Home page

25 de outubro de 2021

Responsável: Constantino K. Riemma


  março.2021
Pela hora da morte
Rui Sá Silva Barros
Historiador e Astrólogo
Na gripe espanhola a segunda onda foi mais severa que a primeira e o mesmo se deu agora: surgiram novas variantes mais contagiosas e letais, regiões que passaram bem na primeira estão penando agora (África e o sul do Brasil são exemplos). Além disto, o inverno foi muito severo no Norte e as enxurradas frequentes na América do Sul. Terremotos leves ocorrem na Oceania. No ano passado ocorreu a maior aproximação dos 5 planetas lentos neste século e isto ainda vai reverberar por um tempo.
Terra brasilis
Da verba destinada à pandemia sobraram 80 bilhões no ano passado e agora faltam vacinas, leitos, equipes médicas, oxigênio e outros itens, é um exemplo do que se denomina necropolítica. A partir de novembro as curvas de contágio e mortes subiram e nenhuma providência foi tomada.
Torre de Babel - Dança macabra
A dança macabra, tema de inúmeras esculturas e pinturas depois da peste negra no século 14.
https://www.planocritico.com/plano-historico-danse-macabre/
Júpiter se aproxima do Ascendente e Urano de Saturno natal que rege o Asc. (veja o mapa do Brasil).  Isto está relacionado a uma porção de temas como fronteiras, a imagem do país no exterior, características geográficas e o tipo de população – e não povo que é um conceito político visto na casa 4. A população está sendo submetida a uma verdadeira asfixia e a quantidade de pobres e desempregado só aumenta.  E diante disto o Congresso, boa parte do Judiciário, as associações empresariais e o Conselho Federal de Medicina em total silêncio.
Economia — A pandemia tem e terá um impacto profundo, muitos idosos morreram e eram aposentados que tinham o rendimento mais regular da família, seus dependentes penam. Muitos milhares de pessoas contagiadas e recuperadas estão com sequelas sérias que exigem tratamento, muitas cirurgias, consultas e exames foram adiados e o SUS continuará sob pressão mesmo depois da pandemia.  Portugal estava sob tremenda pressão em janeiro, aplicou um lockdown de duas semanas e o nível de contágios e mortes refluiu, isto sai bem mais barato que o abre e fecha praticado por aqui.
Petrobrás — Foi fundada em 3 de outubro de 1953, com Sol e uma conjunção Saturno/Netuno em Libra, um tradicional símbolo de nacionalismo. Ela está no centro da crise que se arrasta desde 2014, tanto pelo rastro de propinas como pelo projeto que tinham para a companhia. Pouco depois do impedimento de Dilma o modelo de exploração de petróleo foi mudado e a política de preços acompanha as variações do mercado mundial; os dois processos foram comandados por gente ligada ao PSDB, José Serra e Pedro Parente.
Em 2018 eclodiu a primeira crise com a greve dos caminhoneiros. A subida de preços prosseguiu, a distribuidora foi privatizada e as refinarias estão na fila, daqui a pouco estaremos exportando óleo cru e importando derivados (gasolina, diesel, nafta etc.). De volta ao mundo colonial. O problema é que o custo de transporte de pessoas e mercadorias sobe e pressiona a inflação, um problema a mais para a população e os protestos podem começar.  Com o anúncio da troca de presidente na Petrobrás houve uma grande lambança: a notícia vazou e muita gente apostou numa baixa de ações e ganhou muito dinheiro, o valor das ações despencou, na semana seguinte novo aumento do preço do combustível. A troca foi mais uma implicância do governante e uma satisfação aos motoristas de caminhão.
Torre de Babel - Exploração colonial
Exploração colonial.
www.todoestudo.com.br/historia/o-ciclo-do-pau-brasil
Lava Jato e a realidade — Desde o início a operação foi alvo de críticas por parte de advogados, intelectuais e jornalistas (Reinaldo Azevedo com destaque): prisões preventivas sem prazo, escutas nas celas e fones de advogados, condenações baseadas em uma delação, atuação conjunta do juiz e procuradores, interferências do Depto de Justiça e FBI americanos etc. Com a divulgação do material hackeado não há mais qualquer dúvida foi tudo isto e mais, o processo todo reverberado pela imprensa. Além das condenações e prisões, a operação provocou um baque tremendo na Petrobrás e nas grandes empreiteiras, centenas de milhares de empregos foram perdidos.  Moro foi recompensado com um cargo no novo governo e ficou até compreender no que tinha se metido e saiu, agora ingressou numa multinacional americana, um fechamento perfeito para o circuito.
O ministro Fachin do STF anulou todas as condenações de Lula por considerar que não podiam transitar em Curitiba. O dólar subiu e a Bolsa caiu e soaram sinais de alarme: o homem pode concorrer em 2022. Devagar com o andor, tem muita água para correr, tem muito general disposto a mandar recados ao STF como fez o Villas Boas em 2018 por ocasião do pedido de habeas corpus.
A crise didática — O atual desgoverno e a pandemia escancararam características essenciais do país: precariedade, improviso e negligência. A educação básica sempre foi problema com níveis baixíssimos de avaliação, no sistema de saúde sempre encontramos hospitais abandonados, equipamentos degradados, material farmacêutico em falta, meses para uma consulta. A segurança pública viveu num feliz consórcio com o narcotráfico e sempre matou pobres nas periferias, o sistema tributário sempre foi caótico, a informalidade era e é metade da força de trabalho. Leis pegam e outras não nesta república de araque. Por óbvio o autoritarismo e o racismo também ficaram escancarados.
Agora tudo foi elevado à enésima potência e custa a crer que idosos de 80 esperem de pé em filas homéricas pela vacinação sem um protesto. Os governadores foram saudados como os que tomaram iniciativas, se no ano passado tivessem se associado e feito um chamado na TV por 10 minutos, provavelmente não estaríamos nesta situação, mas cada um cuidou de seus interesses eleitorais. Em Volta Redonda, recentemente, o prefeito fanfarão recebeu 6 mil doses e convocou os maiores de 60 anos (eram 100 mil) criando um brutal engarrafamento e aglomeração de pessoas. Se diante de tal confusão criminosa não mudarmos de rumo vamos direto ao abismo.
Políticos e jornalistas especulam sobre as eleições de 2020, gente séria deve se preocupar com os meses seguintes, pois a situação é tal que podemos viver sob estado de emergência e outras calamidades.
Mundo afora
Um sopro de liberdade foi o título que dei às previsões para 2021. Ocorreu um golpe militar em Mianmar e a população protesta nas ruas há semanas, na Argélia saíram às ruas para pedir eleições, na Espanha também para pedir direitos trabalhistas e protestar contra a prisão da rapper Pablo Hesel, no Paraguai protestos pelo péssimo manejo da pandemia no que resultou na troca de alguns ministros. E dada à pobreza reinante em várias regiões isto deve se espalhar.
EUA — O governo mudou, mas o imperialismo não. Biden nem esquentou a cadeira e as provocações e sanções econômicas contra a China, Rússia, Irã e Venezuela, inclusive ressuscitando Guiado. Em meio a pandemia os militares ainda acharam tempo para bombardear militares iranianos na Síria, uma ajudinha à reeleição de Netanyahu em Israel.  A taxa de juros dos títulos de 10 anos subiu recentemente o que expressa preocupação com a alta da inflação, com o gigantesco déficit fiscal  e dívida pública.  No Texas, que passou recentemente por uma grande nevasca, o governador republicano resolveu abrir conflito com Biden por conta da imigração e relaxamento das restrições à pandemia. O termo Neanderthal foi usado na discussão pública. Marte ingressou em Gêmeos e ativará Urano, o Ascendente e o próprio Marte natal (veja o mapa dos EUA), sinal de mais destempero suavizado pela passagem de Júpiter pela Lua no MC.
Torre de Babel - Nevasca no Texas
Texas abaixo de zero
www.climainfo.org.br/2021/02/17/texas-abaixo-de-zero-frio-e-tempestade-causam-blecaute-historico-no-berco-do-petroleo
China — Com Saturno em trino ao Sol, Mercúrio e Netuno em Libra (veja o mapa da China), o país rebate acusações prontamente e comemora o centenário da fundação do Partido Comunista. Tem que lidar com problemas de fronteira sérios. Em Hong Kong está tomando providências para bloquear ingerências americanas e britânicas. A província no extremo oeste é habitada por uigures mulçumanos e há denúncias sobre repressão, o governo está incentivando migração de chineses e miscigenação. Taiwan é o maior problema, pois sem apoio da população local não é possível anexação, mas se reconhecer a independência do país no dia seguinte uma base militar americana estará instalada a alguns quilômetros da costa chinesa.
União Europeia — Com Saturno em quadratura e Urano em conjunção ao MC (poder executivo, veja o mapa da UE), um sinal claro de mudanças e turbulências. A liderança agora apoia o cerco americano à Rússia e ameaça com sanções econômicas, se este país cortar o fornecimento de petróleo e gás, os europeus vão penar um bocado tendo que importar do Oriente Médio ou EUA e pagando mais caro. A recessão bateu forte no continente e quando a atual onda da pandemia arrefecer vamos ver protestos. Quanto aos russos, eles estão contentes vendendo sua vacina para quem quiser comprar.
Dia das Mulheres
Elas estão nas equipes de saúde, linha de frente de combate à pandemia, muitas perderam trabalho e renda, muitas continuaram a trabalhar cuidando da casa e dos filhos, elas estão nas farmácias, feiras e mercados garantindo o essencial, muitas sofreram violência porque homens são suportaram a tensão da atual situação. Elas garantiram a solidariedade porque entendem quanto trabalho custa para formar e educar uma nova vida.
Admiro muitas mulheres notáveis e encontrei várias pela vida.  Dentre elas selecionei duas que têm particular ressonância para nosso tempo. São duas poetisas, uma russa e outra brasileira.
Na década de 1930 a União Soviética passou pelos infames processos de Moscou que liquidou a velha guarda bolchevique e qualquer suspeito de oposição ao regime. Anna Akhmatova tinha o único filho preso em Leningrado e durante meses ia diariamente para a fila das mulheres diante da prisão para ter notícias de pai, marido, irmão ou filho. Um dia uma mulher na fila reconheceu a poetisa e perguntou se ela conseguiria escrever algo sobre o sofrimento que passavam.  Ela escreveu uma coletânea (Réquiem) que só pode publicar muitos anos depois, é um dos pináculos do século 20.
Eis a Introdução:
Isto aconteceu quando os cadáveres/ Felizes, descansavam de bom grado./Pendurada em seus cárceres, inútil balançava/ Como um peso morto, Leningrado./ E, no auge louco do tormento/ Como lacônicas canções de adeus/ Entre as filas destacadas dos detentos/ camburões cantavam pneus/Estrelas de morte a nossa volta/ E a Rússia inocente em carne viva/ Sob ensanguentadas botas/ E o trote das locomotivas.
(1940, tradução de André Nogueira).
No ano seguinte a cidade foi cercada e bombardeada impiedosamente pelos nazistas por 4 anos.
Torre de Babel - Anna Akhmatova e Cecíia Meireles
Anna Akhmatova e Cecília Meireles
Imagens em: www.saint-petersburg.com/famous-people/anna-akhmatova
e www.infoescola.com/literatura/cecilia-meireles
Além de escritora Cecília Meireles foi uma pedagoga que participou tenazmente pela reforma da educação no país desde os anos 1920. Defendeu teses, escreveu inúmeros artigos para jornais, e foi importante na luta pela fundação da primeira Universidade pública federal, no Rio em 1935. Foi uma poetisa especial com poemas curtos, líricos e densos. Dela indico o Romanceiro da Inconfidência, musicada e gravada por Chico Buarque que pode ser ouvida no Youtube:
Na comunidade astrológica (profissionais, praticantes e estudantes) elas são maioria e poderia citar uns 50 nomes, mas as homenagens ficam para as decanas que tanto fizeram pelo nosso saber: Maria Eugênia, Ana Maria e Celisa.
Rui Sá Silva Barros é historiador, astrólogo.
Mestre em História social (USP) e autor de textos sobre simbologia
(Esoterismo, ciência e sociedade). Pesquisador em Kaballa (Tarô e Qabbalah).
Oferece consultas astrológicas com ênfase nas soluções para todos os temas.
Contatos e informações: rui.ssbarros@uol.com.br ou fone: 11 2367-9179.
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Edição: CKR – 9/03/2021
Fórum: partilhe seus comentários ou deixe questões para o Rui responder
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2020 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil