prende a conceitos tradicionais de previsão, contudo seu enfoque é direcionado ao desenvolvimento perene de modelos que abrangem outros níveis de entendimento. Como o conceito Pitagórico aplica: Todas as coisas são números.
Todo Ciclo possui um período de transição, em que duas correntes de energia se encontram de modo que são filtradas para que cada uma ocupe o lugar que lhe é próprio naquele período de tempo. Não poderia ser diferente com Os Amantes que tecnicamente lançará os seus primeiros feixes de energia transformadora a partir do Solstício de Verão (21 de Dezembro de 2012) ainda que tenha sua regência “oficialmente” a partir do dia 1° de Janeiro até o dia 31 de Dezembro de 2013.
Sua influência será manifestada mais intensamente a partir do Equinócio de Outono (21 de Março de 2013).
Previsão para 2013
Contexto Espiritual de Os Amantes
Tendências básicas: Os aspectos centrais conferidos pelo Os Amantes são harmonia & unificação dos opostos.
Princípio Guia: O Amor como expressão da totalidade & completude.
No Ano de 2013 Os Amantes irá trabalhar os aspectos de integração & valorização de um trabalho permanente de união das parte perdidas do nosso Ser. Essa Integração é o movimento peculiar que o arcano determina quando está sob sua égide, pois sua operação trata dos primeiros passos em direção ao Solve et Coagula que tomará “corpo” como a solução da Obra no arcano XIV (Arte) que determina a oitava do aspecto interior de Os Amantes. Em outras palavras, haverá um esforço, talvez em muitos de maneira inconsciente na busca pela sua “outra parte”, ainda que seja na visão de uma pessoa como par, de um filho/a a gerar, de um novo emprego para complementar uma vida sem perspectiva ou mesmo e mais profundamente, no enfoque de um trabalho interior para destilação dos seus medos que o bloqueia em alcançar uma União com o seu Ser ou Eu espiritual.
Enquanto o enfoque no ano passado (2011) sob a égide de O Hierofante (arcano V) era trabalhar intensamente a sua autoconfiança & experiência para conquistar um conhecimento mais abrangente de si-mesmo, Os Amantes cobrará uma forma de compromisso com o conhecimento obtido em 2011 por meio de quebras de velhos e estéreis paradigmas a fim de focar o novo e desafiador.
Agora vejamos, imaginem todos esses desafios e experiências naturais do arcano VI serem exacerbadas por um evento de grande importância que possui um caráter profundamente espiritual. Sim! Isso irá ocorrer apesar de muitas especulações em torno desse tema como algo catastrófico que está próximo de ocorrer, como muitos acreditam, o iminente “fim do mundo”. Se desejar interpretar esse “fim do mundo” como “fim de uma velha forma de pensar e agir” seria com certeza mais coerente,  uma vez que esta energia se manifestará de forma altamente dinâmica levando àqueles mais sensíveis e conscientes das mudanças que estão acontecendo nos planos interiores para uma transformação da Consciência. Esse evento, também conhecido como o Grande Equinócio dos Deuses (quando um vasto Ciclo de 26.000 anos se completa), é um fato  único devido não apenas a esse Grande Ciclo que já ocorreu em Eras passadas, mas por uma confluência de Ciclos dentro de ciclos (astrológico, astronômico, mágico & místico, e principalmente, nos planos interiores). O ápice deste evento cósmico  ocorrerá tecnicamente em 21/12/2012 [Solstício de Verão] às 11:11 pela UTM.
A "Sombra" ou Influência Oculta
Tendências básicas: Os aspectos centrais conferidos pelo O Diabo são energia criativa & individualidade.
Princípio Guia: O encontro com a Sombra &a percepção da Verdade.
O Diabo (arcano XV) será a grande “Sombra” para 2013. Isso apresenta um caráter altamente desafiador em todos os sentidos. De que forma? Quando não houver mais algum horizonte a sua frente, uma vez que todas as tentativas que você procurou fazer não deram certo, então é porque há alguma coisa sabotando as suas metas para 2013 ou em outros casos, o seu Caminho caso se aprofunde na sua Busca Espiritual.
Neste caso, você terá de entrar em contato com suas partes desconectadas com seu Ser e transformá-las de peças perdidas em unidades do seu Eu. Cada peça quando unificada se transforma em percepção de algo maior, já que a engenharia delas foi reprogramada, não no sentido robótico (de robopatia que é um dos nomes dado a neurose humana), mas no sentido transcendente e revitalizador.
Essa é uma das funções mestras de O Diabo nesta Nova Era de Aquário, este arcano não pode ser mais terrivelmente mal interpretado como na passada Era de Peixes, onde pela incompreensão e deturpação dos símbolos, anularam todo aspecto funcional deste arcano ao inverter sua simbólica para algo maligno, sexual e impuro. O Diabo é nosso eterno companheiro assim como a Morte que está logo atrás de nós. No caso do Diabo, ele exacerba todas as convicções, todos os falsos estrelismos do ego, toda fraqueza e a Verdade. Verdade? Por quê não? Temos de nos lembrar que O Diabo transcende todas as limitações, para ele tudo é êxtase, no entanto, ele sabe cada remédio a ser dado para cada um de nós. Isto quer dizer, que ele “porta a sua luz”, ele melhor do que ninguém conhece cada detalhe de suas partes perdidas, e também o seu Ser. O seu Eu espiritual por meio de O Diabo faz com que você viva as possibilidades não vividas, libertando-o de qualquer restrição. Sim! Restrição é o único pecado do homem.
 
O Diabo no Tarô de Harris-Crowley
O Diabo
Thoth Tarot de Crowley-Harris
Portanto, tenha O Diabo em 2013 como seu companheiro, como aquele que escuta você a todo instante, e de maneira tão paciente que nem imaginamos o quanto. Para se obter a “luz” de Os Amantes, antes você terá uma grata tarefa: torne-se O Diabo, nada mais, nada menos.
Previsão sobre alguns importantes aspectos do Brasil para 2013
Política Nacional
Haverá um forte direcionamento para se tentar organizar a política no Brasil como um todo. Começam a surgir pessoas que possuem poder & influência para combater, ainda que não muito aparente, a corrupção em várias vertentes, dificultando assim, o avanço desmedido, como ocorreu de certa forma em 2012.
Muitos acordos nas áreas da educação, saúde e comunicação em direção a uma melhoria de conduta frente a população, permitindo uma primeira possibilidade de parceria entre poder público e empresas privadas, algumas vezes com ajuda de alguns Órgãos não Governamentais. Essa forma de gestão participativa poderá levar melhorias tanto nas relações humanas como em infraestrutura aos estabelecimentos de ensino, mas não será nada fácil, porque ainda haverá tentativas de desvio de verbas públicas, mas que serão rapidamente descobertas. A luta dos professores ainda continuará pelo próximo ano, procurando obter melhores condições de trabalho, principalmente os da rede pública. O Governo dará mais atenção aos hospitais e focando a infraestrutura destes. Os Planos de Saúde tentarão absorver mais encargos do que podem, e novos acordos ilícitos serão descobertos provocando severos abalos em algumas destas empresas. Quanto a comunicação, qualquer tentativa de limitar a liberdade de imprensa será imediatamente combatida e vencida, contudo, o Governo procurará um estreitamento com estes mesmos meios uma vez que esta via é de grande apelo para se alcançar algum tipo de apoio da população. O campo das artes estará em evidência, muitos artistas apoiando causas, principalmente de cunho sócio-ambientais, pois aos poucos todos perceberão de maneira holística os ingredientes de um todo para mitigar os problemas tanto sociais como ambientais que na verdade não estão separados.
De alguma forma, as influências de Os Amantes, a partir do Equinócio de Outono de 2013 se farão presentes nas pequenas mudanças estruturais que ocorrerão nas três instâncias governamentais, ou seja, municipal, estadual e federal. Outras crises surgirão como ocorreu em 2012, como se fossem prolongamentos de crises anteriores, todavia esse é o caminho para uma verdeira limpeza e transformação do que está deteriorado e estéril em algo vivo e consistente.
Há uma enorme energia em direção a realização de novos concursos públicos, pois a temática dos governantes será o retorno de técnicos aos cargos. Tudo isso não pela boa vontade deles, mas por causa da pressão do Ministério Público que não medirá esforços para levar esse objetivo adiante. 
O poder estará em evidência em 2013, mas esse poder deverá seguir as premissas de Os Amantes, ou seja, optimizar ações pendentes dos últimos 08 anos devido a atrasos burocráticos e falta de vontade política para concluir ações que já teriam mudado um pouco a face política brasiliana. Contudo, deverá haver ainda uma forte oposição d'àqueles que não querem perder o seu quinhão.  
Economia
Haverá maior estabilidade e equilíbrio do Real quanto ao seu valor no câmbio internacional. Apesar da crise financeira internacional na Europa e Estados Unidos (deve haver uma suave melhora deste último no que diz respeito a sua situação interna frente a crise devido um enfoque doméstico muito maior do que foi na primeira gestão de Obama), nossa moeda estará mais forte e estável, podendo retornar a patamares entre R$ 1,50 e 1,80 diante do dólar americano. Haverá uma valorização do real também diante do euro e da libra, mas será um processo para se alcançar de fato no segundo semestre de 2013. China levará um susto no seu mercado, que poderá lhe custar alguns bilhões de dólares, levando-os a repensar em alguma estratégia de leve recuo no seu crescimento interno e externo.  
Meio Ambiente
Mais uma vez o Governo não responderá tão prontamente ao princípio da conservação e preservação ambiental. A bancada ruralista continuará com a pressão procurando obter mais áreas para plantios de grandes monoculturas. O desmatamento sofrerá instabilidade, haverá períodos de maior corte de árvores e outros de diminuição das levas de madeiras, todavia, a fiscalização estará em evidência em 2013. IBAMA terá algumas mudanças estruturais, que a primeira vista não serão aceitas com bons olhos, mas que será vital para fiscalizações mais pontuais e com maior chance de autuar os infratores impossibilitando a retomada deles na mesma infração. Talvez alguma nova lei seja colocada em pauta fortalecendo ações fiscais.
Não haverá pelo menos no ano de Os Amantes alguma mudança brusca no Código Florestal. Uma energia será direcionada para formas de blindagem contra as brechas e falhas do novo Código aos Estados da Federação, principalmente na adequação ou criação de Leis que estanquem a vazão do Código que é Federal, e seus Municípios aderindo em sua grande maioria a esse estanque. Essas medidas levarão aos Estados se tornarem mais independentes do Governo Federal, todavia, ainda será quase imperceptível esse movimento que já se iniciou no ano de O Hierofante (2012). Esta “independência” não deve ser levada ao extremo, a fim de não criar rupturas sem sentido, mas sim fortalecer uma gestão interdependente seguindo as três premissas da gestão aquariana: participativa, integrada e descentralizada. 
Novos concursos no meio ambiente serão realizados na esfera federal e estadual, incluindo mesmo vários municípios.
A partir de agora devemos prestar atenção ao todo, e não ver as partes como indivíduos funcionais que se combatem a todo instante, não dando qualquer trégua para o desenvolvimento humano em direção à sua Totalidade & Integralidade. A palavra-chave para o ano de 2013 será holístico. Portanto, estejam atentos.
Que o ano de 2013 possa trazer a união de suas partes e a responsabilidade ao usá-las quando unificadas
Boa viagem no seu Caminho em 2013.
dezembro.12
Contato com o autor:
Cláudio César de Carvalho
www.claudiocarvalho93.wordpress.com

www.facebook.com/Khresterion
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
 
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil