Home page

12 de dezembro de 2018

Responsável: Constantino K. Riemma


 
Curso de Tarô  por  Joana Trautvetter
< voltar  
  Estrutura básica do Tarot | O Tetragrama | Tiragem pela Cruz Solar  
  Naipes: | Paus | Copas | Espadas | Ouros  
  Figuras: | Reis | Rainhas | Cavaleiros | Valetes  
Os Pajens
  Joana Trautvetter  
 
    Os valetes ou pajens representam o poder de manifestação final de qualquer processo. Sua ação é inexorável, pois quando as coisas chegam nesse nível de manifestação, estão inscritas no universo. São o fruto de processos anteriores, por isso são vistos como filhos, mas devem ser entendidos como produto final, dentro da vibração de cada mundo.
    Os valetes encarnam o poder da Lei da Atração, realizando o que está programado no nível astral, o que, em alquimia, denominamos coagulação. Sua presença indica algo que toma forma e contém um significado, uma mensagem, tem origem em um propósito. A partir da experiência do valete, se pode tomar o caminho ascendente, de solvência da experiência por meio da cognição, experiência e apreciação interior.
    Por suas características, podem por vezes aparecer indicando uma criança e seu naipe é correlato à sua natureza. Não há como avaliar sexo de um valete, pois temos crianças de ambos os sexos com naturezas de Fogo, Água, Terra e Ar. Lembremos também que a natureza de uma criança não é determinada só pelo signo solar, mas pelo conjunto do horóscopo de nascimento. Como a infância é uma fase muito Lunar, o naipe pode estar também indicando características emocionais, mais ligadas à posição e aspectos da Lua.
 
O Valete de Paus (Pajem de Bastões) no Tarot de Joana Trautvetter
 
O Valete de Bastões
    Filho do poder do Fogo, servidor dos ideais. Representa toda manifestação superior, que comprova a autenticidade do propósito. Este está encarnado no psiquismo da pessoa representada, que se coloca, interiormente, a seu serviço, realizando coisas de caráter idealista. A criança assim representada é uma personalidade poderosa, cheia de potenciais, capaz de realizar propósitos elevados, se for bem conduzida.
    Provavelmente, tem preponderância do elemento Fogo em sua carta astrológica natal. Devido a este fato, necessita receber muito amor incondicional, para não apoiar sua segurança emocional em desempenhos, onde é muito forte, mas pode passar por cima de suas necessidades ou dificuldades emocionais, para não ferir o brilho que projeta. Atividades práticas também são úteis, pois os ideais precisam se manifestar e o telúrico pode não ser forte neste psiquismo.
O Valete de Paus no Tarô de Joana Trautvetter
 
O Valete de Espadas (Gládios) no Tarot de Joana Trautvetter
 
O Valete de Taças
    O valete de Taças é o filho e servidor da rainha, ou seja, é a personificação das realizações motivadas pelo amor. É o amor expresso, vivenciado, sob todas as formas que se pode imaginar. É a atenção, o toque, o carinho, a carícia, o presente, todas as realizações alcançadas pelo caminho do cavaleiro das Taças. As ações visíveis da pessoa referida na abertura estão motivadas pelo amor e representadas de forma palpável, inscritas no universo de maneira irreversível. Uma criança assim representada é uma criança amorosa, provavelmente feliz, criativa, artística. Abraçará com o coração o que vier a amar na vida, portanto, desde cedo é preciso nutri-la com valores elevados, para que desenvolva o idealismo, o discernimento e a capacidade realizadora.
O Valete de Copas no Tarô de Joana Trautvetter
O Valete de Espadas no Tarot de Joana Trautvetter
 
O Valete dos Gládios
    Realização a serviço da mente. Servidor da mente, personificação de uma idéia cristalizada e incrustada em uma situação, atitude ou obra intelectual. Voltamos para o mundo dual, de luz e sombra.
     A manifestação aqui representada pode ter um propósito superior, mas pode servir a propósitos escusos, por isso esse Arcano não é bem visto pela cartomancia, podendo representar um inimigo, alguém que faz intrigas, planta idéias nocivas na mente das pessoas, um espião, alguém em quem não se confia, pois está a serviço de uma intenção que não se tem como avaliar, a não ser pelo desenvolvimento da abertura oracular.
     Quando representa uma criança, sua natureza é ligada ao elemento Ar. É preciso se dar muita atenção ao fato, pois, mesmo indicando inteligência, habilidade intelectual, é preciso avaliar outros indicadores, pois muitas vezes indica carência e sugere que esta criança está imersa demais em seus próprios pensamentos, portanto, pode estar fechada aos ideais mais elevados e ao amor.
    Muitas vezes encontramos crianças feridas em posição mental de defesa, quando este Arcano sai em uma abertura com esse tema.  
 
O Valete de Ouros (Moedas) no Tarot de Joana Trautvetter
 
O Valete de Moedas
    O servidor ou filho dos feitos, a encarnação das obras, indica o obreiro com o fruto de seu trabalho realizado nas mãos. O pajem é o que realiza, o que dá forma definitiva às coisas práticas, materializadas, definidas no mundo fenomênico. É o mais poderoso dos Valetes, o obreiro, inserido em Azyiah, psiquicamente imerso nas questões de trabalho e concretização das idéias. Aqui a força de manifestação é total, são clichês astrais que cumpriram seu propósito, seja superior ou inferior. Um resultado inequívoco é apresentado por esse Arcano.
     Quando representa uma criança, indica uma natureza prática, telúrica, de preponderância do elemento Terra. Criança que facilmente desenvolve o apego material, precisa de atenção para se abrir ao mundo dos ideais e ao preenchimento da necessidade de amor. Os valores do espírito e do coração precisam ser evidenciados.
Atualizado: fev.09
 
Para continuar nos textos de Joana Trautvetter escolha os links:
  Estrutura básica do Tarot | O Tetragrama | Tiragem pela Cruz Solar  
  Naipes: | Paus | Copas | Espadas | Ouros  
  Figuras: | Reis | Rainhas | Cavaleiros | Valetes  
 
Curso de Tarô  por  Joana Trautvetter
 
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2018 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil