Home page

15 de junho de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


O progresso de 2014 está na direção do carro,
mas é preciso treinar a habilidade da condução!
Cristina Guedes
 
O destino de alguém não é nunca um lugar, mas uma simples e nova forma de movimento. O querer olhar as coisas e as oportunidades traçadas no tempo. Por isso a palavra Carro tem muito sentido simbólico dentro do Tarô. Afinal o Tarô não nasce das regras, a não ser em parte mínima e insignificante; mas as regras derivam das combinações das Cartas; e, no entanto, são tantos os símbolos desse mundo, os gêneros e as espécies de verdadeiras regras a nos mostrar caminhos, quanto são os gêneros e as espécies de verdadeiros homens e mulheres a nos guiar mais e mais nas mensagens.
Mas vamos nos atualizar com 2014 e entender que minha primeira associação é dizer que este arcano VII nos traz aceleração, autodescobrimento, comando, movimento, progresso e determinação. Nos Tarôs clássicos e modernos, um Arcano em meio a esta desenvoltura e diligência chama-se O Carro - arcano VII. Agora em 2014 que é o desdobramento (2 + 0 + 1 + 4 = 7) dirigimos nossa jornada de conexão com O Carro, porque ele nos avisa que há um progresso vindouro, que há processos em andamento, que há caminhos novos e muita direção. Se o nosso caráter impõe respeito na força de liderar, a instrução criará nova autoconfiança para esse novo ano, contanto que não estejamos contaminados por um ofensivo pedantismo no dirigir as ações desse mundo de valores e regras.
O Carro
Ilustração incluída pela Autora do texto
Sinta-se o comandante da sua alma e de seu destino em 2014, escute seu interior, volte-se para o equilíbrio e a serenidade em todos os aspectos. Esta dica pode dar um novo significado à sua vida, já que você adquirirá um jeito novo de apreciar e confiar mais em seus valores emocionais. Se as inquietudes estão centradas para mudanças no interior de suas relações, o sentido prático do Arcano VII será muito eficiente quanto ao novo convívio tanto sentimental quanto social. Cuidem muito mais de sua saúde, se conectem com as práticas desportivas e até as espirituais. Não permita que os conflitos internos, sejam familiares, amorosos ou profissionais interrompam seu fluxo, porque manter melhores laços humanos com as pessoas de sua convivência trará melhor integração e satisfação. Procure um lugar tranquilo e calmo para passar seus dias, que tudo isso ajudará a desabastecer melhor seu corpo, sua mente e sua alma. Acalme sua ansiedade quando o Carro estiver veloz demais.
Quanto mais cilindradas mais moderados devemos ser
Este é um Arcano que simboliza a ação de saber liderar e domar a escolha que se toma após uma decisão bem pensada. Aquilo que foi resolvido em 2013 está a ser executado com combinadas direções para 2014. É a realização bem desenvolvida e bem dirigida na vida do consulente. O simbolismo dos cavalos é muito claro: símbolos da força adestrada pelo cocheiro que avança rápido numa carruagem de força, rapidez, energia e profunda liderança. O cocheiro ou augira, como também é conhecido, só precisa domar e direcionar um e outro cavalo, porque esses dois animais são muito velozes e fortes. Seria realmente de se esperar que o cocheiro lhes segure as rédeas com toda força? Pensemos...
Certamente nosso Arcano sete é bastante ligeiro e toma um rumo firme quando se propõe iniciar a grande viagem, pois está determinado a cumprir mais etapas evolutivas. Numa outra vertente de leitura para o ano de 2014, posso dizer que esta carta também mostra que se por acaso falte autocontrole ou espírito competitivo dentro de nós, saberemos que teremos de nos esforçar para o adquirir, pois será de extrema importância para o sucesso nos nossos intuitos. É uma carta representativa e expressiva porque avisa para você tomar controle da sua vida e não impedir seu progresso. Aí será preciso focar-se naquilo que realmente lhe interessa de uma forma destemida, ou seja, corajosa e ousada. Caso esta carta apareça como seu obstáculo em 2014, sugiro ao consulente se libertar urgente de influências externas impeditivas dos seus objetivos, estas influências poderão estar a ser demasiado controladoras e autoritárias e você terá que contornar isso durante todo o ano sete, ouvindo, medindo, embarcando, mas sempre avançando. Isso dependerá muito da sua decisão!
Aliar o autocontrole com a autonomia
Júbilo e vitória: considero O Carro uma das cartas mais eficazes do Tarô, porque promete realização e sucesso se tivermos bem claros os nossos sentidos e objetivos. Nesta carta somos ao mesmo tempo conquistadores e desbravadores ao usarmos da luz intelectual para o nosso equilíbrio do bem e do poder para que tudo seja feito em nome da nossa inteligência e sabedoria.
Para alguns O Carro nos lembra a agilidade do deus Osíris, para outros o que conduziu o profeta Elias aos céus. O Carro significa o ser humano equilibrado e, portanto, bem sucedido, que foi capaz de decidir corretamente, e bem na hora certa, soube frear e tomar os cuidados necessários pra continuar na rota.
Já no plano físico, representa a submissão dos elementos da natureza e da matéria ao talento e a inteligência do Homem, portanto, para o consulente, a influência do Carro é bastante positiva. Assim como o carro dos nossos dias em sua trajetória tem de correr para levar alguém para algum lugar, nosso Carro do Tarô também é bem dirigido e determinante na viagem, pois esta é uma mensagem indiscutível de que queremos realmente prosseguir sem pestanejar. Assim está escrito que o consulente está fadado a vitória final dos seus empreendi-mentos, desejos e aspirações. Indica também um ano possível para o conhecimento de lugares diferentes, viagens e novidades.
Do jeito que vão as coisas, o Carro está, sem dúvidas, correndo para uma liderança e rumo de vida, por isso recomendo ao consulente ainda planejar o seu itinerário e ficar de olhos bem atentos para equilibrar as tendências da estrada. Agora é a vez de conquistar equilíbrio.
 
O CArro no Old Path Tarot
Mestria - Carro no Old Path Tarot
Manter a harmonia é muito significante nesta carta, já que a escolha quando não é harmonizada não vale a pena ser vivida. Aconselho o uso da percepção direcionada. Deve-se prestar mais atenção nas coisas e pessoas que estão à sua volta, pois tudo se deslanchará de um modo muito ligeiro. A autoconsciência o ajuda a ter sucesso desse modo, penas se você assim agir, equilibrando-se nesse veículo de poder.
O significado de motivar a carruagem
O Carro representa um ego maduro, forte, assertivo, seguro de si, em controlo das suas emoções e do meio que o rodeia. O Carro indica ainda uma união de opostos por causa da simbologia dos cavalos. Por instinto, eles correm em diferentes direções, mas devem e podem ser comandados de modo a correrem juntos na mesma direção. O controle deve ser exercido sempre que há oposição de emoções, de vontades, de necessidades, de pessoas, de circunstâncias; dando-lhes uma só direção, a nossa direção do desenrolar pela inteligência. Para tal, é essencial ter confiança e motivação.
O Carro no Tarô de Ulani
O Carro no tarô de Ulani
www.ulani.de/tarotkarten
 
O Princípio da Mudança, Movimento, Combinação de mobilidade e atividade é a força geradora desse Arcano Sete para 2014.  O Gerador, Motivador e Viajante auriga representa uma necessidade de combinar quietude com atividade. Ter controle, portanto, ter a motivação para perseguir o determinado desejo. É a nova força dissolvendo formas antigas. Uma época de transparência que vem, de ir além do passado, começar com nova energia, e assumir a responsabilidade por sua condição atual. Estar totalmente sintonizado com um processo ou evento em movimentos rápidos. Esse é o arcano da Consciência, das tolerâncias e das alimentações da situação, o saber instintivo de como agir e reagir para dirigir ou afetar o movimento que surge de dentro para fora.
Aconselho não se afastar das boas lições porque elas não podem ser controladas de longe. No Carro você se torna parte disso e, portanto, capaz de dirigir seu rumo. É o princípio do domínio por meio da mudança. Autodomí­nio, energia controlada e dirigida e, portanto, vitória. Herói. Guerreiro. Auriga. Por uma causa muito nobre. Porque quando seguimos corajosamente o coração, o medo que nos acorrenta através de dúvidas não mais nos alcançará. E ainda se praticarmos uma ginástica perseverante e gradual, as forças e agilidades do nosso Carro interior se desenvolvem ou se criam numa proporção que espanta. O mesmo se dá com os poderes da alma. Posto que queremos reinar sobre nós mesmos, temos de aprender a dirigir nossas emoções com vivacidade e alegria. 
Sabemos que na maior parte do tempo estamos tão apressados e refugiados na nossa rotina de velocidade e tempo que sequer nos damos conta de como a nossa visão interna é limitada das coisas que estão á nossa volta. Vejam a palavra fracasso, que não é muito compreendida em nosso mundo de sucessos frágeis, pois todos almejam terem êxitos fulminantes e escaladas fantásticas, sejam financeiras, profissionais ou relacionais. Todavia, quando ameaçados nunca queremos ser chamados os perdedores, mesmo envoltos nesse capitalismo parasitário em que todos se consomem. Nesse caso, se pudéssemos tirar a velocidade e domar o tempo de nossa vida e examiná-la sob ângulos diferentes, teríamos uma percepção diferente de nós mesmos e em nossos momentos de "fracassos" teríamos uma outra facilidade de compreensão. Todavia, aspectos que podem nos fazer parar esse Carro podem nos fazer analisar quando são vistos sob um outro ângulo. Nesse caso, às vezes, é bom não parar se a vida não parece ajustar-se, porque a maneira como as encaramos é demasiado rigorosa sobre nós! Sensível e brilhante, o arcano VII vai nos ajudar a encarar esse alerta revigorante! 
A potência do seu carro interior só é dominada pela compreensão
Vemos um bom exemplo disso no arcano O Carro porque convivemos com tempos rápidos e de eixos diferentes. E se pensarmos em atingir nossas metas com respeito ao tempo divino seremos nossos maiores amigos. Porque dentro e fora da caixa social, ainda podemos tentar o equilíbrio, que é satisfazer sem oprimir. Semelhante ao benéfico Júpiter que na Astrologia rege 2014, "O Carro" também trabalha a expansão dos horizontes, a conquista de novas perspectivas de vida, a ampliação do seu raio de ação. Claro que para quem segurar firmemente nas rédeas da vida e saber conduzir com sabedoria, o percurso poderá ser concluído com segurança, sem demasiados transtornos e contratempos.
Assim, já que teremos um auriga animador numa parte diferente das nossas rodas de carruagens fracassadas, embora todos gostem de nosso jeito de dirigir nossos sucessos, podem alguns não gostar de um de nossos aspectos particulares de comando. Mas isso não nos impedirá de seguir adiante na jornada. Amigos diferentes conhecem histórias distintas de nós e todas as histórias são peças diferentes que se combinam para compor um mosaico de presenças únicas e animadoras.
Todas as histórias contribuem para formar a história única do nosso carro particular. Isso é como a prece mística que nos leva a intimidade mais profunda com o Divino. A nossa alma é como a roda desse Carro, pois ela recebe o beijo de Deus de diversas maneiras, tempos e velocidades! Esses são os Ecos Eternos do nosso Carro interior e viajante de jornadas! Afinal, estamos todos em infinitas viagens bastante particulares. 
Assim desejo que você tenha o senso de uma feliz direção em 2014, um plano bem examinado para os capítulos seguintes da sua viagem. Vença o seu Destino. Faça do seu ano uma aventura estimulante. Saiba que cabe a você decidir equilibrar a tortuosa fantasia de êxitos. E eu também, pensando bem... cabe a mim compreender a fúria da vida, dispensando e descartando o que não me acrescenta na plenitude de meu tempo. 
 
O Carro no Tarô de Marselha
O Carro no tarô de Marselha
Eu também desejo essa vitória da sua autodisciplina que envolve trazer conteúdos inconscientes à consciência para o propósito de sua realização mais plena. Porém não se esqueçam de olhar as rodas do Céu. Voltem seus olhares a outros lugares desse Carro que não sejam suas preocupações diárias ou infantis sobre os estojos de vidro da mídia impostora, alguns instantes o tempo volta um pouco e nos tirará dessa individualidade ardentemente ilusória. Saibam que sozinhos não somos ninguém. Precisamos de sociabilidades, relações e vínculos mais sinceros. O mal estrar da pós-modernidade fez homens e mulheres acampados na indiferença. Mudem esse quadro, amigos. Almejem as afinidades lúcidas e realistas.
Olhem o céu, a noite girante, as estrelas cadentes. Olhem as oportunidades que passeiam em volta de vocês. Elas podem não voltar mais, amigos e amigas. Olhem o Rei domando seus Cavalos. Olhem as cores do Carro, porque olhando-as vocês superam o que olham e começarão a comungar com o Cosmo, também, olhem os elementos da natureza em volta de vocês. Isso reforçará suas possibilidades de dirigir-se, pelo Amor, até as grandes fendas do coração! Porque nem no Amor e nem na Morte se pode penetrar duas vezes, menos ainda que nas rodas do nosso auriga Arcano VII.
O progresso de 2014 está na direção do carro, mas é preciso treinar a habilidade da condução! 
Abraços sinceros e que o poder da vitória concentrada lhes alcancem sempre dentro deste Carro particular.
O carro
 
Esteja ou não consciente,
o fato de estar sozinho nos mostra
que cada viagem dá uma volta
para esse carro aventurar.
Aprendemos,
é apenas uma oportunidade de orientar,
talvez investigar o que acaba,
tronos, moveis, efeitos, rodas,
defronte do rei
iremos embarcar.
Basta-nos pegar o número sete,
dá uma inclinada de leve
para o equilíbrio chegar.
 
Carro de Apolo no Tarot de Robert Place
 
      Tarô de Robert Place  
De volta para casa (dirigindo)
O Carro em 2014
Poemas de
Cristina Guedes para a Exposição
A Casa do Mundo no Reino dos Arcanos
Museu São Francisco
João Pessoa - PB
 
Leva-me para a casa do mundo, meu comandante,
eu não sei voltar
logo no corcel não poderei ficar.
Leva-me para a casa do mundo, meu comandante,
eu não sei explorar
encruzilhada ou destino não quero enfrentar.
Meu comandante,
oh meu rei brilhante
de carro de fogo secular.
Meu comandante,
seus cavalos transfixados
não podem parar.
Continue!
Sem missões obrigatórias,
sem conflitos de oratória,
E daqui em diante
toda natureza do instante
é nosso passeio particular.
Contato com a autora:
Cristina Guedes é jornalista, poeta e consultora em Tarô
www.facebook.com/cristinasguedes
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Edição: CKR – dezembro.2013
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil