Home page

05 de agosto de 2020

Responsável: Constantino K. Riemma


Quando a lentidão mata
Rui Sá Silva Barros
A Lua Nova em Touro está muito tensa e isto merece um comentário. Veja no mapa abaixo: Ascendente em Capricórnio sobre Plutão reafirma o impacto da tríplice conjunção (Plutão, Júpiter e Saturno). Sol e Lua próximos a Urano e em quadratura a Saturno: aceleração da irresponsabilidade.
Além disso, Vênus dispositora da lunação (regente de Touro e do Meio Céu em Libra) está em quadratura a Netuno: valores ilusórios e confusos. Mercúrio na entrada da casa 4 (Fundamentos) faz uma quadratura a Plutão: comunicação distorcida por interesses. Ou seja, tensões não faltam...
Quando a lentidão mata - Lua nova em Touro - abril-2020 - rui Sá Silva Barros
Glifos dos signos e astros
Mapa astrológico da Lua Nova em Touro - 22 de abril de 2020 - Brasília
A lentidão é essencial no amor, no trabalho artesanal, na fruição da arte e na pesquisa científica, mas nas políticas públicas pode ser letal. Na última crônica da Torre de BabelPandemia e Coragem – mencionei a exasperante lentidão da burocracia estatal brasileira, e agora  está tudo aí. Exceto a queda do varejo não há um número ou índice confiável. Só temos certeza que faltam médicos e enfermeiras, leitos, máscaras, luvas, aventais, testes  e respiradores. Milhares de testes e máscaras foram roubados! Fábricas querem elevar preços de máscaras já contratadas pela prefeitura de SP.  E muitas bandalheiras não noticiadas. O estado da saúde no Brasil eu apresentei em outubro passado na crônica Luz no porão.
Quando olhamos a economia vemos o mesmo panorama. Os 600 reais aos informais são pagos a passo de tartaruga e provocam aglomerações, os trabalhadores formais foram brindados com um projeto de lei que reduz salários enquanto os funcionários públicos estão isentos de qualquer contribuição ao combate da pandemia. O mais recente relatório do Sebrae mostra que micros, pequenas e médias empresas têm enormes dificuldades para conseguir crédito e isto projeta um desemprego pavoroso. Dinheiro garantido mesmo só para bancos e grandes empresas que estão fazendo uma publicidade escandalosa do apoio que têm dado ao combate do Covid, um cinismo inacreditável.
O ex-ministro da Saúde previu em março que o sistema hospitalar entraria em colapso no final de abril, como vemos o mapa da lunação endossa a declaração. Tempo para tomar providências não faltou, mas a burocracia esbarra numa multidão de normas e portarias, em cadastros incompletos, na superposição de instituições para gerir um problema etc.. Faltam materiais e as importações estão difíceis? O governo pode intervir para a fabricação doméstica, mas nem isto é feito. Se ainda não houve problema com a alimentação é porque as ONGs e instituições filantrópicas estão coletando doações e algumas favelas estão se organizando para enfrentar o problema.
Diante deste cenário o isolamento social se esgarça e diminui. As pessoas vão às ruas por diversas razões: por necessidade, por estarem protegidas pela fé, por se julgarem invulneráveis, por rebeldia juvenil e pelo exemplo do chefão.
No mapa astrológico do Brasil, Urano em trânsito se aproxima do Saturno natal (veja o mapa do Brasil). Da última vez que isso aconteceu o país experimentou uma ditadura (1937) para ninguém botar defeito. Uma ala do governo sonha com isto desde 2018, mas não teve apoio do Exército, no entanto, com gente morrendo na porta de hospital ou saqueando mercados isto pode virar. Em Hamlet, Shakespeare perguntou: Quem vigia a loucura dos grandes?  O Trevoso, é claro, e só nos falta um médico maluco no ministério da Saúde.
Paciência e coragem, ajudar como e quando puder, não colaborar com a destruição insana e começar a agir para evitar a barbárie. Uma visão completa fica para a crônica de maio.
Rui Sá Silva Barros é historiador, astrólogo.
Mestre em História social (USP) e autor de textos sobre simbologia
(Esoterismo, ciência e sociedade). Pesquisador em Kaballa (Tarô e Qabbalah).
Oferece consultas astrológicas com ênfase nas soluções para todos os temas.
Contatos e informações: rui.ssbarros@uol.com.br ou fone: 11 2367-9179.
Outros trabalhos seus noClube do Tarô: Autores
Edição: CKR – 17/04/2020
Fórum: partilhe seus comentários ou deixe questões para o Rui responder
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2020 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil