Home page

13 de dezembro de 2018

Responsável: Constantino K. Riemma


Tao Oracle – o oráculo do Tao
O jogo de Ma Deva Padma com os 64 hexagramas do I Ching
Resenha de
Leonardo Chioda
 
 
 
Trabalho de Ma Deva Padma
Jogo de cartas criado por Ma Deva Padmawww.thetaooracle.com
com os 64 hexagramas do I Ching, o antigo oráculo oriental.
A artista norte-americana é também autora do Osho Zen Tarot
 
 
Motivo
Devo registrar a gênese do meu interesse no oráculo milenar chinês a partir da minha experiência com o Tarô, meu ofício principal. Eles não se completam e não se conhecem, mas dialogam. Ambos decodificam o caminho do Criativo, o livro da vida e das mutações. Minha experiência com o Tarô Zen de Osho serviu também para me encantar com os traços de Ma Deva Padma, criadora do baralho. Acabei conhecendo o Tao Oracle tempos depois, despertando minha curiosidade pelo I Ching que havia tido contato tempos atrás quando ganhei de presente uma caixa repleta de livros sobre o assunto. Quando encomendei o novo trabalho de Padma e o recebi, me propus a mergulhar, aos poucos, na sabedoria contida em cada um dos 64 hexagramas. Foi a deixa para encomendar o Oráculo do Tao e me encantar com as imagens, tão ricas quanto às do tarô que homenageia o guru indiano.
Um tesouro (ainda) desconhecido
É nítida a potência logística em cima do tarô e o relativo descaso para com varetas de milefólio e moedas acompanhadas de livros. Em outras palavras, o I Ching não compete tanto no mercado editorial quanto o Tarot e a Astrologia, por exemplo. Até as Runas estão na frente. Mas a criação de Ma Deva Padma é especial por unir a capacidade de embaralhar os hexagramas e esquematizar leituras baseadas no oráculo milenar chinês. Os presságios sempre encontram um meio. Fantástico é descobrir, ao longo do tempo, o poder reflexivo que essas imagens oferecem. Meditar sobre os hexagramas e incorporá-los à vida a cada dia, é um exercício que o Tao Oracle inspira com excelência. As imagens de Padma não são meramente coadjuvantes no processo de assimilação dos trigamas combinados. São convites ao nosso próprio Tao.
Especificações
No canto inferior direito, tem-se os dois trigramas que compõem cada um dos 64 hexagramas.
No canto inferior esquerdo, o símbolo da carta se repete, mas os símbolos correspondentes aos elementos que compõem o hexagrama ilustrado.
No topo, as duas cores correspondentes aos pictogramas do Oráculo do Tao aparecem casados em yin/yang.
Abaixo da ilustração, o número e o título da carta.
E por fim, palavras-chave e frases completam o retrato.
Tao Oracle é composto de 64 lâminas de 10x 13,5 e um livro de 320 pág. com a descrição das imagens, métodos e um capítulo sobre o que é o Tao.
As imagens são belíssimas, mas impressos em papel áspero, o que dificulta o embaralhamento e a abertura em leque. Mesmo quase impraticável, a aquisição do produto surpreende pelo cuidado com que cada tela foi concebida e com o impacto que causa ao leitor.
É, sem dúvida, uma galeria taoista ao alcance das mãos.
 
Hexagrama 19
O jogo Tao Oracle de Ma Deva Padma é publicado pela St. Martin's Press, New York.
    As imagens desta galeria são cópias do baralho impresso feitas e
traduzidas por Leonardo Chioda, autor da resenha sobre esse jogo
.
Editoração de Constantino K. Riemma
 
A autora do Tao Oracle, Susan Morgan Ostapkowicz, conhecida por Ma Deva Padma, mantém dois sites sobre o suas criações: www.thetaooracle.com e www.embraceart.com
Conheça outro jogo de sua autoria, o Osho Zen Tarot e galeria das 77 lâminas.
Sobre a autora e seu trabalho veja a resenha de Jaime E. Cannes: Ma Deva Padma
 
setembro.12
Para percorrer a Galeria dos Hexagramas do I Ching clique nas opções abaixo:
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2018 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil