Home page

16 de setembro de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


 


A Liberação. Quando não se tem mais aonde ir,
o regresso traz boa sorte. Se há alguma coisa
por fazer, apressar-se traz boa fortuna
O segredo está em perdoar as faltas.
 
40 - A Liberação


O oráculo

Liberação. O oeste e o sul são favoráveis.
Quando não se tem mais aonde ir,
o regresso traz boa sorte.
Se há alguma coisa por fazer,
apressar-se traz boa fortuna.


Interpretação

Realizar o gesto adequado para superar as dificuldades e encontrar o caminho da libertação - é esse o ensinamento básico do hexagrama. O oeste e o sul (ou o sudoeste) indicam que as tensões começam a ceder e que o momento é oportuno para retornar às condições normais. Uma imagem para traduzir essa época é a da chuva que alivia as tensões atmosféricas e faz as plantas brotarem.
O primeiro cuidado a ser tomado é o de não forçar a situação para obter proveitos além da medida, ou seja, "se não se tem mais aonde ir, o regresso traz boa fortuna". Equilíbrio e suavidade constituem a chave do retorno à harmonia.
Uma segunda advertência, porém, deve ser levada em conta. Se há ainda alguma coisa por fazer, algum corte inevitável, alguma medida a ser tomada, é imprescindível que a ação seja rápida e direta. Desse modo, a boa sorte está assegurada.


O conselho estratégico

O homem nobre tende a perdoar as faltas e a ser benevolente na aplicação das penas.

Interpretação

O homem de qualidade não se precipita quando tem que tratar dos erros e falhas que provocaram tensões. Ele é indulgente e não fica insistindo sobre as falhas e equívocos não intencionais. Mesmo as faltas e transgressões deliberadas, ele as considera com benevolência e mostra-se inclinado ao perdão


consultar novamente

 
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil