Home page

16 de setembro de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


 


Na Desintegração não é favorável
seguir em direção alguma.
O segredo consiste em fortalecer aqueles
que dependem e estão abaixo de nós.
 
23 - A Desintegração


O oráculo

Desintegração. Não é favorável seguir em direção alguma, seja qual for.

Interpretação

O oráculo nos coloca frente à decadência natural de todas as coisas, representada pela obscuridade que sucede o período luminoso, pelo inverno que vem na seqüência do verão. Em períodos como esse, em que os inferiores tomam conta da situação, não há espaço para o homem de qualidade. Não é favorável empreender coisa alguma.
O melhor é continuar onde nos encontramos e aceitar a situação, tomando como modelo o homem nobre que contempla com isenção os períodos de seca e de cheia, a eterna sucessão dos opostos, tanto no espaço celeste quanto na terra.
Frente às leis cósmicas não cabe a interferência humana. Devemos nos recolher na quietude, para consolar o coração e cultivar nossos dons para o período de renovação que chegará a seu tempo. Agora não é covardia, e sim sabedoria, aceitar a situação, evitando os gestos impulsivos de reação.


O conselho estratégico

O homem nobre fortalece os que estão abaixo dele, para assegurar a paz e a estabilidade de sua posição.

Interpretação

A força dos governantes ou dos dirigentes de uma empresa repousa sobre a base representada pelo povo ou por seus trabalhadores. Estes devem ser o alvo de sua generosidade, do mesmo modo como a terra sustenta a todos. Os dirigentes que atuam desse modo tornam sua posição segura; eles não exploram, mas promovem a prosperidade do conjunto.


consultar novamente

 
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil