Home page

19 de outubro de 2020

Responsável: Constantino K. Riemma


As cartas "Gringonneur": O PENDURADO (XIII?)
 
 
 

    O personagem está pendurado por um pé a um pórtico construído com troncos de árvores. A corda se enrola ao redor de seu tornozelo. Uma de suas pernas está dobrada. Ele segura em cada mão uma bolsa da qual caem peças de ouro, sem dúvida um saque e motivo de sua punição. Esse castigo era infligido ao cavaleiro perjuro, que era pendurado e açoitado. Se ele sobrevivia, era representado nesta postura. Tal sanção existia na Itália, na Alemanha e na Escócia. No tarô florentino, o minchiate, o Pendurado está igualmente figurado com dois sacos de moedas nas mãos.

    Tarô dito de Charles VI ou Tarô Gringonneur: O Pendurado. Norte da Itália. Final do século XV.
    Pintura com têmpera de ovo, sobre um desenho preparatório com tinta negra, tipo sépia; decoração com ramos estampados, após fixação de folha de ouro e prata, sobre uma camada assentada sobre suporte de papel; dorso branco sem adornos. Papel em várias camadas com "colarinhos" à moda italiana, alguns dos quais estão roídos. A parte do desenho dissimulado pelos "colarinhos" realizados posteriormente, foram redesenhados. Dezessete cartas: 80/185 x 90/95 mm. Paris, Biblioteca Nacional da França, Estampas, Res. Kh 24.  http://expositions.bnf.fr/renais/grand/044.htm.

Tradução de Constantino K. Riemma

   
 
 
 
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2020 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil