Home page

13 de dezembro de 2018

Responsável: Constantino K. Riemma


  6. Os Namorados | 7. O Carro | 8. A Justiça | 9. O Eremita | 10. A Roda da Fortuna  
 
  ____   Poemas para Os Namorados (Os Amantes)  
____
 
 
 
Futuro Indiviso  
Marco Aurélio Teixeira
 
Diva me disse um dia: a Vida
é uma dádiva e a dúvida é o diabo
– não dividas teu ser
e não dês vida às imagens
que te farão descer à vida;
não te deixes mais invadir
pelo desejo à matéria,
cedendo lugar à aspiração
que pode conduzir ao ditoso
destino de volta ao divino.
Disse eu: a verdade dói, Diva:
mas, como devo proceder
para achar meu dom profundo,
e desvendar os mistérios do mundo?

Declarou ela, sorrindo: és doidivanas,
mas não te vou deixar agora:
descobre o discernimento dentro
e dá as costas para a realidade fora,
de densos e infindáveis moldes
que tanto te causam danos,
dizimando tua energia como drenos
na dança do manifestado,
e, sendo de fato dono de ti,
devagar, sem mais divagar,
dá a devida atenção
para a chance de mudança,
depois transmutação:
do desejo em vontade
e da densidade em luz;
abre teu coração, deixa o dilema
e a dor de ter duas naturezas
e dedica-te a dar condição
para que desabroches teu ser,
através de lenta depuração,
muita tranqüilidade e meditação.
E sem descanso, teus guias
te hão de conduzir nessa empreitada
 
 
6. Os Enamorados no GOM Tarot
 
 
 
  e na grande escalada para outra dimensão!
2006 
 
 
  6. Os Namorados | 7. O Carro | 8. A Justiça | 9. O Eremita | 10. A Roda da Fortuna  
 
  ___________   Poemas para O Carro  
___________
 
 
 
Desafio  
Abelard Gregorian
 
Um desafio aos homens que lutam:
alcançar a vitória sem mãos pesadas
 
 
 
 
 
 
  e, o êxito, sem rédeas curtas...
outubro.05
 
 
 
 
Busca  
Flávio Alberoni Farias
 
Persigo o conhecimento
que é meu por herança
e que perdi
há anos
por aí.

Noto que minha atitude
é errada
e o desperdício imenso.

Deixo-me levar
pela rede de emoções
e a meta se dispersa;

deixo um tolo acidente
desviar minha atenção
e o esmorecimento marca
a soberana intenção!
Também paro com freqüência
para apreciar a flor amarela
que preenche de ternura
o meu coração...

E o mundo todo caminha
por não esperar um tolo
que não sabe buscar
e conquistar o que é seu,
realmente seu
 
 
07. O Carro no GOM Tarot
 
 
 
  e apenas seu, por divino direito!
27/08/05 
 
Flávio Alberoni - odontologista, coordena grupos de
estudos esotéricos nos quais utiliza os arcanos do tarô.
Poeta, colabora na seção de Poemas e no Fórum.
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Contatos: alberoni@uol.com.br
 
  6. Os Namorados | 7. O Carro | 8. A Justiça | 9. O Eremita | 10. A Roda da Fortuna  
 
  __________   Poemas para A Justiça  
__________
 
 
 
Mão de Libra  
Cristina Guedes
 
A balança-algoz
que trago na mão esquerda
não pesou nenhuma ranhura
da tua grandeza.

A balança-algoz que trago na mão esquerda
não é a mesma que me roubou a emoção,
nem a que equilibrou a lei da razão.

A balança-algoz que trago na mão esquerda
é a verdade derradeira,
contente de ser vertiginosa,
memória-lícita, primeira.

E circulando esboçada,
a balança-algoz,
foi se fazendo noviciada.
Porque no teu peito imaturo, foi inflamada
 
 
8. A Justiça, no Tarot Shadowscapes de Stephanie Pui-Mun Law
Tarot Shadowscapes de Stephanie Pui-Mun Law
www.shadowscapes.com
 
  como febre tecida em palavra.
outubro.08 
 
 
 
 
Canto para a Justiça
(aos tribunais do céu e da terra)
 
Cristina Guedes
 

É realmente justa, Senhora, tua argumentação
E de acordo com Ovídio, Fáeton foi punido
O verso altivo e forte não teve apelação
Como já sei desse esquisito abismo
Desejo ao mesmo poeta tal exortação.

É realmente justa, Senhora, tua argumentação
Nada a não ser lançar as penas ao frio
E deixar Ícaro voar em metamorfisação
Torná-lo excessivamente mais vivo
E fazê-lo entender que a novidade do vôo é a duração.

É realmente justa, Senhora, tua argumentação
Segurar no peito as flechas de inimigos
E sustentar nos ombros o perdão do amigo
Enquanto o amor novo anda sem destino
Lavar a floresta de feras da civilização.

É realmente justa, Senhora, tua argumentação
Tu que ensinas ao homem a inscrição
Tu que aconselhas a mulher à separação
Tu que salvas do naufrágio a criança sem direção
 
 
 
 
 
  Tu que amaldiçoas muralhas de maldição.
setembro.08 
 
 
 
 
Invocação a São Miguel Arcanjo  
Encaminhado por
Luiza Maria P.O. Papaleo
 
São MiguelArcanjo,
defendei-nos neste combate;
sede nosso auxílio contra as maldades
e ciladas do demônio.
Instante e humildemente vos pedimos
que Deus sobre ele impere,
e vós, Príncipe da milícia celeste,
com esse poder divino,
precipitai no inferno a Satanás
e aos outros espíritos malignos
que vagueiam pelo mundo
para a perdição das almas.
 
 
Saint Michael
Saint Michael
www.126.photobucket.com
 
  Amém.
26/09/05
 
 
  6. Os Namorados | 7. O Carro | 8. A Justiça | 9. O Eremita | 10. A Roda da Fortuna  
 
  ___________   Poemas para O Eremita  
___________
 
 
 
Meditação  
Rodrigo Araês
 

Busquem a voz interior,
é a voz do silêncio.

O Mestre vos fala
de maneira clara, lúcida, vibrante

Não se distraiam
neste momento sagrado.

Aqui o caminho é traçado,
cessam todas as dúvidas,
ressurge a esperança
no coração dos crentes.

Quando o dia escurece
é o único refúgio.

Não titubeiem
o Mestre vos espera
de coração aberto.

 
 
Paulo, O Eremita
Paulo, o Eremita
Meister von Meßkirch
1535-40
 
 
novembro.04 
 
 
 
 
Caminhos  
Abelard Gregorian
 
Em caminhos sem fim,
o tempo passou.
Para minha aflição e consolo
o mestre que me guiava
um dia confessou:
"A morte se insinua,
e continuo ignorante;
mas não é sem esperança".
Em meio à pobreza do não-saber,
permanece o mistério
da humana peregrinação
 
9. O Eremita no Tarot de Oswald Wirth
 
  na busca do despertar.
agosto.05
 
 
 
 
Mestre  
Alberoni
 
Pelo mesmo Mestre
ao lado mora a esperança,
e seu portal fica mais ao leste,
onde renasce todos os dias
nosso desejo, nossa ânsia
nossa vontadeenvolvida
 
 

 

 
 
 
  por outros portais!
agosto.05 
 
 
  6. Os Namorados | 7. O Carro | 8. A Justiça | 9. O Eremita | 10. A Roda da Fortuna  
 
  ________   Poemas para A Roda da Fortuna  
________
 
 
 
Arcanos 10 e 17  
Alberoni
 
No fluxo e refluxo das ondas
e de novo elas nos envolvendo
cobrindo nossos corpos
não nos deixando pensar.
Nada a fazer
 
 
 
 
 
  a não ser... boiar!
maio.07
 
 
 
 
Roda  
Alberoni
 
Mandei notícias amanhã,
não hoje. Foi num vislumbre
de domínio do espaço e do tempo
e mandei o seu recado amanhã.

Talvez o receba hoje,
entre as demais cartas do correio,
ou quem sabe já a tenha lido
antes mesmo que eu a tenha enviado
e por isso está assim:
cabisbaixa, escondendo o olhar
como eu esperava ao ler minhas palavras
recebidas bem antes de escrevê-las.

Talvez afinal acorde
para o que acontece neste universo mágico
e assuma seus atos
como magistrais. É isso que eu faço
na surdina da noite
pois de dia, frente ao Sol
frente a vida que assumo clandestino ...

 
 
10. A Roda da Fortuna no Tarot de Crowley
 
 
 
  Tenho medo.
fevereiro.07 
 
 
 
Amor na Roda  
Alberoni
 

Quando o amor
bater na sua porta,
atenda com rapidez.

Até por não haver jeito,
pois ele é exigente,
quebra suas rotinas,
rompe os limites de sua vida,
e o faz voar.

Você passa a encarar tudo
de outra maneira,
quando ele surge.

Há mais risos
onde normalmente não há,
mais cores, mais vida
em toda parte,
e você, meu amigo sonha,
sonha muito
sem parar.

Se o amor
bater na porta de sua casa,
não hesite: abra essa porta.

Não será apenas um vizinho,
ou um ilustre convidado
que chega de repente para um jantar;
é sua própria vida
que renasce
para lhe dar uma alegria
 
 
10. A Roda da Fortuna no Tarot Gringonneur
 
 
 
  sem par.
outubro.04
 
 
 
 
Movimentos  
Alberoni
 
Pela liberdade
não basta querer.
Há que seguir o impulso dado pelo vento
e voar sem temor.

Aproveitar o instante
aquele particular instante
que talvez não surja outra vez.

      -   -   -  

Quando vier a nosso espaço
saiba que já estive por aqui
e voltei algumas vezes.

Não por nada, mas também
não por mero hábito já consagrado
por alguns anos juntos na trilha.

Apenas para beber uma energia
do qual sou sedento
e para lançar a esta energia meu pleno discernimento.

As coisas mudam, movidos pelo arcano 10
 
 
10. A Roda da Fortuna no Tarot Waite
 
 
 
  Como poderia ser diferente?
fevereiro.07
 
 
 
 
Momento  
Alberoni
 
A sombra de um instante
esconde o teu momento.

Virá de supetão
virá de repente
virá como um furacão?

Ou como uma luz serelepe
aberta e agitada como um leque!

Aproveite o momento
tantas vezes adiado
aproveite o momento
tantas vezes adiado
aproveite o momento.

Que vibrará autêntico
e abraçará esplêndido
na sombra de um instante
 
 
Uma representação artística da Roda da Fortuna
 
www.gradus-ad-musicam.com
 
  todo o teu ser.
2006/07
 
 
 
 
Para Luiz Carlos Kozlowski  
Alberoni
 
Ouvi o seu chamado,
antes que o fizesse –
quase como um grito
que transpareceu ao toque.

Talvez não ouça minha voz
no meio dessa turba
que ainda o acompanha
por escolha.
Jogue fora essas armas
que a penumbra vela,
por confundir sua luz
que já é chama e nasceu eterna!

Foque sua consciência em mim
rompa seu coração repleto
segure seu sorriso...

E o marco solItário
que você ainda é
verdadeiramente.
 
 
10. A Roda da Fortuna no Tarot Mitológico de Lis Greene
 
 
 
  se revela
outubro.2005
 
Flávio Alberoni - odontologista, coordena grupos de
estudos esotéricos nos quais utiliza os arcanos do tarô.
Poeta, colabora na seção de Poemas e no Fórum.
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Contatos: alberoni@uol.com.br
  6. Os Namorados | 7. O Carro | 8. A Justiça | 9. O Eremita | 10. A Roda da Fortuna  
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2018 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil