Home page

25 de junho de 2022

Responsável: Constantino K. Riemma


  Torre de Babel - junho .2022
Um Estado calamitoso
Rui Sá Silva Barros
Historiador e Astrólogo
Em Sergipe, Genivaldo foi parado pela Polícia Rodoviária por andar de moto sem capacete. Estava desarmado e era esquizofrênico, foi espancando e colocado no bagageiro de uma viatura, um dos policiais atirou uma bomba de lacrimogêneo e Genivaldo morreu asfixiado, foi um assassinato, uma calamidade. Ocorreu algo chocante: umas vinte pessoas assistiam e uma delas filmou a cena toda com um celular enquanto as outras cruzaram os braços e assistiram o homicídio. Enquanto esta passividade persistir o país verá pessoas demoníacas agindo impunes. A conjunção Marte/Júpiter em Áries sobre o Plutão natal foi violenta, no Rio uma batida policial executou 25 pessoas.
A última pesquisa eleitoral Datafolha indicou a possibilidade de vitória de Lula no primeiro turno com as seguintes reações:
Oposição — Festejos e a esperança que tudo continue tranquilo, que o STF e o TSE banirão os ataques na campanha e assegurem o resultado das eleições. Como tenho escrito reiteradamente isto é ingenuidade e o resultado mostrado pelo Datafolha açula extremismos no outro lado. Editoriais de grandes jornais já começaram a criticar Lula e seu programa, a partir de agosto haverá uma enxurrada de difamações e fake news que o TSE não conseguirá deter.
Torre de Babel - junho.2022 - Fome para 33 milhões de brasileiros
Fome para 33 milhões de brasileiros
Do site da Fiocruz
Situação — Depois de distribuir benefícios, anistiar dívidas e baixar impostos, o resultado da pesquisa foi um balde de água fria. Desesperados, os deputados pretendem editar um estado de calamidade que permitiria gastar dinheiro para deixar os preços dos combustíveis e eletricidade fixos até as eleições. Pediram aos supermercados para segurar preços até o final do ano. Já está em gestação um presente para os empresários, a privatização da Eletrobrás.
Terceira via — Patina, não cresce e não se unifica, mas é querida por segmentos empresariais e jornalistas da grande mídia. Este bloco tem dinheiro e pode fazer uma grande campanha em prol de Simone Tebet, pelo menos para provocar um segundo turno.
Judiciário e PCO — Já escrevi diversas vezes que o Judiciário precisa de uma reforma profunda, pois é lento, burocrático, caro e corrupto. O STF também, desde o mensalão e a transmissão das sessões pela TV, os juízes dão entrevistas, palestras, legislam, tomam posições políticas etc. O Tribunal está entulhado de recursos de processos vencidos nas instâncias inferiores e o sistema de nomeação cabe a uma pessoa, o presidente da República.
Ultimamente o STF se enredou no problema da liberdade de expressão a propósito do julgamento do deputado Daniel Silveira que recebeu uma pena pesada. O Partido da Causa Operária, que não tem representantes na Câmara, defende uma versão radical da liberdade de expressão e lançou um cartaz com os dizeres: Dissolução do STF e skinhead de toga para o retrato de Alexandre de Moraes que bloqueou todas as redes sociais do partido.
Torre de Babel - junho.2022 - PCO
Cartaz que levou à interdição
Do site Partido da Causa Operária
O PCO é um partido pequeno, mas tem a melhor rede de comunicação no mundo partidário com atuação diária. Temos aqui duas questões, uma tomada de posição: o STF na forma atual é antidemocrático, não se está propondo nenhuma invasão do Tribunal. Segunda questão: autoridades públicas são alvos de piadas, marchas de carnaval e xingamentos vários, Bolsonaro é tachado de criminoso, psicopata e fascista por vários jornalistas e nenhum juiz se abalou para abrir processos, por que Alexandre seria uma exceção?
Nenhum partido reagiu ao episódio e a Associação Brasileira de Imprensa discordou da proposta do partido, mas defendeu a liberdade de expressão. Amanhã alguns deles podem ser objeto de processo. O direito de crítica está sendo aniquilado e a passividade está virando uma calami9dade no país. O Judiciário é representado por Vênus (regente da casa 9) que sofre uma quadratura de Urano no céu (veja o mapa do Brasil).
Eletrobrás — A empresa é gigantesca, tem 105 usinas produzindo 178 mil GWh com 97% de energia limpa, responde por 40% das linhas de transmissão, apresentou um lucro de 5,7 bilhões no ano passado, recolheu 10 bi em impostos, distribuiu dividendos e planeja investimentos para os próximos anos. O governo controla 70% das ações e o projeto é a emissão de novas ações até que chegue a 35% a participação estatal.  Arrecadaram 33 bilhões de reais com a operação.
A experiência com privatizações não é das melhores, geralmente as tarifas sobem como foram os casos das telecomunicações e pedágios, p. ex. E neste caso é mais complicado ainda, como calcular o valor de Itaipu? Não é só a instalação, mas quanta eletricidade ainda ela pode gerar. O dinheiro arrecadado será investido em projetos eleitorais.
Enxurradas Uma chuvarada impiedosa castiga o país desde o início do ano deixando uma trilha de destruição: centenas de mortos e milhares de desabrigados com muitas perdas de imóveis. Há dinheiro para socorrer esta gente, mas até agora nada. Isto é um aviso do que deve ocorrer no futuro, o desmatamento altera o regime de chuvas e esta tragédia vai se repetir.  O Ascendente do país sinaliza a fronteira leste, a mais castigada pelas chuvas, e Saturno está pousado lá no úmido signo de Aquário. Há 50 anos celebrou-se em Estocolmo a primeira grande conferência sobre clima e ambiente, de lá para cá a situação degradou bastante.
Mundo afora
Ray Dallio (Blackrock) e Jamie Dimon (JPMorgan) alertaram recentemente: a economia mundial está mudando, uma recessão é provável e uma queda de valores (ações, ouro, criptomoedas) é quase certa. Muitos analistas previram a mesma coisa, mas estes dois são dirigentes de grandes instituições financeiras. Desde a crise de 2008 houve um enorme despejo de dinheiro no mundo o que valorizou os ativos artificialmente, uma hora a correção chega.
Torre de Babel - junho.2022 - Porta-avioes americano
Dois porta-aviões americanos operando no mar da China.
Do site Poder naval.
EUA — Como se a guerra na Europa fosse pouca coisa, o governo americano fez uma ofensiva na Ásia para angariar aliados e acuar a China, até mesmo a defesa armada de Taiwan foi anunciada. Agora chegou a vez dos latinos na Cúpula das Américas, mas o governo não convidou Cuba, Venezuela e Nicarágua, vários países recusaram o convite em solidariedade aos excluídos. A presença econômica da China preocupa, pois ela já é o principal parceiro comercial em vários países da região. As coisas na Casa Branca andam em grande confusão, a porta voz recentemente referiu-se a Juan Guaidó como presidente do Brasil.
A conjunção Marte/Júpiter em Áries fez quadratura à Vênus/Júpiter do mapa natal (veja o mapa dos EUA) e o resultado foi uma sequência de assassinatos múltiplos, uma especialidade ianque, e o governo ainda quer dar aula de direitos humanos ao resto do mundo!
Rússia — Agora as batalhas estão concentradas no Donbass com Marte/Júpiter em quadratura ao Sol natal do país (veja o mapa da Rússia).   É provável que os russos consigam tomar toda a região, mas isto não acaba a guerra, os ucranianos com armas ocidentais tentarão retomar os territórios. A tensão cresce com a chegada de armas ocidentais que podem atingir território russo e se o propósito de Zelensky for expandir a guerra, a situação está dada. A situação é tão confusa que Kissinger disse em Davos que a Ucrânia precisa ceder e negociar a paz.
E a questão do trigo está em cena. Rússia e Ucrânia são grandes exportadores do cereal para o Oriente Médio e África. As exportações estão bloqueadas e agora os turcos conseguiram o aval russo para trafegar no Mar Negro. Há escassez e preços na lua, se isto continuar veremos rebeliões populares.
China — O governo se prepara para a intensificação da pressão americana, as Coreias estão novamente em conflito, Taiwan inquieta, a guerra na Europa prejudica os negócios. Marte e Júpiter fazem oposição aos planetas em Libra (veja o mapa da China). O país sai de um longo lockdown e ainda lida com uma bolha imobiliária. O sequestro das reservas internacionais da Rússia acendeu uma luz amarela em Pequim, a China tem trilhões em reservas espalhados pelo mundo.
Índia — O país faz parte dos BRICS e importa óleo e armas da Rússia e recebe investimentos chineses. Por outro lado é cortejada pelos EUA e tira partido desta posição. A Índia vive sob enorme pressão: mais da metade de sua população ainda está no mundo rural e vivem em pequenas propriedades, a quantidade de suicídio de camponeses é grande. Há uma pressão enorme para expandir as plantações de cana, algodão, trigo e arroz, culturas que podem ser mecanizadas. Isto expulsaria camponeses para cidades despreparadas para recebê-los. Há uma enorme pressão sobre os planetas natais em Leão partindo de Saturno em oposição e Urano em quadratura (veja o mapa da Índia).
Colômbia — Surpresa na eleição, Gustavo Petro confirmou o favoritismo, mas para o segundo turno passou Hernandez um outsider crítico do sistema, dos políticos, da corrupção etc. Ele já foi prefeito e se declarou seguidor de um grande alemão, Hitler. Mais um salvador da pátria, já conhecemos o enredo. As pesquisas apontam um empate no segundo turno e com Plutão fazendo oposição ao Sol do país teremos um desfecho e um novo governo marcado por mais violência (veja o mapa da Colômbia).
Democracia moribunda
Ultimamente saíram vários e artigos tratando do colapso, ruína ou morte da democracia. Para fins didáticos um país é democrático se tiver uma Constituição que garanta direitos civis ( expressão, organização e outros), três poderes independentes, eleições regulares e limpas. O fenômeno é mais antigo e pode ser identificado na década de 1980.
Torre de Babel - junho.2022 - Militante da Alternativa alemã
Militante do Alternativa para a Alemanha.
Do site diariodocentrodomundo.
Onde o voto é facultativo, a quantidade de votantes caiu continuamente, às vezes pela metade, como esclarecer tal questão? Os partidos ficaram cada vez mais parecidos, no governo todos praticaram as mesmas políticas: orçamento equilibrado, austeridade, privatizações, políticas sociais enxutas, mecanização da indústria e ascensão do capital financeiro.
O partido Democrata americano, o Trabalhista inglês, o Socialista francês e a Socialdemocracia alemã se converteram a mesma política. Neste caso a escolha é uma ilusão, votar para que? A participação popular reduziu-se a votar nas eleições e o regime parece mais uma plutocracia (governo dos ricos) que qualquer outra coisa.
O fenômeno mais recente é que este sistema mostrou uma fragilidade inesperada: era possível que alguém ganhasse a eleição e começasse a solapar as próprias bases do regime: Congresso controlado, Justiça nomeada com simpatizantes, jornalismo de oposição perseguido, polícia ativa e truculenta. Que isto sucedesse na Rússia, Polônia e Hungria era compreensível, estes países não tinham nenhuma experiência prévia com democracia.
Que acontecesse nos países da América Latina e África também era compreensível, pois constituem a periferia do capitalismo, mas quando se trata de Trump, Boris Johnson, Marine Le Pen, a AfD alemã, a Vox espanhola, o OVP austríaco e a Liga do Norte italiano o problema chegou ao centro do sistema. É uma decorrência da crise de 2008 e das grandes migrações depois da Primavera Árabe, o medo de decadência econômica e o ódio aos migrantes alimentaram o autoritarismo e nacionalismo.
Estes regimes costumam acabar em guerras e ruínas, sendo a Alemanha e Japão os exemplos mais notórios. É inútil argumentar com os apoiadores de tais regimes, seus desejos e emoções são completamente refratários à razão, o último ciclo militar no Brasil terminou em grande fiasco: falência e hiperinflação. Os apoiadores ainda acham que os militares têm um projeto para o país.
A democracia só pode sobreviver sendo eficaz, encaminhando de fato as demandas da população e aumentando a participação popular quanto aos investimentos e futuro do país.
Torre de Babel - junho.2022 - Chapada dos Guimarães
Chapada dos Guimarães – Preservar esta beleza.
Do site Guia Viajar Melhor.
Rui Sá Silva Barros é historiador, astrólogo.
Mestre em História social (USP) e autor de textos sobre simbologia
(Esoterismo, ciência e sociedade). Pesquisador em Kaballa (Tarô e Qabbalah).
Oferece consultas astrológicas com ênfase nas soluções para todos os temas.
Contatos e informações: rui.ssbarros@uol.com.br ou fone: 11 2367-9179.
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Edição: CKR – 10/06/2022
Fórum: partilhe seus comentários ou deixe questões para o Rui responder
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2020 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil