Home page

21 de abril de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


  ARCANOS MAIORES / As 22 cartas / 21. O Mundo / A semana do Mundo < voltar  
  Mensagens:  0 | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21  
A semana do Mundo
 
Valéria Fernandes
 
    Dica: quando para orientar a semana ou o mês sorteamos o arcano XXI, vislumbrarmos a real capacidade de lançarmos mão dos Quatro Elementos da Natureza em nosso cotidiano sem a necessidade de esforços mirabolantes ou magísticos para um resultado satisfatório e
eficaz. Naturalmente, a Água contida nesta lâmina aflora os sentimentos de amor e beleza que temos para ofertar, a Terra faz lembrar que a concretização dos anseios acontece por meio da prática diária da dedicação, o Fogo instiga a força criadora e a imaginação emanando energias revigorantes para o nosso ser, e o Ar não nos deixa esquecer do equilíbrio e da objetividade que precisamos para manter a mente em estado de alerta. A aparição do Mundo soa como um generoso convite a nos movimentarmos pelo Universo no qual estamos inseridos, repleto de riquezas a serem exploradas em prol do crescimento pessoal.
    Ponderação: a vibração emitida por este arcano revela leveza, soltura e ânsia por exteriorização, em razão de muitas vezes termos nos habituado a transitar em um único mundinho fechado e particular gerado em torno de nós, cheio de autodefesas e de redomas que só atrapalham o convívio com a realidade que está ao redor. Trata-se de um momento não só oportuno, mas também favorável para colocarmos o “pé na estrada” e enfrentarmos a vida com a predisposição de amadurecer; dominando passo a passo a evolução individual, sem castrar a autonomia que a alma em seu estágio de desenvolvimento solicita para manter os anseios de intensidade e de liberdade que fazem parte de um caminhar saudável e nutrido pelo vigor.
    Alerta: este arcano sugere que o espírito inquieto em busca de sua frenética independência pode mansamente se equilibrar e que, através da aceitação, os opostos que nos povoam se integrem harmonicamente em união. A dica é para estabelecer plena comunicação afetiva entre nosso
 
21. O Mundo - Il Mondo - Tarocchi Classici
I Tarocchi Classici
Rocca e Gumppenberg - 1835
Alligo e Spadoni - 2006
corpo e mente, consciente e inconsciente, lógica e intuição; visando alcançar toda a plenitude que o positivo e o negativo têm para nos proporcionar no instante em que as polaridades deixam de se confrontarem.
    Mãos à obra: acredite que pode dispor de todas as forças que a natureza reserva para o aperfeiçoamento individual; receba de bom grado as variadas vibrações desta carta para desenvolver os potenciais de descobertas que por hora estão mais latentes; valorize o seu lugar ao sol, sem ansiedade ou temor; e não esqueça de confiar na força originada pelo Cosmo como fonte geradora de sabedoria e de recomposição.
    Meditação: na ao desejar ser estimulado pela carta O Mundo, preste atenção na delicada e sutil dança da figura central da lâmina e coloque-se no lugar dela na tentativa de desvendar seus próprios desejos de ir além do previsível, permitindo-se seduzir por todos os encantos que a cercam. Siga primeiramente sua intuição, veja as possibilidades reais do que pode acontecer, inspire-se na experiência que está vivenciando, para então ter uma boa capacidade de julgamento quando for fazer suas conclusões.
Dicas para preparar o ambiente:
Local: tranquilo e aberto
Incensos: Alfazema, Hortelã, Jasmim e Lírio
Cores de velas: branca, azul, vermelha e amarela
Símbolo: Guirlanda
Letra hebraica: Shin
Elementos da Natureza: Água, Terra, Fogo e Ar.
agosto.09
Contato com a autora:
Valéria Fernandes - www.taroetaro.blogspot.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
  Mensagens:  0 | 1 | 2 | 3| 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21  
ARCANOS MAIORES / As 22 cartas / 21. O Mundo / A semana do Mundo < voltar  
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil