Home page

25 de junho de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


Previsões para o Brasil e o Mundo em 2013
Tarólogos, astrólogos, numerólogos e sensitivos fazem seus prognósticos. Painel com diferentes
técnicas de tiragens e oportunidade para trocas de experiências entre praticantes e estudantes.
@ Permitida a reprodução. Basta manter o nome do Autor e indicar a fonte: site Clube do Tarô
 
Previsões 2013
Abelard Gregorian: Os Três Poderes
   Previsões das ações do Poder Público em 2013
Adriana Carneiro: Em 2013: quem decide?
   O arcano 6 e uma tiragem para conselho
Bete Torii: 2013 no Brasil e no mundo
   Previsão global com o tarô e aplicações numéricas
Ciça Bueno: Previsões astrológicas
   Saturno e Plutão em evidência
Cláudio C. Carvalho: Luz e Sombra em 2013
   Aplicações dos arcanos Amantes e Diabo
Constantino K. Riemma: I Ching
   Conselho para a atitude correta de cada um
Cristina Guedes: A hora e a vez do Cupido
   Uma convocação para o amor em 2013
Déborah Gérbera: Mandala do Ano 2013
   Indicações das cartas mês a mês
Giancarlo K. Schmid: O Louco na regência
   Arcano regente a partir da data da Independência
Helena Gerenstadt: O ano da vibração 6
   Análise numerológica aplicada aos prognósticos
Júlio César: 2013 - um ano de decisões
   Previsões para os esportes, novelas e personalidades
Lúcia Sindoya: Haddad na Prefeitura de SP
   E mais previsões com os búzios para 2013
Luiz Felipe C. Pinheiro: Mês a mês
   Previsões e conselhos para 2013
Luiz Gustavo Pereira: As sete potências
   Perspectivas econômicas para o mundo em 2013
Malu Pereira: Previsões numerológicas
   O número 6 e a carta de Os Enamorados
Michele Serinolli: Oxossi e Saturno
   Correlações entre o número 6 e os orixás
Mirta Camerini: Runas, tarô, borra de café
   Uma interação de oráculos para 2013
Prem Mangla: The Lovers
   O ano dos Enamorados
Rui Sá S. Barros: 2013 - o mundo das águas
   Crônica da Torre de Babel e prognósticos
Vanessa Mazza Furquim: Nova Consciência
   O despertar pelos arcanos 6, 20 e 13
 
 
Os Três Poderes da República
  Abelard Gregorian  
Fiz um sorteio com apenas três cartas para prognóstico do comportamento dos Três Poderes no plano federal no correr de 2013: Executivo, Legislativo e Judiciário. A intenção foi a de obter um retrato sumário de cada instância, tomando cada carta em seu duplo aspecto de luz e sombra.
O Julgamento no Tarô de Wirth
Tarô de Wirth
 
Poder Executivo: 20. O Julgamento
A Presidente Dilma, representante máxima do executivo, deverá manter a postura de busca crescente de coerência com valores ideológicos de sua militância enquanto jovem. Como já indicam alguns sinais no final de 2012 – aceitação dos atos de Judiciário que condenam participantes do seu próprio partido político e de executivos indicados pelo presidente anterior, bem como a adoção de medidas de estímulo educacional – delineia-se um campo em que os valores sociais e éticos poderão ser somados à transparência das intenções.
Uma relativa limpeza da máquina administrativa contará com o apoio de funcionários corretos que servem aos planos sócio-econômico e cultural.
O lado de sombra é estar a Presidencia irremediavelmente presa a inúmeros compromissos políticos com outras autoridades e detentores de poder que
continuam em suas manobras de exploração e corrupção.
Poder Legislativo: 16. A Torre de Babel
Continuarão o Senado e a Câmara de Deputados a manter seus espaços de manobras ocultas, fortaleza de equívocos e desvios de conduta.
A esperança desse arcano é o símbolo da Torre de Babel, que coloca as forças superiores em ação para por um fim às falsas edificações humanas.
Talvez a confusão de línguas na torre mítica indique que os conluios entre os ocupantes da torre entrem em conflito e as ações obscuras acabem se manifestando à luz do dia para que sejam vistas por quem tiver olhos para isso. Os parlamentares honestos poderão ser melhor ouvidos.
O Arcano 15: A Torre  -->
Tarô de Oswald Wirth
 
A Torre no Tarô de Wirth
O Mundo no Tarô de Wirth
Tarô de Wirth
 
Poder Judiciário: 21. O Mundo
O julgamento do "Mensalão" em 2012 marcou um inusitado processo de condenação de autoridades de outros poderes em razão de procedimentos escusos que até podem ser vistos como "de praxe". Essa atitude limpa e transparente do Judiciário, a mulher nua no centro da carta, ressoa com os personagens nus do arcano 19, que saiu para a Presidência.
O novo Presidente do STF deverá manter a mesma clareza de conduta no correr de 2013.
O lado de sombra é que a estrutura do Judiciário implica em limitações para o exercício da Justiça. Em alguns níveis seus membros estão claramente comprometidos com os delinquentes: a libertação de Cachoeira é uma mostra do que também continuará a ocorrer no próximo ano.
dezembro.12
Contato com o autor:
Abelard Gregorian - gregorian.abelard@gmail.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
 
Adriana Carneiro: Em 2013, quem decide?
 
2013 no Brasil e no mundo
  Bete Torii  
Para o calendário mundial (gregoriano), este é o ano 2013 – número que, por redução (2+0+1+3), aponta o arcano 6, O Enamorado.
Os Enamorados
 
O ano da encruzilhada? Sim, eu diria que este promete ser o ano das grandes dúvidas e dilemas, dos debates a respeito do caminho a tomar. O que estamos dispostos a sacrificar ou deixar para trás?
Acredito que todos nós, individualmente e como povos representados por governos e instituições internacionais, seremos chamados a assumir responsabilidade por nossos atos. A maturidade será muito necessária e se defenderá/atacará o famoso “livre arbítrio” de pessoas e países. Mas todos terão que responder por suas escolhas, tenham elas sido feitas de modo maduro e livre, ou não.
O lado positivo que devemos ter em mente, nas decisões individuais, é que com um pouco de atenção e seriedade poderemos ouvir nosso coração ou intuição, para escolher de forma a não termos arrependimento, mesmo que
a decisão tenha seu preço.
Para o Brasil, “nascido” no ano 1500 do calendário mundial, este será o ano 513 – ligado ao arcano O Eremita (5+1+3= 9).
Uma grande mudança, em relação à carta O Carro, de 2011!
O país começa a andar mais devagar e prudentemente, e talvez tenha que restringir gastos e dispensar grandes festejos.
Por outro lado, teremos um direcionamento muito mais maduro e informado, além de mais autosuficiência. O Brasil já é visto como exemplo em algumas áreas, há alguns anos; agora talvez seja buscado até como conselheiro.
Se compararmos os “climas” de Brasil e mundo, parece que, mesmo que estejamos materialmente em período de sobriedade, estaremos mais seguros e confiantes do que o mundo em geral, e por isso nos manteremos
 
O Eremita
em movimento – enquanto o mundo pode estar parado, em crise de maturidade.
... E ambas as cartas se somam dando o arcano Diabo (6 + 9 = 15).
Enamorados + Eremita = O Diabo
É curioso, isso: a carta O Diabo se assemelha pictoricamente à carta O Enamorado, e numericamente se reduz a ela (1 + 5 = 6). É como se o Brasil ficasse de fora (noves fora) da história, mas influenciasse de alguma maneira na transformação do mundo que se encontra em dilema num mundo ativo, poderoso, materialista, ganancioso.
Contato com a autora:
Bete Torii - btorii@uol.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do TarôAutores
 
 
Ciça Bueno: Previsões astrológicas
Cláudio C. Carvalho: Luz e Sombra em 2013
 
A atitude correta aconselhada pelo I Ching
  Constantino K. Riemma  
O que está ao nosso alcance diante de tantas injustiças, corrupção, crimes contra a vida? Qual é a melhor conduta para as pessoas corretas que não conseguem ser indiferentes ao que se passa à sua volta?
Consultei o I Ching para obter um conselho que cada um de nós possa praticar por si mesmo. O resultado foi o hexagrama 12 - Obstrução ou Estagnação, com linhas móveis na terceira e na sexta posição, o que resultou como hexagrama final o 31 - A Influência.
12: Obstrução (Estagnação)
  Obstrução causada por pessoas mal intencionadas
não favorece a persistência correta do homem nobre. 
O grande parte, o pequeno se aproxima.
O cenário descrito pelo oráculo deixa claro que homens corretos nada podem fazer para corrigir diretamente o quadro coletivo gerado pelos mal intencionadas. E nesse caso, o conselho é muito claro: O homem nobre se recolhe em seu próprio íntimo para escapar às más influências e sair das dificuldades. Ele resiste às tentações de glória e riquezas. Ou seja, as forças de transformação não são as de passeatas ou discursos públicos.
Os textos referentes às linha móveis sugerem que muitos se arrependerão e que, a partir do esforço consciente, há esperanças de chegarmos ao fim da estagnação. Para ver o texto completo, clique: 12 - Obstrução
31: Atração (Influência)
  Atração. Sucesso!
A persistência correta traz recompensas.
Tomar uma esposa resultará em boa sorte.
O hexagrama final, neste sorteio, indica que o caminho eficaz é o de buscar parcerias com aqueles que estão no mesmo diapasão de consciência e de ética. Entre companheiros e amigos poderemos prestar serviços educacionais e de ajuda para um novo horizonte.
E o conselho é explícito: O homem nobre, por meio do acolhimento, lida com os outros desapegado de egoísmo. Para ver o texto completo, clique: 31 - Atração.
dezembro.11
Contato com o autor:
Constantino K. Riemma - contato-ct@clubedotaro.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
 
Cristina Guedes: A hora e a vez do Cupido
Déborah Gérbera: Mandala do Ano 2013
Giancarlo K. Schmid: O Louco na regência
Helena Gerenstadt: O ano da vibração 6
Júlio César: 2013 - um ano de decisões
Lúcia Sindoya: Haddad na Prefeitura de SP
Luiz Felipe C. Pinheiro: Mês a mês
Luiz Gustavo Pereira: As sete potências
 
Previsões numerológicas para 2013
  Malu Pereira  
Esse ano será marcado pela calma e tranqüilidade. Um período pacato. Poderá não ser tão pacato para aquelas pessoas que trazem problemas familiares na sua vida ou em seu Mapa.
Nesse ano, tudo o que estiver pendente, ou seja, para ser resolvido em relação a família, ou a afetividade, exigirá solução. As energias circulam em torno da estrutura familiar, da sentimental e na sua intimidade.
Os Enamorados, a carta do Tarô que corresponde ao número 6, não significa apenas paixão e desejo, é também a imagem indiscutível que somos todos distintos e únicos numa relação, e que para que exista uma sintonia entre parceiros, é necessário existir uma indulgência comum para aceitar os valores do próximo. É a carta do Amor.
Poderá ser comum nesse ano os desentendimentos entre familiares ou entre parceiros afetivos. Mas, os desentendimentos são oportunidades que temos de equilibrar nossos relacionamentos familiares ou afetivos. Por isso, esteja atento, assim que surgirem os primeiros sintomas de desentendimentos, saiba que deverá despender mais tempo e atenção, dedicando-se a solucioná-los. Tenha vontade de resolve-los nesse ano. Pois, se assim não acontecer, eles te acompanharão por longos nove anos e retornarão após esse período muito mais enraizados. Dedique-se a família se assim for pedido pela vida.
 
Os Namorados no tarô de Waite
Será um período marcado pela facilidade e possibilidade nos relacionamentos afetivos, para aqueles que não trazem problemas com esses aspectos. Fique atento para não se acomodar nesse ano. Será comum nesse período não sentirmos vontade de dar prosseguimento aos nossos planos e isso proporcionará acomodamento. Os fatos passam, as pessoas passam e as oportunidades não retornam. Faça com calma e tranqüilidade, mas não se acomode.
Período de certa harmonia financeira.
novembro.12
Contato com o autora:
Malu Pereira é taróloga e numeróloga, atende com tarô
Contatos: www.infinitoesoterico.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
 
Michele Serinolli: Oxossi e Saturno
Mirta Camerini: Runas, tarô, borra de café
 
O Ano dos Enamorados - The Lovers - Arcano 6
  Prem Mangla  
No novo ano que se iniciará em alguns dias, vivenciaremos o Arcano 6, observando os números de 2013, no arcano 2 nos leva a introspecção, o arcano 0 nos fala das surpresas da vida e no arquétipo do Mago nos diz que somos indivíduos com caracteristicas proprias e que somos únicos no meio de milhões de pessoas, o arcano 3 nos fala que somos criadores e criaturas de nossas próprias histórias. E na soma de 2013 encontramos a carta 6, Os Enamorados, os Amantes e nele nos vemos diante de tomadas de decisões e somos chamados a ouvir nossos sentimentos, porque é onde estão as nossas tão buscadas respostas.
Quando tudo esta bem, nossas escolhas de vida acontecem naturalmente, masquando há duvidas, basta colocar um headfone e plugar no coração, para escutar o seu verdadeiro querer, desta maneira, respeitamos a nós mesmos e praticamos o nosso livre arbítrio, pois se amar faz bem a saúde e traz pessoas e situações amorosas para nossa rotina, exercitando o
The Lovers no Osho Tarot
The Lovers no Osho Tarot
 
amor incondicional com nossas amizades e também na relações com companheiros(as), namorados(as), maridos e esposas ou o nome que quiserem dar as relações de amor entre duas pessoas que se propõem a compartilhar suas vidas uns ou umas com as outras ou outros em nome do amor.
O Amor é o grande prêmio, as artes são em toda sua variedade de expressão, inspiradas por ele, músicos criam trilhas sonorizando o mais lindo sentimento, pintores criam formas e cores para que o amor seja expressado e visualizado e os poetas passam a vida entre papéis e canetas elaborando poemas e poesias para encontrar sua melhor definição. Só os que viveram ou vivem um amor real e literal, sabem o que ele faz na alma da gente. Um casal apaixonado exala o perfume do amor mais puro e causa muita confusão também, porque quem não tem um amor, quer vive-lo, mesmo que seja o amor que não é seu, as ilusões e as fantasias se manifestam, mas no final, o amor sempre vence.
Estar apaixonado é estar bêbado da mais pura emoção, o coração borbulha como uma inebriante champanhe e enlouquece a principio, com o tempo embeleza o seu mundo e conseqüentemente o mundo a sua volta, que já é tão cheio de conflitos e espalhá-lo é transformador para ambos. Viver um grande amor é presente dos céus para os que estão prontos. Se alguns ainda não viveram esse amor, não desistam, alterem suas escolhas, escutem seus corações ao invés de suas mentes. O coração é seu professor e tudo funciona sincronicamente, da escolha de um vestido, a uma mudança de casa, é ali que estão as respostas, o amor próprio conhece seus sentimentos e emoções e sabe como te deixar feliz e quando tudo flui, lá do fundo da alma vem a expressão: Eu sabia que ia dar certo!
Que neste novo ano possamos sentir, expressar e viver o amor em todas as suas formas.
Feliz 2013!
dezembro.12
Contato com a autora:
Prem Mangla - atende e ministra cursos de taro em
todo o Brasil e no Osho Resort Internacional de meditação.
www.premmangla.blogspot.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
 
 
Rui Sá S. Barros: 2013 - o mundo das águas
 
 
2013: O despertar de uma nova consciência
  Vanessa Mazza Furquim  
Muito tem se falado, dentre as previsões tarológicas, sobre a carta dos Enamorados (Arcano 6), posto que o ano de 2013 pode ser fragmentado, gerando esta soma: 2+0+1+3 = 6. E o que querem dizer com isso? Que estamos para adentrar um ano de escolhas, exercendo de forma significativa nosso livre-arbítrio. Porém, podemos complementar este raciocínio: 2013 também pode ser a associado aos arcanos Julgamento (20) e Morte (13). Como estas cartas indicam, em parte, renascimento, é interessante lembrar que o calendário maia, amplamente divulgado nos últimos tempos, anunciava o começo de um ciclo dourado para a Humanidade, justamente em 2013.
Os Namorados no Tarô de Marselha-Fournier     O Julgamento no Tarô de Marselha-Fournier     A Morte no Tarô de Marselha-Fournier
6. Os Enamorados, 20. O Julgamento e 13. A Morte
Ilustrações do Tarô de Marselha-Fournier
Porém, nem tudo pode ser escolhido assim, tão facilmente, quanto o ar faceiro dos Enamorados pode indicar. O Julgamento e a Morte possuem um caráter sério, austero, clamando por justiça e também exigindo que sejamos responsáveis por nossas ações. De forma figurativa, se colocarmos as duas cartas lado a lado, poderemos sentir a força do apocalipse previsto, quando o joio seria separado do trigo, ou seja, quando deixaríamos morrer o velho, aquilo que não nos serve mais, despertando nossas consciências, elevando nossas almas e conectando-nos novamente ao divino.
Por tudo isso, mais do que apenas optar por vários caminhos disponíveis, o próximo ano está pedindo que sejamos mais alertas do que nunca ao que pensamos, fazemos e sentimos. Afinal, se por um lado o Julgamento anuncia uma espécie de revelação, uma clareza de pensamento, a vitória da Verdade, a Morte geralmente nos separa do passado, dos nossos hábitos enraizados e igualmente de um estilo de vida que não combina mais com os novos tempos. Em outras palavras, só poderemos evoluir de fato se tivermos a coragem de abandonar o passado, tal como na frase da Seicho-no-ie que diz: "queime a ponte que acabou de atravessar".
Portanto, a grande escolha que devemos fazer é interna, nos perguntando se estamos preparados para mudar, para nos desapegarmos de conceitos, crenças e atitudes aos quais nos identificamos fortemente ao longo de décadas. Neste sentido, é bem possível que tenhamos que nos deparar com novas formas de nos relacionarmos socialmente, com hábitos alimentares alternativos, com esquemas de trabalho e educação não tão óbvios e ainda com tipos diferentes de espiritualidade e de bem-estar e saúde físicos.
Assim, sem uma reinvenção do nosso ser, tanto faz nossas escolhas em 2013, já que todas elas nos levarão para o mesmo ponto (resultado), pois o que determina o desfecho é nossa energia, nosso padrão mental, nossas crenças e não se optamos pelo caminho A ou B. É só alterando a causa (nós mesmos), que os efeitos serão diferentes do que que estamos acostumados a receber da Vida.
Em suma, por que viver mais do mesmo se você pode renascer verdadeiramente? Esta sim é a escolha da qual os Enamorados estavam falando.
dezembro.12
Contato com a autora:
Vanessa Mazza, consultora de tarot
e estudiosa do I Ching, Feng Shui e Numerologia
www.vanessamazza.com.br

Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
 
 
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil