Home page

21 de abril de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


Painel com diferentes técnicas e linguagens simbólicas para compreender o momento
brasileiro em seus aspectos políticos, econômicos e sociais no final do ano de 2015.
@ Permitida a reprodução. Basta manter o nome do Autor e indicar a fonte: site Clube do Tarô
O Cenário Brasileiro na Primavera de 2015
Alberoni: Áreas social, econômica e política
   O momento e seus desafios
Betôh Simonsen : Os próximos três anos
   O andamento nos próximos meses
Cris Muiños : A Presidenta, o povo e o país
   Uma tiragem favorável à Dilma
Dênis Maapelli : Mudanças e desconfortos
   Com cartas ciganas
I Ching : Obstruções e Avanços
   Oráculo Chinês com os hexagramas 39 e 46
 
Jorge Purgly : Profissão e emprego
   Questões críticas para a indústria brasileira
Julio Cesar Eloy : Panis et Circencis
   O teatro e a realidade
Kelma Mazziero: Imediatismo inconsequente
   O tempo a ser vencido
Maysa Rodrigues : Mudanças lentas
   Dificuldades e incertezas para todos
Nádia Oliveira : Dificuldades e sustentação
   A situação atual do governo
Rui Sá Silva Barros : Desfecho á vista
   Análise astrológica na Torre de Babel
Cenário Brasileiro na Primavera 2015 e Eclipse em Áries
O Ermita na leitura de Alberoni
 
Áreas social, econômica e política
  O Ermita na leitura de Alberoni
TYiragem Betoh
 
Os próximos três anos
  TYiragem Betoh
A Presidenta, o povo e o país
Cris Muiños
 
Uma recuperação da imagem da presidenta (Julgamento + Rainha de Copas) vem reforçar sua ligação com o povo (Enamorados + Pajem de Copas) e provar sua fidelidade ao compromisso que se lançou. Ela se levanta depois do excessivo e abusivo julgamento e das severas críticas. Melhora na sua capacidade de expressão e manifestação, indicando que pode ter passado por algum processo de tratamento e cura quanto aos traumas do passado, pois sabemos o quanto a tortura a prejudicou nesse sentido.
O fato de ser mulher tem um peso enorme na relação amor x ódio, vista por todos. Percebemos isso na forma como as críticas se apresentaram: ataques ao gênero, à sua imagem pessoal. Hoje ela vem resgatar um papel feminino de importância e inspirar mais mulheres tanto na política como em outras conquistas. Sua posição agora é de expor o feminino empoderado e abrir espaço para revelação de diferentes grupos antes nem percebidos: nunca tivemos tantas pessoas requisitando direitos no Brasil e lutando por igualdade. Só uma Rainha de Copas para possibilitar essa abertura, revelar dons e talentos.
Tiragem de Cris Muiños
Pares:   20. Julgamento + Rainha de Copas,   6. Enamorados + Pajem de Copas
e   10. Roda da Fortuna + Dois de Ouros
Cartas do Ride-Waite Tarot
Provavelmente veremos mais projetos voltados para a profissionalização e facilitação em estudos especiais, ou mesmo uma repaginada nos que já existem. A juventude é o grande objetivo (Enamorados + Pajem de Copas). Inclusão social, igualdade de direitos e uma exposição da política como nunca se viu antes, são pautas que terão prioridade.
O elemento água, assim como a própria mulher, é flexível; ele se molda e se adapta, mas nem por isso é frágil. Dilma permanece e mais que isso: volta com tudo.
O reflexo é mostrado neste terceiro par: mudanças rápidas e estratégicas acontecem trazendo novamente o equilíbrio financeiro do país e como fica evidente, a mudança aqui reverbera mundialmente. A Roda expande os acontecimentos tal qual a gota na água: o movimento iniciado toma força e corpo. As medidas adotadas aqui tem apoio no exterior e podem ser copiadas.
A taxação das grandes fortunas tende a deixar de ser um mito muito em breve. A nossa moeda circula e é bem aceita mundialmente. O equilíbrio social é uma meta cada vez mais próxima. O espaço entre as classes, cada vez menor. O que significa uma pequena perda de um privilégio para um, pode representar um ganho enorme para a população. O país gira veloz nesta Roda trazendo soluções produtivas e solidárias.
18/09/2015
Contato com a autora:
Cris Muiños, taróloga, atende e dá cursos em Belo Horizonte
crisdotarot.blogspot.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Mudanças e desconfortos revelados pelas cartas ciganas
Dênis Maapelli
 
O último trimestre de 2015 será marcado por mudanças, desconfortos e rompimentos de alianças já estabelecidas. Em outubro já será perceptível pela população a alteração em alianças políticas, partidos da base de governo aliando-se a outros e alguns que não estavam na base poderão agregar-se a ela. Mas o que mais desconfortará o governo serão os rompimentos de alianças já estabelecidas.
Para novembro tudo indica uma erupção de comunicados e informações que virão a tona, comentários sobre a situação governamental e os vários entraves que estão sendo impostos para a governabilidade. Um “cavalheiro” será o grande articulador e “anunciador” destas mudanças podendo ser um dos três mosqueteiro (vice-presidente, presidente do senado e presidente da câmara), os quais no último trimestre estarão disputando os holofotes tentando atingir o êxito para a ingovernabilidade. Dezembro chegará pesado, será o mês de maior dificuldades e a área da saúde poderá ser a mais prejudicada por cortes financeiros.
Ilustração enviada pelo autor do texto.
Várias articulações já rondam os bastidores do governo e estas novas alianças estarão lutando para a derrubada do governo, sendo elas articuladas por 3 sujeitos de grande articulação política. Com isto será evidente o conflito no organograma e disposições de cadeiras no governo, sai gente daqui e vai pra lá, os de lá virão pra cá e alguns poderão perder seus assentos, disputa pelo poder na certa.
Para a população refletirá a retração nos gastos, organização do orçamento, cortar despesas extras ou supérfluos para entrar em 2016 com alguma reserva, pois a instabilidade será tanta que teremos de deixar algumas reservas para enfrentar 2016, ano este iniciando com instabilidade total. Será o trimestre de buscar por uma colocação no mercado e aproveitar as poucas oportunidades de trabalho temporário característicos desta época. O acesso ao crédito também será dificultado, aumento de juros e taxas que deixarão empréstimos e financiamentos mais complicados. Podemos considerar um trimestre pesado, difícil e até mesmo de cortes de investimentos estrangeiros, situação esta que travará totalmente a economia.
Seguramos nossos passos. Calma, consciência, planejamento e corte nos gastos deverá ser nossa meta para o final deste ano.
22/09/2015
Contato com o autor:
Dênis Maapelli - www.baralhodacigana.blogspot.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
I Ching indica obstáculos e crescimento
Consulta por
Constantino K. Riemma
Pedi ao oráculo chinês uma mensagem para o Cenário Brasileiro neste final de ano.
A resposta para este período foi o hexagrama 39. Obstruções, Dificuldades, com linhas móveis na segunda e quinta linhas, do que resultou o 46. Crescimento, Ascensão.
O texto 39 - Obstruções deixa bem claro que se trata de um momento de obstáculos em que a atitude propícia de cada um de nós é a de não enfrentar a situação diretamente mas, sim, a de buscar a união com aqueles que partilham nossas preocupações, dialogar e encontrar estratégias à altura da situação. As linhas móveis indicam que as obstrações não representam uma culpa pessoal de cada um de nós (2ª), mas que a reunião com os amigos propicia cooperação e esforço conjunto para superar os obstáculos que nos afetam (5ª).
I Ching para Primavera 2015
O hexagrama 46 - Crescimento promete bons resultados, não pela violência, mas pela modéstia e adaptabilidade. Reforça a indicação de que "é preciso ver o grande homem", o que significa que as soluções não podem vir de amadores. Talvez indique, também, o aparecimento de uma figura ou figuras sem vínculos com as autoridades comprometidas e que poderão dar uma grande força à superação dos obstáculos.
Seria uma indicação de aparecimento de novas lideranças? Trata-se de uma questão curiosa e que nos convida a acompanhar os acontecimentos dos próximos meses para entender o que, de fato, o I Ching nos indica.
Nota em 24/12/2015: O "grande homem" indicado pelo I Ching já estaria presente no momento em que esta consulta ao I Ching foi realizada? Muitos consideram o Juiz Sérgio Moro, o coordenador da operação Lava-Jato, como alguém que não tem compromisso nem complacência com o quadro de corrupção crônica que corrói os três poderes da república brasileira. No entanto, o impacto dessa operação judicial sobre o statu quo tem levantado tantas reações, não só entre os acusados de corrpução, que a atuação da Lava-Jato não acarretou até o momento qualquer alteração na composição dos detentores do poder no Executivo e no Legislativo.
24/09/2015
Consulta feita por:
Constantino K. Riemma - ckr@clubedotaro.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Imediatismo inconsequente
Kelma Mazziero
 
A situação crítica que se apresenta em nosso país atualmente não é novidade. Independente de partidarismos o que o jogo ternário mostra é que a falta de planejamento gerou atitudes imediatistas, de curto prazo, que ampliaram a instabilidade com o passar do tempo. Não significa que jamais sairemos dessa situação, mas que a solução é enxergar as questões com olhos inteligentes na busca de superação gradativa e, por consequência, mais definitiva para o futuro.
O jogo de três cartas sugere, na casa-tema, a carta do Pendurado associado ao Oito de Copas. Há obviedade na estagnação, nas dívidas e prejuízos antigos que vem sendo arrastados para o momento presente. A crise é coletivamente prejudicial, atestada na carta do Pendurado, e existe a consciência de que em algum momento isso viria à tona através do Oito de Copas. Um tema que reflete a falta de planejamento e as pendências indefinidas que podem se mostrar intransponíveis no presente. As cartas apontam momento estagnado, antigo, pendente e que se tornou uma clara consequência da falta de preparo anterior.
Tiragem de Kelma Mazziero
Tema: 12. O Pendurado e o Oito de Copas.   Obstáculos: 7. O Carro e o Sete de Paus
Solução: 10. Roda da Fortuna e Ás de Copas
Cartas do Morgan Greer Tarot
O maior alarde dessa tiragem é a carta do Carro associada ao Sete de Paus na casa de obstáculo. Não há rápida saída e nem condições para se liderar uma superação sem traumas. O Carro no obstáculo dificulta andamento, atrapalha ação na questão e reforça a falta de liderança, determinação ou propósito dos governantes. Não se trata de um problema que traz consigo uma lição, mas apenas um custo alto por falta de preparo anterior. Junto do Carro a carta do Sete de Paus esclarece que a ausência da dedicação, da consciência e do progresso impedem a situação de se desenrolar bem. Em outras palavras, é uma casa de obstáculo que esclarece a importância de se ter um motivo e um objetivo concreto, a fim de se buscar uma saída legítima dentro de um problema. Não se sabe como chegou a um ponto tão confuso e, como falta a percepção da causa, não há clareza também na busca por uma saída viável ou efetiva.
A solução dessa questão aponta para a carta da Roda da Fortuna combinada ao Às de Copas. Não há uma forma definitiva ou direta (e rápida) de se resolver os problemas do país. O jogo indica como ruptura da estagnação pequenas transições, ajustes passageiros, caminhos temporários que movimentem aos poucos algumas questões e, também aos poucos, abram espaço ao novo. Reciclar, rever, renovar ou transitar surgem como formas de mover a situação estagnada e enxergar as questões em novo prisma. Ainda não é possível cogitar mudanças definitivas, pois as causas são nebulosas e apontam a falta total de planejamento. Não basta atestar o problema sem agir sobre ele. Mas não basta, também, agir sem refletir. Por isso, a Roda da Fortuna indica movimentação em busca de revisões que promovam novos padrões futuros. Não se trata de apenas um tema crítico, mas vários pontos truncados, que devem ser arejados e revistos. A saída não está em consertar pequenos erros, mas em renovar e mudar o cenário atual de forma comprometida (Às de Copas) em busca de novos horizontes.
O país não deverá sair da crise instantaneamente como tanto anseia, mas terá de lidar com ajustes e curativos paliativos, até que se renove de fato a forma de planejar seus problemas reais e estruturais.
8/09/2015
Contato com o autor:
Kelma Mazziero: www.kelmamazziero.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
A questão profissional e a carência de emprego
Jorge Purgly
Nesta primavera ocorrem eventos planetários que impactam diretamente na vida de nós todos moradores no Planeta Terra. As pessoas terão cada vez mais dificuldade em sustentar suas máscaras de falsidade e hipocrisia passando a revelar os seus verdadeiros pensamentos e intenções. Para muitos isso é um processo doloroso já que a verdade sem o disfarce da ilusão é muito cruel. Outros vão exultar de alegria, pois vários assuntos enterrados, escusos, ocultos virão à tona para serem depurados.
As profecias estão se cumprindo. Os trabalhadores da última hora, nós, somos chamados a pratica do bem ativo e útil, por todas as religiões sérias. As crises se avolumam.
Como Tarólogo profissional, atendendo a dezenas de pessoas todos os dias, noto uma grande mudança no perfil dos consulentes. Se antes a preocupação maior era o amor, hoje é o emprego, o pagamento das dívidas e como viver num país com inflação sem crescimento econômico.
Tiragem Jorge Purgly
Tiragem encaminhada pelo Autor.
Vemos as empresas multinacionais, algumas há mais de um século neste nosso Brasil, fechar suas portas e se mudarem para condições de impostos mais favoráveis, em outros países. O custo Brasil é cada vez mais um impedimento para os investimentos do exterior.
A indústria no Brasil, por sua vez, foi desmantelada pela enxurrada de produtos importados com baixos impostos de importação. Isso gerou uma grande dependência do produto importado para suprir as necessidades. Agora se fala em aumentar impostos dos produtos importados, decisão certa se tivesse sido tomada há anos atrás. Meu padrinho, Ladislau Hommonay, então embaixador da Hungria, dizia com razão: "Uma decisão certa na hora errada pode ser pior do que tomar nenhuma decisão”.
O quadro é preocupante. Estamos às portas das Olimpíadas de 2016, e podemos considerar um PIB – o nosso  Produto Interno Bruto, resultado de tudo o que se produz no Brasil – nulo ou negativo.
Quais as saídas? O tempo é o nosso juiz.
07/09/2015
Contato com o autor:
Jorge Purgly atende com Tarot Egípcio, leitura de mãos,
Terapia Floral, em Indaial - SC : www.purgly.blogspot.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
O Ermita na leitura de Alberoni
 
Panis et Circenses
  O Ermita na leitura de Alberoni
O Governo: dificuldades e sustentação
Nádia Oliveira
 
Fiz a tiragem da mandala no baralho cigano.  A pergunta foi especificamente sobre a situação do atual governo brasileiro. A carta que dá a tonalidade do momento é a Raposa (14). Isto mostra que a presidente se encontra na espreita, buscando uma alternativa ou uma oportunidade, e que está muito atenta. Existe nesta carta muita habilidade, inteligência e rapidez. A Raposa está sempre disposta a abrir mão de qualquer princípio para obter seus fins.
As cartas que indicam passado apontam muitos problemas que foram divulgados, mas também muitos segredos que podem ainda prejudicá-la. O medo da divulgação de fatos do passado que podem piorar ainda mais a situação deixa o governo muito fragilizado.
Tiragem de Nádia Oliveira
Tiragem pela mandala com o baralho Lenormand-Cigano
O governo conta com a ideia de que as medidas econômicas o ajudem, mas nada de muito prático e positivo deverá acontecer na economia nos próximos meses. Ao que tudo indica a longo prazo terá, sim, resultados positivos, mas não no tempo necessário para tirar o governo da situação delicada que se encontra.
Mais baixas deverão acontecer em sua estrutura. A tiragem termina com o Anel (25) e o Chicote (11), cartas que indicam que o governo não deve conseguir ampliar a base  aliada e seu futuro se encontra bastante enrolado. Tudo indica que não acontecerão avanços que beneficiem o governo nos próximos meses.
É importante salientar que se a situação do governo é expressa de maneira bem ruim no momento atual, mas parece que não irá piorar subitamente nos próximos meses, o que pode indicar a dificuldade da oposição para conseguir realmente se articular e avançar em um processo de impeachment.
8/09/2015
Contato com a autora:
Nádia Oliveira - www.ceudasemana.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Mudanças lentas, dificuldades e incertezas
Maysa Rodrigues
 
O cenário político do Brasil : O Carro + Nove de Espadas. Acredito que do mês de setembro em diante, muitas coisas no nosso cenário político irão mudar, irão evoluir, em meio a muita preocupação e a muitos erros também. Vejo nesses arcanos que, com muita luta, tentarão acertar coisas que antes fizeram de forma errada, ou que não deram a devida importância no tempo certo. Acredito que pouca coisa irá mudar e, o que for mudado, trará seus frutos apens em longo prazo. Tudo será bastante difícil, os ajustes irão acontecer gradativamente.
Tiragem de Maysa Rodrigues
Cenário Político: 7. O Carro + Nove de Espadas.   Dilma Roussef: 21. O Mundo + Pagem de Ouros.
Os Brasileiros diante da Crise: 7. Os Enamorados + Ás de Espadas
Cartas do Russian Tarot of St Petersburg
Dilma Rousseff : O Mundo + Pajem de Ouros. A Presidenta Dilma poderá ter o seu mandato cassado ou pedir para sair, porque vejo nesses dois arcanos, que o ciclo dela como mostra a carta do Mundo, está se fechando. O Pajem de Ouros mostra que são poucos os retornos positivos que ela terá ou ela não enxergará direito o que fazer, nem que medidas tomar. Acredito que o ciclo dela como presidenta esteja terminando.
Os brasileiros diante da crise : Os Enamorados + Ás de Espadas. Muitas dúvidas e incertezas. Vejo, inclusive, o uso da força – passeatas, protestos – como já estão acontecendo e acontecerão com mais frequência. Claro que, como já sabemos, a insegurança dominará os pensamentos dos brasileiros, muitos vão se sentir perdidos.
07/09/2015
Contato com a Autora:
Maysa Rodrigues - www.facebook.com/maysarodriguesfranco
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
O Ermita na leitura de Alberoni
 
Desfecho à vista
  O Ermita na leitura de Alberoni
Partilhe seus comentários ou deixe questões para os Autores responderem
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil