Home page

17 de fevereiro de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


Previsões e tendências para o Brasil – 2014
Marcelo Fonseca Martuchele
 
Pelo visto, teremos um ano difícil, com O Pendurado e o Três de Espadas como energias principais em nosso país. Portanto, um ano em que o país terá mais restrições e deverá abrir mão de projetos por se ver impossibilitado de agir em alguns setores, principalmente na política. Esta, por sua vez, vem assinalada com os arcanos A Torre e Oito de Copas, que nada têm de auspiciosos. Dessa forma, infelizmente, haverá dificuldades e mudanças forçadas nada agradáveis. A política nacional, nesse ano eleitoral, tomará um novo rumo: ou vai mudar o Governo, ou vamos continuar com o atual, mas com sérias dificuldades e restrições, talvez por conta de pouca representatividade no congresso. Isso também por conta dos arcanos O Carro e a Rainha de Espadas, na casa dos obstáculos ou carma: dificuldade em conduzir.
Tiragem de Marcelo para 2014
Foto do Autor
Quanto à economia e ao mercado de trabalho, os arcanos O Mundo e o Ás de Espadas nos asseguram uma nova fase, que trará algumas melhorias. Como em 2012, por exemplo, em que o governo da presidente Dilma começou a reduzir, gradativamente, a taxa básica de juros SELIC e a controlar a taxa de câmbio desde abril, deixando de beneficiar somente as importações e os interesses externos. Acredito que em 2014 também haverá uma ampliação gradativa da economia e novas demandas no mercado de trabalho.
Em sua relação com o exterior, o Brasil saiu de O Diabo e Cavaleiro de Ouros. Esse par vaticina poder e continuidade de ações. Somando-se O Imperador (IV) e O Diabo (XV), temos como arcano oculto O Sol (XIX), indicando que a Copa do Mundo, além de nos conferir mais visibilidade internacional (obviamente), também poderá ter um papel importante nas nossas relações com o exterior, tanto do lado positivo quanto do negativo. As relações clandestinas tendem a ser reforçadas também: turismo sexual, tráficos etc.
Quanto à Saúde, sobretudo a pública, O Louco e o Dois de Ouros indicam que muita coisa ainda precisa ser feita. A negligência e o caos ainda prevalecerão nesse setor, de forma geral. Haverá tendência a um aumento de casos de problemas relacionados aos pés ou ao aparelho locomotor nos hospitais e postos de saúde, pois essas áreas são regidas pelo arcano O Louco.  O arcano menor dois de ouros indica obstáculos contornáveis e necessidade de se ter jogo de cintura, mas O Louco fala de desorientação. No primeiro, considerando o Rider-Waite Tarot, podemos ver, em segundo plano, o mar com duas embarcações. Isso sugere os estrangeiros que aqui estarão na ocasião da copa; e, possivelmente, alguns deles se depararão com a falta de estrutura na área da saúde, inclusive no setor privado.
Em relação à Educação, sobretudo a pública, O Mago + Sete de Paus indica novidades, ainda que incipientes. Um ano de lutas, como mostra o sete de paus. Os sindicatos de professores tenderão a buscar recursos para se fortalecer. Pelo visto, temos um caminho ainda muitíssimo longo de lutas e reivindicações, que se bem conduzidas, poderão trazer benefícios a médio-longo prazo.
Apesar dos problemas que assolam nossa pátria, algumas pessoas estão mais preocupadas em ver a vitória do Brasil em casa, nessa Copa do Mundo. Para nossa Copa, deram o ar da graça os arcanos O Imperador e o Rei de espadas, indicando que a vitória é possível, sim. A seleção terá que ser firme, autoconfiante e, também, estrategista. Não deverá deixar-se levar pela emoção de estar jogando “em casa”, nem subestimar os adversários. Esse par indica que a vitória é possível, mas apenas se houver empenho real e estratégia, planejamento, treino adequado. Essas são palavras-chave.
Para finalizar, falaremos d’O Hierofante, acompanhado do Oito de Paus. Eles apareceram na casa 9 do jogo, relacionada ao meio-ambiente e aos fenômenos naturais. O Hierofante assegura que, no geral, haverá mais equilíbrio ambiental se houver correção e atitudes prudentes por parte do Governo, das instituições, das famílias e dos indivíduos. Esse é um arcano positivo para quem “anda na linha”. Seu surgimento soa como um alerta! Como sabemos que uma mudança nacional e imediata assim é praticamente impossível, o Oito de Paus veio falar de alguns desastres naturais, possivelmente relacionados ao fogo ou ao calor, e também tempestades, com raios. Isso não é novidade, pois todos os anos desastres assim ocorrem e quase nada é feito para sanar essa situação desde a raiz do problema. No entanto, O Papa indica que embora possa haver alguns desastres dessa natureza, muitas pessoas receberão proteção e terão suas vidas poupadas. Façamos a nossa parte, ao menos!
Contato com o autor:
Marcelo F. Martuchele - mfmartuch@yahoo.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Edição: CKR – dezembro.2013
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil