Home page

20 de setembro de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


  APLICAÇÕES / Leituras & Previsões / Painéis temáticos < voltar  
  Aplicações: Adriana | Emanuel | Flávia | Gian | Jaime | Luna | Maysa | Ricardo | Titi | Valquíria  
  Posturas: Benedita | Denise | Falcão | Isabel | Kimon | Mara | Rodrigo  

A saúde e as cartas

 
Os textos de quinze tarólogos podem ser percorridos em dois grupos:
Aplicações - com estudos sobre signficados das cartas quando aplicadas ao tema da saúde;
Posturas - com comentários sobre o níveis de abordagem, precauções e técnicas de leitura.
 
Um check-up com o oráculo?
  Adriana Carneiro  
“Decifra-me ou devoro-te!” Dizia a esfinge, assustando os viajantes de Tebas, desafiando-os a decifrar os enigmas que enfrentariam, caso fossem corajosos, do contrário seriam devorados. Assim é a proposta desafiante da vida. Como podemos diante de um mistério tão grande decifrar esse enigma e assim viver de maneira saudável? Saúde é vida, é movimento ascendente, é evolução! Tudo começa com a saúde do espírito!
Como decifrar tal enigma? Dizia Sócrates: “Conheça-te a ti mesmo”. Um mistério que, se não conseguirmos revelar, nós cairemos em dor, sofrimento mental, espiritual e por fim físico! Com o autoconhecimento, temos a possibilidade de vivermos melhor e com saúde.   
Espelho
O Espelho
Arte de Isabel Filipe
www.isabelfilipeartdesign.blogspot.com
 
Conhecer a nós mesmo não é uma tarefa fácil, nem rápida e para isso precisamos de métodos de investigação, pois nossas defesas dificultam muito o processo. Para um bom exame de consciência, devemos vencer as barreiras do ego. Então podemos contar com o velho oráculo e seus símbolos universais, o Tarot, que sempre propõe uma mudança no próprio ser num único gesto: “Olhar para dentro de si!” No momento em que buscamos esse olhar, temos que estar prontos a tudo que se passa em nosso íntimo, para encontrarmos um caminho de respostas, descobertas e possibilidades. Esse mergulho no sótão do inconsciente pode estimular o desejo de cura nos levar a vencermos padrões de comportamento falidos e ao que nos levou a adoecer. O corpo físico padece depois de ter sofrido avarias no espírito, afetando as emoções, então tudo que está hoje refletindo no físico outrora foi afetado no plano emocional e na esfera espiritual. Algo foi feito durante o plantio
para que a colheita não tenha sido satisfatória.

O Tarot é uma ferramenta de grande valia no exame de consciência, que convida a uma reflexão de, onde e como esse plantio foi feito e nos indica, de que forma poderíamos buscar a cura dessa dor que colhemos atualmente. Ele funciona como um “check up”, nos direcionando para as áreas adoecidas do nosso comportamento e consequentemente do nosso corpo físico.

Vamos a partir do que dissemos até aqui, observar as laminas do Tarot e as pistas que elas apontam dos nossos comportamentos que nos fizeram padecer e onde, em nosso físico devemos dar maior atenção. O que estará ameaçando nossa saúde e bem viver.

Explicarei de modo bem resumido os arcanos maiores, relacionando-os com o tema proposto:
As cartas do Louco e da Temperança alertam contra a negligencia que estamos lidando com nossa saúde, o Louco aponta uma renúncia, um descuido das responsabilidades e dos cuidados com o corpo físico. No caso da Temperança, algo como um “empurrar com a barriga”, uma falta de vontade de se curar, de se tratar, o famoso “Depois eu vejo isso!” Podemos identificar uma resistência.
O Mago, a Força, o Sol e a Estrela anunciam boa saúde, são arcanos que nos falam de vitalidade, juventude, vigor físico, esclarecimento e a fé. A força revelando a vontade. O Sol trazendo a cura e o esclarecimento tão desejado, um diagnóstico, um conselho. A Estrela mostrando que a fé é algo fundamental para a cura. O Mago mostrando entusiasmo de viver.
A Papisa traz a forma mais sutil da doença, com uma febre ou uma desordem ginecológica e dentro dessa mesma abordagem vem a Imperatriz nos advertindo além das doenças dos órgãos femininos, as moléstias psíquicas, dores de cabeça, gravidez e suas complicações, desordens mentais. Bem como a Lua na depressão, nos transtornos de humor, mas pode alertar para um mal com origem espiritual.
O Imperador deixa claro a relação da conseqüência da autoexigência e autocrítica, rigidez de princípios que atacam de maneira cruel nas doenças do estomago por exemplo, ou algum determinado tipo de cancer.
O Papa mostra a necessidade de um médico, de um período de investigação, exames clínicos.
OS Enamorados e a Justiça referem-se aos males de órgãos que temos aos pares, como rins, ovários, pulmões. Mais que isso os enamorados nos falam das alternativas da medicina, outras formas de tratamento que não a alopatia, as demais opções que temos hoje, como a homeopatia, o reiki, florais, massagem, acupuntura, fitoterapia e uma gama imensa de possibilidades. As outras fontes de cura que temos ao nosso dispor. O Mundo também apontando os muitos horizontes no caminho da cura, ele fala da visão holística da saúde, tanto quanto e mais ainda do que a carta dos Enamorados.
O Carro vem com a esperança, o alento à dor. Todo o movimento que é preciso para buscar a saúde, tanto interno quanto externo.
O Eremita e as doenças senis (exemplo do Reumatismo, o Alzheimer), mesmo as doenças resultantes de um isolamento social. Mas, pode representar também a longevidade.
A Roda da Fortuna chega com uma mudança radical, uma cura, ou até uma recaída. Ataques fulminantes (coração, derrame). Surpresas da vida que, mesmo quem está em dia com os cuidados da saúde pode passar.
O Enforcado propõe algum período de imobilização, de paralisação nas atividades ou de problemas com a circulação.
A Morte remete aos ossos e também às doenças terminais. Mudanças necessárias a nossa evolução.
O Diabo fala dos vícios, das doenças ligadas ao apego material, ao fumo, as doenças venéreas, o alcoolismo, a dependência química.
A Torre pode anunciar uma cirurgia de emergencia, acidentes, abortos, riscos iminentes.
O Julgamento nos dizendo da necessidade de um exame mais profundo da saúde, um período que investigação é prioridade no momento.
Nesse texto eu apenas discorri de maneira livre acerca do que cada arcano indica ao falarmos da saúde, mas é necessário o tarólogo observar um panorama mais abrangente utilizando-se de um método de tiragem adequado para cada situação e contar com o auxílio indispensável dos arcanos menores. Só desta forma a investigação se torna mais detalhada e rigorosa.
E, se me permitem uma brincadeira: “Os mistérios espirituais da saúde advertem, façam seu check-up periódico com o oráculo!”
maio.10
Contato com a autora:
Adriana Carneiro: www.deltapsi.blogspot.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
 
Para conhecer outros tópicos do Painel sobre Saúde e as Cartas, clique nas opções abaixo:
  Aplicações: Adriana | Emanuel | Flávia | Gian | Jaime | Luna | Maysa | Ricardo | Titi | Valquíria  
  Posturas: Benedita | Denise | Falcão | Isabel | Kimon | Mara | Rodrigo  
APLICAÇÕES / Leituras & Previsões / Painéis temáticos < voltar  
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil