Home page

13 de dezembro de 2018

Responsável: Constantino K. Riemma


O Tarô Sola-Busca emana um autêntico mistério
Giordano Berti
 
Traduzido por Cláudio Carvalho
Um exemplar completo e muito bem conservado do Il Tarocchi Sola-Busca, de 1490, permaneceu por muitos séculos nas mãos de uma família nobre de Milão até 2008. Por sugestão do superintendente do Ministério do Patrimônio Histórico e Cultural da região da Lombardia, o Estado italiano comprou esse baralho pela quantia de 800.000 Euros e, em seguida, levou-o para a Pinacoteca di Brera, que em 2012 deu-lhe uma bonita exposição.
Em 1998, no entanto, um impressor alemão, Wolfgang Mayer, publicou uma versão do Tarô Sola-Busca perfeitamente idêntico ao original em termos de dimensões e cores. Essa prestigiada edição foi limitada ao volume de 700 cópias numeradas à mão, com uma carta extra assinada por este impressor.
O Louco no Sola-Busca   VII - Deo Tauro, no tarô Sola-Busca   Carta XX - Nenbroto, no tarô Sola-Busca
Trunfos ou arcanos maiores, no tarô Sola-Busca: 0. Mato (Louco), VII. Deo Tauro (Carro)
e XX. Nenbroto (Julgamento, pelo número, ou Torre, pela evocação da imagem).
Reproduções de Wolfgang Mayer
Os baralhos impressos por Mayer permaneceram encerrados em sua adega, mesmo depois de sua morte, até que, em janeiro de 2013, a família cedeu a um revendedor do qual o professor Giordano Berti adquiriu um certo número de cópias.
E eis que o Tarô Sola-Busca, que no passado foi mau re-impresso por alguns editores, revive em sua magnífica beleza guardada em uma caixa feita especialmente para as suas 78 cartas: um baralho alquimista e, também, uma notável obra de arte.
Oito de Espadas no tarô sola-busca   Dez de Copas   Sete de Ouros no tarô Sola-Busca
Cartas dos naipes ou arcanos menores: Oito de Espadas, Dez de Copas e Sete de Ouros.
O Sola-Busca é o mais antigo baralho que conhecemos em que as cartas numeradas
incluem figuras humanas além dos signos representativos dos naipes.
Reproduções de Wolfgang Mayer
O Tarô Sola-Busca é absolutamente original na história do Tarô: trata-se do único baralho do século XV que chegou completo até hoje. Todas as cartas estão ilustradas com personagens, inclusive os arcanos menores, alternativa que apenas se tornou comum a partir dos baralhos de Etteilla (1783), Lenormand (1828-40) e da difusão do Tarô Rider-Waite-Smith após 1915.
Stuart Kaplan em sua obra "Encyclopedia of Tarot",  vol. III (1990), sugere que muitas cartas do Rider-Waite-Smith derivam do Sola-Busca Tarot. Como podemos ver nos exemplos abaixo, Pamela Colman Smith fez a adaptação de antigas imagens para ilustrar o jogo de Arthur Edward Waite.
O Três de Espadas no Sola-Busca e no Waite-Smith     O Dez de Espadas no Sola-Busca e Dez de Paus no tarô de Waite-Smith
O Três de Espadas no Sola-Busca e no Waite-Smith;
O Dez de Espadas no Sola-Busca e Dez de Paus no tarô de Waite-Smith
Outro aspecto marcante do Tarô Sola-Busca é o conteúdo: os Trunfos retratam reis e heróis da Antiguidade greco-romana e da Bíblia. As cartas numeradas e as Figuras da Corte mesclam cenas fantásticas com episódios da vida quotidiana e alegorias alquímicas, que podem se tornar a chave para interpretar todo o baralho.
Segredos revelados?
Recentemente, o autor do Tarô Sola-Busca, foi identificado com sendo o pintor Nicola di Maestro Antonio (Florença 1448 - Ancona 1511). O período de sua realização acredita-se ser em torno de 1490. Não é possível saber se Nicola elaborou as 78 figuras de acordo com seu próprio critério ou se foi um trabalho feito sob encomenda. Na verdade, o baralho deve ter sido adquirido por muitas pessoas, visto que as imagens foram gravadas em uma matriz de madeira e reproduzidas em número desconhecido de cópias. Exemplares dessa edição antiga foram enriquecidas com cores vivas, no mesmo padrão que vemos hoje na reimpressão do “baralho Mayer”.
Com relação aos significados das 78 cartas, foi publicada a interpretação desenvolvida pela estudiosa Sofia Di Vincenzo em seu livro Antigo tarô iluminado. Alquimia no Tarô Sola-Busca (Turim, 1995), precedida por uma introdução histórica pelo professor Giordano Berti.
Analogias entre o Sola-Busca e ilustações alquímicas
Analogia do forno alquímico de Janus Lacinius e o caldeirão no 9 de Ouros no Tarô Sola-Busca
Esta e outras analogias estão em www.solabuscatarot1998mayer.wordpress.com/sola-busca-alchemy
Um excelente livro sobre esse jogo de cartas é o O segredo dos segredosO Tarô Sola-Busca (Il Segreto dei Segreti: I Tarocchi Sola Busca), Milão 2012, que constitui o catálogo da exposição atual no Museu Brera. Ele inclui dois artigos: o primeiro de autoria de Laura Paola Gnaccolini, cobrindo vários aspectos do baralho Sola-Busca e, o segundo, por Andrea De Marchi, que identifica como autor do deck o artista Nicola di maestro Antonio de Ancona.
Sola-Busca, poster
Muitos outros detalhes sobre o Sola-Busca podem ser obtidos no próprio blog de Giordano Berti, Professor de História da Arte : www.solabuscatarot1998mayer.wordpress.com
Giordano Berti é ainda consultor de duas importantes editoras européias especializadas em jogos de tarô: Lo Scarabeo e Dal Nigro.
O jogo completo, reimpresso por Wolfgang Mayer, pode ser adquirido no Brasil, por intermédio de Cláudio Carvalho (veja abaixo), representante de Giordano Berti, ou na loja virtual Simbólika: www.loja.simbolika.com.br/tarocchi-sola-busca-ferrara-xv-century.
Contato com o tradutor desta Resenha:
Cláudio Carvalho
www.claudiocarvalho93.wordpress.com

www.facebook.com/Khresterion
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Revisão e Editoração:
CKR – 10/01/2014
Outros artigos sobre o Sola Busca
  Meu encontro com o Sola Busca. Yeda Braz relata sua experiência de primeiros contatos com o jogo : O original jogo de cartas do século 15
  Leitura "Mabra" com o Sola Busca. Tiragem de cartas desenvolvida por Yeda Braz : Referências alquímicas na leitura com nove cartas.
Conversando com a Star. Crônica de Joneth de Carvalho acolhendo as ressonâncias do arcano da Estrela na vida de todo dia : Ler, escutar e vivenciar  
Atualizado: maio.18
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2018 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil