Home page

21 de abril de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


  ARCANOS MAIORES / As 22 cartas / O Louco / A semana do Louco < voltar  
  Mensagens:  0 | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20| 21  
A semana do Louco
 
Valéria Fernandes
 
    Dica: ao consideramos o arcano 0 ou XXII como indicador dos caminhos durante uma semana ou mês, somos naturalmente chamados a conduzir nossas jornadas diária pelas vias que dão acesso a um horizonte ilimitado e com ares mais jovial, tendo a leveza como guia e a descontração como companheira por um percurso que não precisa ter hora marcada para
um eventual ou possível fim. Trata-se de um reencontro necessário com a infância abafada e com os instintos reprimidos que solicitam o livre transitar pela alma com a boa disposição de direcionar os nossos futuros atos de maneira menos formal; agora sem as rédeas que a vida adulta e repleta de obrigações fatigantes involuntariamente nos impôs. Um excelente convite a adentrar numa instigante aventura interior que deverá retornar em reflexo através de um cotidiano preferencialmente feliz. 
    Ponderação: quando bem aproveitada para o talento inventivo, a energia emitida por este arcano ganha cunhos de criação, ajudando à expansão da mente no olhar habitual sobre o universo; transformando à prosa em verso, o revés em sucesso com originalidade singular. O surgimento da carta O Louco deve ser apreciado por olhares atentos para que não caiamos na mais completa desatenção, nos deixando seduzir cegamente pela despreocupação exagerada ou pela impulsividade contida que há tempos não ousávamos a nos aventurar. A dica para não cometer os excessos fica por conta permanecermos abertos aos riscos e às novidades, sem esquecer de exercitar a coerência ao ouvirmos a sábia voz do coração que em épocas inspiradas por esta lâmina ganha espaço maior.
    Alerta: não raro, as influências deste arcano nos enchem de coragem e de predisposição para um constante recomeço, não importando o ponto em que estamos em nossa caminhada ou quão grandiosas é a estrada que teremos que desbravar. O risco de frearmos os intentos acontece quando a passividade e a postura do não-fazer se sobrepõem à espontaneidade do momento, quebrando o
 
0 ou 22. O Loucoo - Il Matto - Tarocchi Classici
I Tarocchi Classici
Rocca e Gumppenberg - 1835
Alligo e Spadoni - 2006
elo com os novos rumos que escolhemos para uma vida de ânimo e ritmada pelo prazer.
    Mãos à obra: permita-se sair dos limites da programação para extravasar juntamente com seu Eu puro, aberto e infantil; recomece de onde desejar sua trajetória ao se ligar ao mundo fantástico da alegria e da imaginação; aprenda a ser feliz em seu cotidiano de maneira responsável, mas sem que seja necessário esquecer de colocar em prática a vivacidade e a jovialidade de espírito que equilibram a rígida automatização das ações.
    Meditação: tradicionalmente a carta O Louco apresenta um homem em pleno caminhar acompanhado de um animal, trajando roupas coloridas e carregando uma pequena trouxa amarrada em um bastão. Seu semblante e postura nos levam a entender que seu estágio é de desligamento material e de soltura interior. Ao contemplar uma imagem com esta, desafie a si ao absolver a sabedoria que a espontaneidade acrescentará em sua vida e aprenda viver um dia de cada vez.
Dicas para preparar o ambiente:
Local: aberto, de preferência com música
Incensos: à vontade
Cores de velas: a que a intuição escolher
Símbolo: ausência de símbolo
Letra hebraica: Tau
Elementos da Natureza: Água e Fogo
setembro.09
Contato com a autora:
Valéria Fernandes - www.taroetaro.blogspot.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
  Mensagens:  0 | 1 | 2 | 3| 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21  
ARCANOS MAIORES / As 22 cartas / O Louco / A semana do Louco < voltar  
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil