Home page

23 de fevereiro de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


  APLICAÇÕES / Leituras & Previsões / Painéis temáticos < voltar  
  Aplicações: Adriana | Emanuel | Flávia | Gian | Jaime | Luna | Maysa | Ricardo | Titi | Valquíria  
  Posturas: Benedita | Denise | Falcão | Isabel | Kimon | Mara | Rodrigo  
O que aprendi
  Maysa Rodrigues Franco  
Na minha jornada com o tarot e na base do que aprendi, o meu conceito dos arcanos maiores com relação à saúde é o seguinte:
O Diabo no Tarô Mitológico
O Diabo
Tarô Mitológico
 
O Mago - saúde espiritual
A Papisa - útero, ovários, intestinos
A Imperatriz - nervos, stress
O Imperador - articulações e estômago
O Papa - coluna vertebral e cabeça
Os Enamorados - estômago, pés, garganta, maxilares
O Carro - desgaste físico, cuidado com as pernas
A Justiça - pressão arterial, coração e diabetes
O Ermitão - usa sua sabedoria pra prevenir doenças
A Roda da Fortuna - estado de ânimo alterado
A Força - obesidade ou problemas sexuais
O Enforcado - problemas cármicos
A Morte - problemas de pele; melhora considerável
A Temperança - rins, retenção de líquidos 
O Diabo - confusa, cuidado comos órgãos reprodutores
A Torre - coluna vertebral, ossos e cabeça
A Estrela - alegrias
A Lua - órgãos genitais femininos, para homens vícios
O Sol - sensibilidade nos olhos
O Julgamento - apatia
O Mundo - saúde perfeita
O Louco - abuso de remedios
maio.10
Contato com o autor:
Maysa Rodrigues Franco - maysa.rodriguesfranco@hotmail.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
  Aplicações: Adriana | Emanuel | Flávia | Gian | Jaime | Luna | Maysa | Ricardo | Titi | Valquíria  
  Posturas: Benedita | Denise | Falcão | Isabel | Kimon | Mara | Rodrigo  
Arcano 13. A Morte x Doença x Saúde
  Flávia Castellar (Ilankay Soncco)  
Vamos enfocar o arcano 13, o Arcano Sem Nome, como aquele que traz as transformações necessárias, na maior parte das vezes doloridas e sofridas, para que se estabeleça a saúde de uma forma que integre corpo, alma e espírito.
Entendemos Saúde como um estado de ser, que inclui nossa vida como um todo, onde moramos, com que trabalhamos, quem amamos, como nos alimentamos, que hábitos temos,
A Morte no Phoenix Tarot
A Morte
Phoenix Tarot de Paola Angelotti
 
quais são nossas buscas, nossas angústias e como fazemos para encontrar nossa segurança e as respostas para nossas necessidades, tanto as mais básicas e essenciais quanto as mais  supérfluas. Como conseguimos nosso equilíbrio físico-psico-emocional, no nosso dia a dia.
Doença é um estado contrário a esse equilíbrio, é quando por diversas razões nos afastamos das nossas verdadeiras vontades , da nossa vocação,  do nosso dharma para vivermos de crenças e padrões fora de nós.
Então, ai vem o arcano 13, para nos avisar e nos libertar de todas as amarras que nos adoecem física e emocionalmente, vem para trazer a radical e necessária transformação dos padrões que já não servem mais, e que muitas vezes insistimos em nos apegar, e vem mexendo com toda a falsa segurança acumulada, de relacionamentos, de bens materiais, de trabalhos, até de profissão, de filhos, de família, para mostrar que a verdadeira segurança e a saúde estão dentro do nosso bem querer, da nossa gratidão pela vida, do amor que podemos doar, da esperança sempre renovada pela fé em cada dia que nasce, estão na luz da consciência que ilumina cada passo desse caminhar.
E tem mais, o arcano 13 simboliza o fim de um ciclo, quando sai numa tiragem sobre doença, significa o fim dessa doença, o restabelecimento, a cura definitiva. Num jogo da saúde, é o arcano sem nome, que sinaliza o que deve morrer, para que a vida e a saúde se restabeleçam.
Não existe morte, por isso o arcano 13 é o arcano sem nome, existem passagens, mudanças leves, moderadas ou radicais. É a Eterna Mudança necessária para que a vida continue acontecendo. É a Imortalidade e a Impermanência.
E o tarô, como oráculo, pode ser um poderoso instrumento na prevenção de doenças, a medida que trabalha  questões subjacentes a uma possível doença física, psíquica ou emocional.
Morrer para o que aprisiona é transformar, é transmutar, é curar as doenças e assim promover Saúde, objeto constante do nosso viver.
maio.10
Contato com a autora:
Flávia Castellar (Ilankay Soncco) - ilankaysoncco@gmail.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
  Aplicações: Adriana | Emanuel | Flávia | Gian | Jaime | Luna | Maysa | Ricardo | Titi | Valquíria  
  Posturas: Benedita | Denise | Falcão | Isabel | Kimon | Mara | Rodrigo  
O Oráculo como promotor da cura
  Carlos Falcão  
Ao abordarmos o tema saúde podemos criar um caminho de pensamento mais amplo buscando identificar o que envolve o termo "saúde". Bem-estar, qualidade de vida, boa alimentação, comportamento positivo com o próprio corpo e a própria mente entre outros tantos conceitos... Temos aí um campo bastante amplo de estudo na área humana e também no exercício do uso do oráculo específico para esse fim.
Fundamentalmente percebo o tarô não como uma ferramenta divinatória, mas sim de orientação e principalmente "promoção da cura". Vamos deixar o termo "cura" aberto e amplo sem restringi-lo em situações específicas, posição que é comum adotarmos.
O processo de manutenção ou recuperação da saúde é um conjunto de ações amplas e envolvem atitudes que deveriam ser vistas como "multidisciplinares". Não podemos recuperar a saúde apenas do ponto de vista médico alopático se não mudarmos nossos hábitos alimentares, ou posturas corporais ergonômicas no ambiente de trabalho ou qualidade da energia mental dos nossos pensamentos cotidianos (cito esses poucos apenas como exemplos). Não podemos por outro lado recuperar um bem-estar físico apenas com "meditações" se o corpo físico já necessita de intervenção medicamentosa para recuperar um estado clínico de equilíbrio. Nada deve ser descartado.
Temos disponíveis infinitos canais e caminhos de cura e promoção da saúde física e mental que a vida nos apresenta também em conseqüência de séculos e milênios de estudos realizados nas mais diversas culturas que desenvolveram e desenvolvem seus próprios meios de atingir um objetivo que é comum a todos. Prolongar a qualidade de vida e a própria vida carnal.
O oráculo entra nesse assunto como um facilitador identificando situações de ausência de saúde podendo trazer
 
Il Papa no Tarocchi Tavaglioni
O Papa
Tarocchi Tavaglioni

uma visão mais clarificada sobre a origem da doença ou do desequilíbrio da saúde humana como um todo. Essa orientação é fundamental não apenas do ponto de vista de diagnóstico/prognóstico, mas a forma com a qual as energias se apresentam ao oraculista permite que se amplie a visão sobre a própria doença, suas origens e conseqüências. Esse contato com essas informações talvez seja a mais preciosa contribuição dos oráculos na área da saúde.

Despertar o ser humano em todos seus corpos (físico, mental, emocional, psíquico e espiritual) para as necessidades que nós temos do ponto de vista do equilíbrio desses corpos e de nossa própria energia como um todo é uma contribuição de grande relevância que o tarot oferece a quem busca orientação.
maio.10
Contato com o autor:
Carlos Falcão - www.fractal12.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
  Aplicações: Adriana | Emanuel | Flávia | Gian | Jaime | Luna | Maysa | Ricardo | Titi | Valquíria  
  Posturas: Benedita | Denise | Falcão | Isabel | Kimon | Mara | Rodrigo  
O Tarô Terapêutico
  Isabel Cristina Roveda  
Não é difícil fazer a relação entre Tarô e saúde, pois o Tarô com seus 78 Arcanos é muito rico e nos dá muitas relações com a saúde. Eu especialmente trabalho com a leitura do Tarô, com uma visão metafísica e com o acompanhamento dos florais.
O Julgamento no Waite Tarot
20. O Julgamento
Tarô de Waite
 
Muitos Arcanos falam sobre a saúde, e entre os Arcanos maiores destaco o Arcano XII, o Enforcado, que nos traz como a própria figura representa, um momento em que me sinto paralisada, sem ação. Neste período que se vive o Arcano XII existe muito stress, angústia e ansiedade, pois as coisas não fluem, há beco sem saída e a pessoa se sente falida.
O Arcano XX, o Julgamento, me mostra o perfeccionismo, culpa e uma auto crítica muito grande, uma cobrança interna para a perfeição levando o consulente a uma tensão e a um sofrimento muito grande, pois ele não relaxa.
Dos Arcanos menores o naipe de espadas é o que me traz mais simbolismos na questão de doenças. Podemos começar com o Arcano três de espadas, que me fala de dor, mágoa e tristeza. O Arcano cinco de espadas me mostra medo e insegurança. O Arcano nove de espadas mostra a crueldade consigo mesmo, sofrimento, stress, depressão, auto punição e vícios. O Arcano dez de espadas faz referência a ruína, a mente está densa, saturada, pensamentos negativos, medo da loucura, fala claramente em depressão.
No naipe de paus o Arcano dez remete a opressão, sobrecarga, fluxo vital bloqueado por padrões morais.
No naipe de ouros o Arcano cinco fala de preocupação, medo em relação ao dia de amanhã, perfeccionismo, ansiedade e pessimismo.
O Tarô é sem dúvida a melhor ferramenta de auto conhecimento, quando consigo compreender o momento que estou passando, consigo passar por essa situações com reações menos dramáticas, deixando de culpar a Deus e aos outros por minhas mazelas.
A leitura do Tarô proporciona para o consulente, um meio de encontrar o equilíbrio, para assim, com o uso do livre arbítrio fazer suas escolhas.
O processo de auto conhecimento é o único caminho que tenho para me encontrar, e assim viver uma vida plena e feliz.
maio.10
Contato com a autora:
Isabel Cristina Roveda - www.isabelroveda.blogspot.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
  Aplicações: Adriana | Emanuel | Flávia | Gian | Jaime | Luna | Maysa | Ricardo | Titi | Valquíria  
  Posturas: Benedita | Denise | Falcão | Isabel | Kimon | Mara | Rodrigo  
Mandala & Saúde
  Mara Rúbia Ribeiro  
Existem tarólogos que usam a metodologia de analisar as questões de saúde através da interpretação das simbologias das cartas pelas perguntas feitas pelo consulente. Outros, e estou incluída ai, adotam a metodologia citada por Nei Naiff em seu livro “Tarô, Oráculo & Terapia” no capítulo “Saúde e Terapias”. Este método consiste em interpretar as questões, partindo da casa do jogo da Mandala que corresponde também as questões de saúde que se posiciona na Casa 6.
Exemplifiquemos: o Arcano Lua pode nos indicar quando posicionado na Casa 6 da Mandala, por exemplo, que podemos estar nos deparando com alguém que na área da cabeça ou proximidades, pode estar com problemas de saúde crônicos, inflamações ou até mesmo algum problema ligado a depressão, problemas emocionais.
A partir desta analise da Casa 6 que se tornará agora a Casa 1 da Mandala da saúde, a casa inicial, buscaremos também averiguar outras áreas que, combinadas, podem também dar maior amplitude a leitura e informações. Cabe ressaltar que é interessante estar observando também o jogo como um todo, ou seja, observar os arcanos e suas posições.
Como sabemos, não somos médicos, não diagnosticamos ou tratamos nossos consulentes, “apenas indicamos as possíveis áreas fragilizadas” e orientamos a busca por tratamentos especializados para sanar os problemas que se apresentam nas áreas indicadas pelo tarô.
Para que o jogo fique mais completo, isto é opcional, podemos fazer uso de cartas de conselho e perguntas objetivas.
 
Mandala de Bia Quevedo
As casas astrológicas

www.northpointastrology.com

Assim, é interessante para o tarólogo fazer constantes leituras e estudos, verificando a veracidade, a praticidade e a adaptabilidade de metodologias existentes referente a este tema, pois sempre haverá minúcias nos jogos que devem ser observadas e trabalhadas. E mais ainda, o tema tarô é infinito, quanto mais pesquisamos e estudamos e praticamos, mais construímos nossa bagagem de conhecimento e experiências.
maio.10
Contato com o autor:
Mara Rúbia Ribeiro - www.tarotespiritualidade.blogspot.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
  Aplicações: Adriana | Emanuel | Flávia | Gian | Jaime | Luna | Maysa | Ricardo | Titi | Valquíria  
  Posturas: Benedita | Denise | Falcão | Isabel | Kimon | Mara | Rodrigo  
Humanidade doente
  Benedita Rodrigues  
A carta que tirei do meu Tarot da Intuição, tarot de minha autoria, a carta Gaia, a carta Traições e Icu, no que resume a terra, ou seja, a humanidade está doente, com sofrimentos da alma e não do corpo. Essas almas infectadas de angústias, tristezas, medos e solidão mesmo estando rodeada de gente faz dessa epidemia, de falta de saúde espiritual, que haja
Árvore
www.jigzone.com
 
o comprometimento da saúde física, mental, emocional e financeira, já as traições neste caso são as desconfianças que as pessoas estão em relação aos seus próprios meios fazendo a carta Icu levar os nossos obstáculos  a serem maiores do que é de fato, pois as pessoas estão se matando pelo mundo material e esquecendo de viver as maravilhas simples da vida, a ponto de que coisas do cotidiano ao invés de darem prazer revertem-se em um estresse.
Quando a humanidade se livrar de tanta tecnologia conseguirão realmente ver o quanto é belo o mundo real, aí então obtendo-se a cura física, espiritual, emocional e financeira.

O sistema de saúde deveria se fixar mais na cura emocional do que físico, pois a terra está enferma da alma. Precisando de atenção, carinho, afago, família, amizade, de um almoço de domingo com frango assado, macarronada e refrigerante, mulheres no preparo do almoço e colocando a fofoca em dia, os homens conversado e bebendo uma cervejinha, as crianças correndo brincado de pique-pega, de esconde-esconde, e no final do dia dormir para descansar o corpo, pois a mente descansou dos problemas. Viver a vida com alegria pois somente a alegria pode combater a carta de Icu. Vamos fazer uma aliança com a simplicidade para sobreviver a esse caos.

maio.10
Contato com o autor:
Benedita Rodrigues - benedita@netlivre.net
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
  Aplicações: Adriana | Emanuel | Flávia | Gian | Jaime | Luna | Maysa | Ricardo | Titi | Valquíria  
  Posturas: Benedita | Denise | Falcão | Isabel | Kimon | Mara | Rodrigo  
As ajudas do Tarô
  Rodrigo B. Parra  
Solidão no Osho Tarot
Solidão

Osho Tarot

 
A saúde física e atividades esportivas já estão nos planos e em nosso dia a dia. Algumas vezes devido ao mundo moderno perdemo-nos e nos envolvemos com coisas que não são tão habituais ou quase extra-humanas, onde as cartas sim darão maior clareza e abertura ao nosso bem viver, orientando-nos no trabalho, nos relacionamenos e rede de relacionamento. Mas existe principalmente a saúde mental que deve ser preservada e não temos muitas vezes controle nem maturidade suficiente para lidarmos com situações que não são habituais, um atendimento sério em tarot, dá "o direcionamento correto, do que fazer e onde ir", quando não estamos preparados e quando se tem uma vidência, ou consulta em tarot, tanto em negócios quanto em saúde emotiva e de relacionamento, abrem-se boas perspectivas para não nos desgastarmos e vivermos de acordo com as conspirações que o universo tem a nosso favor.”
maio.10
Contato com o autor:
Rodrigo B. Parra - www.tarotorientacaopessoal.blogspot.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
 
Para conhecer outros tópicos do Painel sobre Saúde e as Cartas, clique nas opções abaixo:
  Aplicações: Adriana | Emanuel | Flávia | Gian | Jaime | Luna | Maysa | Ricardo | Titi | Valquíria  
  Posturas: Benedita | Denise | Falcão | Isabel | Kimon | Mara | Rodrigo  
APLICAÇÕES / Leituras & Previsões / Painéis temáticos < voltar  
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil