Home page

23 de setembro de 2017

Responsável: Constantino K. Riemma


O Tarô de Aleister Crowley
Compilação de
Constantino K. Riemma
Crowley encontra cultuadores pelo mundo todo, graças à fama de mago, de possuidor de poderes ocultos. Seu baralho também é muito difundido, o que se deve, em grande parte, à bela criação de Frieda Harris, que rompe com a iconografia clássica do tarô. O Thoth Tarot é prestigiado por praticantes de ocultismo e interessados em operações mágicas.
O baralho de Crowley, por outro lado, também é alvo de reparos por parte de historiadores mais exigentes. O título "Tarot de Thoth", por exemplo, retoma simplesmente o nome adotado por Etteilla, em 1783, para pegar carona na hipótese da origem egípicia do tarô. No entanto, em ambos os casos – no baralho de Etteilla e no de Crowley – os desenhos das cartas pouco têm a ver com a iconografia egípcia. Para reforçar essa linha de observações constata-se que os títulos dados aos arcanos menores no baralho de Crowley, em grande parte estão longe de atributos esotéricos ou iniciáticos, mantendo ao contrário o sentido da cartomancia popular.
 
O Tarô de Thoth pode ser adquiridos na loja virtual especializada em
produtos esotéricos e parceira do Clube do Tarô: www.simbolika.com.br
 
 
10 de Paus no Tarô Crowley
 
7 de Ouros Tarô de Crowley
 
10 de Espadas no Tarot de Aleister Crowley
 
As belas pinturas de Frieda Harris por vezes colidem com os títulos das cartas:
Dez de Espadas: Opressão;  7 de Ouros: Fracasso;  10 de Espadas: Ruína
Para ver ampliações e percorrer a Galeria clique sobre as cartas.
Se Crowley é valorizado pelos autores voltados à magia e outras práticas operativas, não faltam informações, como as de Colin Wilson, sobre situações em que prevalesceu a manipulação personal de seus dons. Em seu socorro, contudo, é lembrado que ele não representa um caso isolado. A apropriação subjetiva dos Ensinamentos constitui, nos dias de hoje, um quadro muito mais acentuado, que ultrapassou os limites das artes mânticas e do ocultismo praticado por ele e por outros até o início do século 19.
 
Estudos sobre o Thoth Tarot de Aleister Crowley e Frieda Harris
  Galeria das cartas desenhadas por Frieda Harris para o baralho de Aleister Crowley:
Arcanos Maiores  |  Naipe de Paus  |  Naipe de Ouros  |  Naipe de Espadas  |  Naipe de Copas
 
  A Temperança ou A Arte de Crowley. Ensaio de Cláudia Ferrari sobre as correlações da carta com personagens mitológicos e outras linguagens simbólicas : A Arte  
  As Espadas de Crowley: as cartas numeradas no Thoth Tarot. Emanuel J Santos reflete sobre os desafios levantados pelo baralho de Aleister Crowley e Frieda Harris: As cartas numeradas do naipe de Espadas de Crowley-Harris  
  Apresentação do Tarô de Crowley, em que Valéria Fernandes oferece indicações básicas sobre o Thoth Tarot desenhado por Frieda Harris: Um baralho com toque surrealista  
  O Tarô de Crowley-Harris ou Tarô de Thoth, texto em que Cláudio Carvalho, um praticante desse baralho, apresenta um pouco da história da elaboração dos desenhos e as justificativas de sua organização: Comentários sobre o baralho de Crowley
 
  Heavy Metal: A Ponte entre Crowley e o mundo da Música. Simone Gomes Omega discute as relações dos metaleiros com a aura polêmica de Aleister Crowley: Provas das influências
 
  A própria besta. Colin Wilson conta as peripécias, os poderes e a sombra de Crowley: O Oculto  
  Horóscopo de Crowley, análise dos astrólogos Elizabeth Nakata e Douglas Marnei: Mapa astral  
Atualizado: janeiro.16
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2016 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil