Home page

25 de outubro de 2021

Responsável: Constantino K. Riemma


  Torre de Babel - agosto.2021
As 1001 noites tenebrosas
Rui Sá Silva Barros
Historiador e Astrólogo
Meteoros caindo e o início do turismo espacial, informatização em marcha e hackers agindo diariamente, dois temas de Aquário previstos na primeira crônica do ano por ocasião da conjunção Júpiter/Saturno. Nada de especial na previsão, são dois temas clássicos aquarianos. Calor escaldante no Norte com grandes incêndios na Grécia, Turquia e oeste americano; ondas de frio e seca no Sul, extremismos no clima e na política.
A contente mãe gentil
Covardia Depois de tantas agressões, omissões e mentiras do Executivo, só muxoxos e silêncio por parte do Congresso, Judiciário, imprensa e associações de empresários, um dia o país acorda sob um regime de exceção e teremos mais lamúrias. Jessé de Souza intitulou uma de suas obras A elite do atraso, a palavra elite não cabe aí, só temos uma escumalha.  Agora o TSE e STF abriram inquéritos contra Bolsonaro, mas como a conciliação por cima é nossa praxe é de ver se a coisa prospera. Estes entreveros ocorreram com Sol (Leão) em oposição a Saturno (Aquário) no céu.
A oposição cambaleia, as manifestações não avançam e ela não conseguiu sequer construir uma rede digital competitiva. Consola-se pensando que teremos eleições tranquilas no ano que vem e que Lula é imbatível. Nada disto está garantido e Lula pode ser detido por um tiro, um novo processo judicial ou uma grande campanha de difamação na imprensa.
Maluf vive Ciro Nogueira, Arthur Lira e Ricardo Barros são 3 arcanjos do sertão, filhos diletos de Paulo Maluf fundador do Partido Progressista, herdeiro da velha Arena. Foi o partido com mais políticos investigados pela Lava Jato, isto para honrar a memória do velho que roubava, mas fazia. Que eles estejam em postos chave só acentua o que já aparece à luz do dia atualmente, o dinheiro público deve ser privatizado imediatamente para o bem geral da nação.
Borba Gato — Durante 3 séculos a província de São Paulo era pobre, um lugar esquecido por Deus e Diabo. Com a chegada do café tornou-se rica e no final do século 19 era a maior economia do país. Os bacharéis caipiras começaram a cogitar um empreendimento cultural que desse um verniz de civilidade, partiram então para embelezar o triste passado e criaram a mitologia dos destemidos bandeirantes no Instituto Geográfico e Histórico SP e depois no Museu Paulista sob a batuta de Afonso de Taunay que exibiu uma coleção de retratos dos bandeirantes cujo modelo era calcado em reis franceses. Quem tem interesse no assunto pode consultar a tese de Thais Chang Waldman, Entre batismos e degolas, disponível na internet.
Domingos Jorege pintado por Benedito Calixto
Domingos Jorge pintado por Benedito Calixto em 1903,
duzentos anos depois da morte do bandeirante. 
www.wikipedia.org
Numa região de agricultura familiar a necessidade de escravos era pequena, morreram muitos mais índios de doenças infeciosas trazidas pelos europeus. É de lembrar que os destemidos usavam armas de fogo contra lanças e flechas. O recente ataque à feia estátua de Borba Gato gerou controvérsias, penso que seria muito mais produtivo lutar pela população indígena atual que vê suas terras invadidas por garimpeiros e madeireiros, vê sua gente infectada pela covid com um suporte precário e sua condição de vida em degradação permanente.  Em resumo, o heroísmo e as representações visuais são miragens.
Visitas indesejáveis Apareceu por aqui Beatriz, deputada do AfD (Alternativa para a Alemanha), partido racista, xenófobo e neonazista, a pequerrucha é neta do ministro das Finanças de Hitler, ótimo pedigree, e foi recebida com pompas e cerimônias no Palácio, o que provocou urticárias na comunidade judaica. No intervalo de um mês dois altos funcionários dos Serviços de Segurança americanos também pousaram aqui, vindo aconselhar o governo a não aceitar o 5G chinês. Se os chineses deixarem de nos comprar cereais, carnes e minério de ferro, o Brasil fecha para balanço.
Olimpíadas — Mesmo sem apoio e improvisando locais de treinamento, os atletas brasileiros fizeram bonito e ganharam o maior número de medalhas até agora. Como de costume atletas negros ou mestiços brilharam, com destaque para as mulheres. O torneio terminou com uma lunação em Leão próxima à Vênus do mapa da independência do país.
Perdas — Em uma semana perdemos 4 intelectuais: Roberto Romano (filosofia política), José Arthur Giannotti (filosofia da linguagem), Francisco Weffort (sociologia política) e José Ramos Tinhorão (música popular brasileira). Eles deixaram um legado de pesquisas e obras e muito aprendi com elas.
A questão crucial — Há 40 anos, o Brasil é um país de renda média que carrega uma enorme pobreza. A economia do país não consegue formalizar metade da mão de obra e o resultado é horrível: mais de 50 mil assassinatos por ano, roubos e golpes a perder de vista, terceiro lugar mundial em população carcerária e primeiro em consumo de crack, milhões em situação de extrema pobreza, subnutrição e fome. Desde o tempo colonial há uma população excedente e ninguém sabe o que fazer com ela.
Embarque de café no porto de Santos  na década de 1910
Embarque de café no porto de Santos na década de 1910
De  stravaganzastravaganza.blospot.com
Há os querem manter esta situação:
1 – Através de uma ditadura clássica, com censura e execução sumária de oponentes e bandidos. Improvável, o apoio interno é pequeno e o externo nulo ou mesmo oposto.
2 – O projeto do atual governo através do reforço da atividade policial e armamento generalizado. Mais atividades informais como garimpo, extração de madeira e pastoreio. Algum programa de renda popular. Pouco apoio interno e chances de rebeliões populares.
3 – Os liberais nos garantem que nossa vantagem comparativa é a extensão de terras e nossa vocação é a agropecuária. Pena que as pessoas não entendam isto e migrem para as favelas das cidades. Quando as coisas desandam eles batem na porta de um quartel e voltamos para a primeira opção.
A tentativa de mudança:
4 – Os governos do PT que aproveitando o boom das matérias primas exportadas valorizou o salário mínimo, criou o crédito consignado e o Bolsa Família. Tentou aumentar a formalização com o MEI e as domésticas, mas não as faxineiras. Estes ganhos foram revertidos nos últimos 5 anos, pois os ciclos da economia mundial viraram e a legislação trabalhista retirou proteção dos formalizados.  Este ciclo político não deteve a desindustrialização nem a informalidade que mina o movimento sindical.
A saída:
5 – Incentivo ao investimento concentrado em ciência & tecnologia com a criação de alguns produtos de ponta com alto valor agregado. Investimento concentrado em educação e saúde públicas.  Há inúmeras reformas a fazer, mas sem quebrar a dependência tecnológica a transformação não é possível. A conjunção Urano/ Netuno na casa 11 do mapa do país pede por isto. No momento a tarefa é nos livrar das duas pestilências.
Sinalização astrológica — Urano faz trino e Marte cruza o Sol natal dia 17, a lunação leonina cai próxima a Vênus, Saturno retrógrado faz trino a Lua/Júpiter natal que também recebe a passagem do nodo lunar norte.  Tudo isto estimula as casas 7 e 8 e mantém a temperatura elevada. Veja o mapa do Brasil.
Mundo afora
A pandemia continua imprevisível e agora faz estragos na Ásia com a variante delta e a negligência dos governos, mesmo na China reapareceram casos. Muitas questões só serão respondidas em alguns anos e outras não: quantas pessoas foram infectadas? Não saberemos, pois os testes foram poucos e os assintomáticos foram centenas de milhões no mundo. Crianças e jovens são contagiados por várias doenças infeciosas, por que são relativamente imunes ao vírus Sars? E como estas perguntas várias outras ficarão sem respostas.
Gripe espanhola em São Paulo
Gripe espanhola em São Paulo
www.jornal.usp.br
De seguro sabemos que a gripe espanhola (1918/9) foi muito mais letal porque agora temos mais conhecimento e recursos médicos. Que onde a vacinação avançou registrou-se uma queda expressiva nas internações e mortes. Há muitas controvérsias nos meios médicos, mas é compreensível, a bioquímica tem um século de existência e a genética pouco mais demeio século. Já se discute atualmente se haverá necessidade de uma terceira dose porque ninguém sabe ao certo a duração da imunidade proporcionada pelas atuais vacinas.
Há em circulação muitas teorias conspiratórias sobre a Big Pharma e não há dúvida alguma que ganharam muito dinheiro com a pandemia, não só com as vacinas, mas também com remédios e equipamentos que triplicaram de preço. Li artigos que garantem e citam fontes que ocorreram muitas mortes provocadas pelas vacinas, se isto fosse real teríamos que admitir um complô de toda a imprensa espalhada no mundo, o que é improvável.
E agora emergiu a questão ideológica, depois de um arranque decisivo um terço da população americana se recusa a vacinar, tendo o governo que pagar 100 dólares para as pessoas que concordarem, ou seja, os que se vacinaram estão pagando para os que não confiam. A lunação leonina cai no setor 4 do país, os fundamentos, o povo como conceito político. A polarização chegou a este ponto. Veja o mapa dos EUA).
Na Europa há grandes controvérsias e manifestações contra o comprovante vacinal para várias atividades públicas e sociais. Evocam o direito de liberdade de escolha, mas neste caso concreto a recusa pode significar contagiar outras pessoas e, eventualmente, leva-las à morte. É na realidade uma total falta de solidariedade e não levam em conta que em muitas viagens já se exigia um comprovante de vacinação e o mesmo na matrícula de crianças.
A lunação em 16 de Leão atinge pesadamente a Índia e Israel e muitos outros países com planetas em Leão, clique em mapas no cabeçalho e verifique, sinal certo de turbulências.
*   *   *
Nádia Oliveira
Nádia Oliveira — Mais uma querida amiga e colega que partiu. Era suave e gentil, sempre com um esboço de sorriso dançando nos lábios. Participou do crescimento da Gaia onde lecionou e formou muitos astrólogos. Conhecia astrologia cármica a fundo, a astrologia de Alice Bailey e andou pesquisando astrologia em relação com a magia, um tema da Renascença. Mantinha o site www.nadiaoliveira.com.br
Boa viagem querida e até mais.
Rui Sá Silva Barros é historiador, astrólogo.
Mestre em História social (USP) e autor de textos sobre simbologia
(Esoterismo, ciência e sociedade). Pesquisador em Kaballa (Tarô e Qabbalah).
Oferece consultas astrológicas com ênfase nas soluções para todos os temas.
Contatos e informações: rui.ssbarros@uol.com.br ou fone: 11 2367-9179.
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Edição: CKR – 09/08/2021
Fórum: partilhe seus comentários ou deixe questões para o Rui responder
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2020 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil