Home page

12 de dezembro de 2018

Responsável: Constantino K. Riemma


Tarô, simbologia e ocultismo
Estudos completos do Tarô - por Nei Naiff
Trata-se de uma obra inusitada no panorama editorial brasileiro voltado ao tarô, primeiro, por se tratar de um compêndio sobre a história simbologia das cartas e, segundo, pelo fato de seu autor ser um profissional brasileiro.
Tarô, simbologia e ocultismo
 
Na verdade, Nei Naiff é reconhecido pelo seu trabalho de difusão qualitativa do tarô e obteve, ao longo de muitos anos de trabalho, espaço para elaborar e apresentar textos que exigem pesquisa e paciência.
"Tarô, simbologia e ocultismo" tem tudo para ser bem recebido, tanto pelo cuidado com os detalhes, quanto pela variedade de tópicos. Soma-se a isso o fato de o Autor manter coerência em suas posições frente ao multifacetado universo das cartas.
Nei foi sempre muito claro em suas exposições sobre os fundamentos reais e históricos das cartas, desempenhando no cenário brasileiro ligado ao tarô um papel didático, que ajudou a demarcar o que é o simbolismo e o que são as fantasias de todo gênero que cercam o baralho.
Com 418 páginas, o livro apresenta seu conteúdo organizado em cinco capítulos, subdivididos em tópicos e ítens.
 
Este e outros livros de Nei Naiff podem ser adquiridos na loja virtual
especializada em tarô e parceira do Clube do Tarô: www.simbolika.com.br
No Capítulo 1 - Introdução à simbologia, são discutidos termos e conceitos que encontramos com frequencia associados aos estudos de cunho simbólico e esotérico.
No Capítulo 2 - Estrutura do tarô são apresentados os fundamentos e significados que podem ser considerados comuns às diferentes versões do jogos criados no correr do tempo. Descreve e discute os dois grupos de arcanos: principais e auxiliares.
Em Diagrama da Vida, no capítulo 3, são descritos vários arranjos das cartas, que estimulam o exame simbólico do conjunto. Estruturas binária, setenária, quaternária e decenária. E o Autor, exercita também sua proposta pessoal, o que poderá estimular os estudantes e praticantes a buscarem suas próprias formulações.
O propósito de desembaralhar a confusão de linguagens simbólicas, frequente na literatura sobre as cartas, é tratado no Capítulo 4 - Ordem no caos simbólico. Nei examina de modo crítico as relações comumente estabelecidas entre o Tarô e a Astrologia, Numeralogia, Mitologia e Cabala.
 
Nei Naiff
Nei Naiff no lançamento do livro
Finalmente, no Capítulo 5 - Gênese do tarô, refaz o percurso dos dados históricos referentes às cartas, ponderando a cada passo os fatos e as hipóteses apresentadas por diferentes autores.
Em certos contextos, esse tipo de conteúdo poderia se mostrar frio e distante. No entanto, escrito na primeira pessoa, o texto de Nei Naiff sustenta um estilo de narrativa em que reafirma sua linha linha de pensamento e ganha o tom coloquial e de proximidade ao leitor.
maio.12
 
Contato com o Autor:
Nei Naiff, tarólogo, professor de tarô e escritor
Visite seu site: www.neinaiff.com
 
Resenha de:
Constantino K. Riemma - contato-ct@clubedotaro.com.br
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2018 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil