Home page

17 de dezembro de 2017

Responsável: Constantino K. Riemma


Previsões para 2018
Previsões com runas  
Corrupção, eleições e Copa
Lúcia Sindoya
 
Natal
2018: um ano decisivo
Rui Sá Silva Barros
Previsões com foco na numerologia de 2018
Força: a face feminina da fera
Cristina Guedes
 
Previsões de Helena para 2018  
2018 - Ano de vibração 2
Helena Gerenstadt
Oraculo Celta
    O que Ogam nos reserva    
Lady Mirian Black
 
Tiago Previsões 2017  
Tendências e Predições
Tiago Lopes
irosun e Ori
Ifá com amarração de Igbô
Paulo César Ribeiro - Loquibaldur
 
Numerologia Betoh  
Sobre o simbolismo do 12
 Betôh Simonsen 
Prognósticos para os Signos em 2018
 
 
 Aguarde novidades 
 
 
Previsões de Titi Vidal
Como 2018 para cada signo?
Titi Vidal
Links para vídeos no Youtube
Previsões de Tiago
Amor, dinheiro e saúde
Tiago Lopes
 
Previsões de Cintia para 2018  
2018 - Ano da Lua
Cintia Cristina Doula
Michele - Amor 2018
O Amor em 2018
Michele Serinolli Santana
 
Tiago Lopes  
Predições & Tendências 2018
Tiago Lopes
2018, ano de vibração 2
Helena  Gerenstadt
Pessoalmente considero o número dois o mais complexo para se colocare em prática em nossa Era de Aquário. O número 2 tem a polaridade que se manifesta internamente e externamente. Tem dois polos: a luz e a escuridão, luz e sombra, o Bem e o Mal, alegria e tristeza, otimismo e pessimismo, doce e salgado, ação e reação... É a alternativa em um mundo dual – Ser ou Não Ser? O número 2 simboliza o outro, a alternativa e a capacidade de decisão. Representa a manifestação da polaridade entre o Ser sensitivo e receptivo.
A vibração 2 está relacionada com a Mãe, além de ser um número passivo e multiplicador das espécies. No tarô está representado pelo Arquétipo da Sacerdotisa.
A Sacerdotisa no Tarô Egipcio da Kier
A Sacerdotisa no Tarô Egipcio da Kier
O número 2 também se relaciona com os bons modos, paciência, tolerância, diplomacia, pacificação, harmonia, equilíbrio, silêncio, dualidades, altos e baixos emocionais, profundidade, passado, saber escutar, dúvidas, feminino, dependência, capacidade de colaboração e associação, sensibilidade, discrição, submisso, passivo, tímido.
No Ano 1 (2017) abrimos as portas necessárias para empreender projetos novos. Durante o Ano 2 será tempo de cuidar bem dos frutos de trabalho realizado no ano anterior. Podem surgir novas oportunidades, mas a escolha sempre será pessoal.
As energias do Ano 2 estão muito relacionadas com a colaboração, cooperação e associações. Representa as relações, afetos, apoios e emoções. É a vibração do casal, da diplomacia, amizade, confiança e a busca da Alma Gêmea. É um grande exercício conviver com o outro, com confiança, sem dúvidas.
Aprender escutar o próximo é de grande valia para o desenvolvimento da intuição e do aprofundamento da relação. As associações devem ser assertivas. Permita que o próximo possa colaborar em nossa meta. As relações ensinam o quanto é importante “receber”, estreitando laços com pessoas que podem abrir portas. Reflita sobre seu papel nas relações,assim como com as conexões.
O ano 2 costuma ser mais lento, menos dinâmico que o Ano 1, portanto se necessitará muita paciência e tolerância. Vale a pena recordar que o ano de 2018 será regido pela Lua, pois 18 é o arquétipo da Lua no Tarô. O arcano da Sacerdotisa estará evidente no próximo ano, assim como nossas emoções, nossa herança genética e nossas águas.
Vamos nos preparar para esse ano tão emocional?
Helena Gerenstadt é terapeuta holística, numeróloga,
atua com Numerologia Pitagórica e a Árvore da Vida, Tarot Egípcio,
gerenstadt@terra.com.br e www.agarta.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Edição: CKR – 3/12/2017
O que o Ogam, o oráculo celta, nos reserva para 2018
Lady Mirian Black
Ogam, conhecido como o “Oráculo Celta das Árvores”, era o alfabeto sagrado e secreto dos povos celtas, amplamente empregado por eles na Magia.
O Ogam que rege cada ano é calculado somando-se os números do ano sem reduzir o resultado a um único algarismo, como se procede na Numerologia, mas considerando como resposta o número que estiver entre 1 e 25, que é o total de símbolos existentes no Ogam. Portanto, o ano de 2018 (2+0+1+8) será regido pela Ogam 11 – Muin, cujo título é “O Insecável - caldeirão de Dagdá”.
Na Mitologia Celta Irlandesa, Dagdá é um dos deuses que mais possuem poderes e artefatos mágicos. Ao tocar sua harpa encantada, por exemplo, fazia as estações caminharem sobre a Terra, mantendo os ciclos da vida em perfeita harmonia. Seu caldeirão, chamado “O Insecável” jamais esvaziava, e todos que dele se alimentassem, sentiam-se felizes e satisfeitos.
O Ogham Muin
O Ogam Muin no "Oráculo Celta das Árvores"
Clique para conhecer
Consequentemente, Muin é a Ogam que traz trabalho, atividade, e diz que para colher, é preciso plantar. Se a pessoa fizer sua parte, Muin garante o resultado na mesma medida do esforço empreendido, ou seja, traz colheita certa, fartura, bonança, prosperidade, retorno financeiro para quem planta com afinco.
Para 2018, Muin mostra que haverá aumento do exercício de atividades remuneradas no mundo ocidental, o qual será notório no Brasil, pois Muin rege o trabalho cotidiano, a execução de tarefas que renderão retorno financeiro certo, é o plantio e a colheita farta, mas não necessariamente rege as profissões, a carreira, tampouco a vocação profissional.
Isso significa que se você está desempregado e está procurando emprego dentro da sua área de atuação, Muin sugere que você procure também trabalhos que não necessariamente estejam relacionados à sua profissão.
Procure novas fontes de renda, novas formas de trabalho, sejam elas informais, autônomas, em horários não usuais, enquanto não consegue recolocação, pois em 2018 é muito mais provável que você consiga uma fonte de renda através desse tipo de atividades.
Com a Ogam Muin como regente de 2018, a mensagem é que trabalho não faltará para aqueles que não têm receio de inovar, de saírem de suas áreas profissionais para tentarem novos desafios.
Esteja certo que com Muin, haverá o retorno financeiro, a recompensa por sua coragem e dedicação ao longo de todo o ano, pois Muin é a Ogam da prosperidade e da constância, ou seja, se você fizer sua parte buscando atividade, Muin garante que você terá trabalho e a retribuição financeira constantes durante o ano de 2018.
Lady Mirian Blacke é autora do
baralho Ogam – O Oráculo Celta das Árvores (veja resenha no CT)
e do livro Ogam – A Magia Celta Revelada (veja na Simbólika)
www.ladymirianblack.blogspot.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Edição: CKR – 3/12/2017
Prosperidade, corrupção, eleições e Copa
Lúcia Sindoya
Corrupção e prosperidade financeira no país em 2018
Jhera invertida / Uruz invertida / Rad invertida
Não será um bom ano em termos de prosperidade para nós brasileiros. Indica mais um ano de processos judiciais contra corruptos, e necessidade de que alguém intervenha para que os recursos do país não sejam desviados pelos políticos envolvidos em escândalos. Operações da polícia federal,julgamento de corruptos e tudo que temos acompanhado até o momento, não serão suficientes para coibir a corrupção, tampouco para alavancar a situação financeira do país
Runas - Lúcia Sindoya
As pessoas ainda terão aquele pensamento recorrente de que em algum momento as coisas vão melhorar, e com isso acabam se acomodando, empurrando com a barriga, achando que alguém intervirá por eles em algum momento. O fato é que o povo continuará não preparado para lutar a favor de seus direitos, e com isso acabamos nos tornando facilmente ludibriados.
No geral, será um ano onde a corrupção continuará sendo assunto em pauta nos veículos de comunicação, até acredito que mais nomes e escândalos venham à tona, mas ainda não vejo soluções de fato para a questão corrupção.
Eleições 2018 - Governo do Estado de SP
Rad invertida / Geofu invertida / Fehu
Como estou por fora dos atuais candidatos, a leitura remete a uma situação "geral" sem apontar vitória de candidato x ou y. Pelo pouco que li, o Alckmin não será candidato novamente, mas as runas apontam para uma mudança para pior – não que agora esteja bom.  Porém espero que as pessoas se conscientizem da importância em se eleger um bom governo preocupado com os interesses da população, sem ficar nessa eterna rixa entre esquerda e direita, pois isso só vai prejudicar a população como um todo.
É possível que partidos façam parcerias para obter privilégios (como sempre), mas com isso, o interesse geral da população seja afetado negativamente.  Sinceramente, acredito que mesmo entrando outra pessoa, serão figurinhas carimbadas, associações visando proveito próprio e não o bem estar da população.
A única runa positiva que saiu nessa jogada foi Fehu, e associada às outras duas tanto pode indicar que o próximo eleito tire proveito financeiro do cargo que ocupará no sentido de enriquecimento ilícito, como pode indicar que com o tempo o estado de SP pode voltar a prosperar mais. Fico na torcida que seja a segunda opção.
Copa do mundo 2018 - Previsão para a seleção brasileira
Junjo invertida / Rad / Isa
Segundo as runas, não será em 2018 que a seleção brasileira volta a levantar o caneco. As runas falam de uma campanha abaixo do esperado, um time limitado, com altos e baixos, vai faltar garra para o time conseguir chegar lá. Tendência de uma campanha medíocre, sem grandes emoções positivas, infelizmente.
Uma runa de aconselhamento para o ano de 2018 : Eihwaz
A runa da sabedoria fala que às vezes passamos por algumas situações complicadas justamente por que temos de aprender a agir de forma diferente. Não adianta você almejar resultados opostos fazendo as coisas da mesma forma.
No mais, será um ano onde as pessoas deverão continuar tentando se conscientizar, se souberem manejar melhor suas rotinas, suas despesas, sabendo que o momento não é de sair extrapolando em nada, mas sim, de tentar manter uma rotina equilibrada e coerente com a sua realidade.
Será um ano propício para amadurecimento, e é indicado que se dê ouvidos aos mais experientes, aprendendo através da sabedoria de vida dos mais velhos. Mas, não será um ano propício para fazer grandes mudanças: espere um momento mais apropriado.
Lucia Sindoya atende com tarô,
baralho cigano, pessoalmente ou online.
www.facebook.com/LuciaSindoyaTarologa
luciatarologa@hotmail.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô : Autores
Edição: CKR – 4/12/2017
Sobre o simbolismo do número 12
Betôh Simonsen
Quem conhece um pouco um simbolismo de um número, sabe que pode ter diversos significados. Quando trabalhamos com símbolos, não podemos seguir uma lógica ocidental, eles não definem nem fecham significados, mas abrem uma janela de potencialidades.
Pensando no número 12, podemos pensar nos 12 signos do Zodíaco. O décimo (Capricórnio) já completou um ciclo, mas ainda temos Aquário, que é uma espécie de síntese de todos os signos do ponto de vista mental, e Peixes (12°) que é uma síntese do ponto de vista emocional ou sensível.
O Pebndurado e uma representação do signo de Peixes
O Pendurado no Balbi Tarot e uma representação do signo de Peixes
Peixes é um signo de ritmo mutável e elemento água. Os ritmos mutáveis procuram conhecimento e experiências, e Peixes procura estas experiências pelo seu envolvimento. Nas densidades mais baixas, pode ser bem atrapalhado, mas nas mais elevadas, é o signo da compaixão, do serviço aos outros, da empatia e da espiritualidade. Não por acaso o cristianismo está tão associado a este signo.
No Tarot, a carta de numero 12 é a do Enforcado. Temida por muitos, pois pode significar uma situação de impotência. Quando ativada em seu melhor aspecto é uma carta de serviço ao próximo e de sacrifício (sacro ofício) idealmente sempre dentro de seus limites e com alegria de alma (se olharmos o enforcado na posição inversa parece que está dançando).
Reduzindo o 12 (1+2) temos o número 3, que no Tarot está relacionado com a carta da Imperatriz, a casa da energia da natureza, muito poderosa.
Betôh Simonsen - betohsimonsen@uol.com.br
Outros trabalhos seus no Clube do TarôAutores
Edição: CKR – 13/12/2017
Numerologia de Ifá com amarração de Igbô
Paulo Cesar Ribeiro - Lokibaldur
A numerologia de Ifá com amarração de Igbô (jogo de avalição dos assuntos apresentados e como resolvê-los) traz um ano Irosun (Iemanjá) comandando o Ori (cabeça). Como ela vem negativa, teremos um começo difícil com tendência de fortes  chuvas e deslizes de terras, em todo país, pois, Ossá (Iansã com Iemanjá menina) estarão presentes.
Possibilidades de um ano com mar revolto e muito mormaço, produzindo doenças com bactérias e fungos. Volta dos problemas com a dengue e com animais e seres humanos mortos. Poderá ser um dos anos com maior aparecimento de meningite nas cidades costeiras e rodeadas pelos grandes rios brasileiros, onde estarão concentrados os maiores índices de desabrigados e mortos.
Riscos de acidentes em grande escala na virada do ano em cidades como Rio de Janeiro, Florianópolis, estrada São Paulo-Santos. Já em  Minas Gerais haverá diminuição da chuva e desastres, porém, doenças como a dengue e semelhantes crescerão.
Irosun e Ori
Hirosun e Ori
Ilustrações de www.pt.wikipedia.org
Já á partir do quarto mês, uma esperança vinda dos plantios com resultados muito bons. O setor de  agronegócios em alta, até na exportação. Problemas  com o SUS ainda estarão em alta.  O sexto mês mostra situações politicas mais definidas. Lula deverá tomar cuidado para não sofrer atentado, principalmente terrestre. Aumento da oportunidade de emprego nos estados do sul, sudeste, oeste e centro oeste, em que a esperança política fará com que empresários invistam. Já o Norte e Nordeste sentirão essa melhora nas primeiras semanas de setembro.
Lula eleito. Brasil na final da Copa, com possibilidade de ganhar invicto, só com um empate. Possibilidades para o Corinthians, Flamengo e Grêmio.  Surpresas na ufologia e possibilidades de descobertas genéticas. Assuntos de comércio brasileiro entram em melhora, porém mais para o final do ano. Muitos dos acordos contra previdência e setores sociais  deverão ser revogados e postos em reavaliação, pelo novo congresso e câmara de deputados federais.
Evitar a cor vermelha e usar mais as cores brancas e tons claros ajudarão bastante a diminuir os obstáculos que aparecerem nos caminhos.
Paulo César Ribeiro - Lokibaldur
ribeiropauloc@hotmail.com e www.facebook.com/ribeiropauloc
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Edição: CKR – 12/12/2017
Tendências e Predições para 2018 - Ano da Lua!
Tiago Lopes
 
“Que a justiça floresça durante a sua vida,
e que haja prosperidade enquanto a Lua brilhar!”
Salmos 72:7
A décima oitava carta do arcano maior do tarot estará regendo o ano de 2018. Este arcano está ligado aos aspectos mentais, as fantasias, o oculto, os segredos, as mentiras, as traições e as ilusões. Então, o que podemos esperar disso?
Olha que interessante! Já no primeiro dia do ano, 01/01/2018 seremos contemplados com o primeiro dia de Lua Cheia e a Lua no tarot marca sua presença com mistérios e magia. Atuando diretamente no subconsciente ela pode despertar os medos e a insegurança, assim como os potenciais ocultos que trazem a evolução de vida. Infelizmente o medo acaba pairando as cabeças de muita gente e da mesma forma que a Lua não possui luz própria algumas pessoas tendem a ser influenciadas por outras fontes, como a mídia que nos bombardeiam diariamente em nossas caras as dificuldades na nossa cidade, no nosso país, no nosso mundo, e muitos acabam assumindo tudo isso como 100% verdade e tomamos uma postura passiva de desesperança de uma qualidade de vida melhor e desistimos dos nossos sonhos. Não é tempo de deixarmos isso acontecer, devemos assumir o total controle das nossas emoções e decisões para que possamos mudar cada um o seu mundo interior e assim o exterior caberá a mudar também.
A Lua no Medieval Tarot Scapini
A Lua no Medieval Tarot Scapini
A Lua sendo um satélite natural do planeta Terra e representar a regência anual do arcano do tarot, indica que veremos grandes movimentações das marés. As águas tomando novos espaços sobre a terra causando destruições e preocupações. Ainda no mundo em geral veremos muitas situações negativas de oportunismo, principalmente dos “grandes” que só pensam em seus próprios umbigos e enquanto isso a humanidade passa por dificuldades. Percebo que haverá dois grandes atos, organizados e planejados com intenções obscuras sobre determinados grupos de pessoas e religiões.
A Lua influencia também as mulheres, dando grande tendência à gravidez, assim como o aumento de crimes descontrolados que assolam o mundo. Existem alguns aspectos principais que devemos tomar atenção, como no amor, pois a Lua no tarot indica situações confusas nas emoções e por isso é importante buscar o equilíbrio, trabalhar o racional para evitar a ilusão e a criações de situações inexistentes que podem causar ciúmes excessivos, brigas constantes e separações. É o ano de trabalhar o empoderamento emocional. Na saúde, pede ainda mais atenção nos quesitos internos, pois tende a provocar distúrbios adormecidos como fobias e depressão, assim como a psicosomatização de doenças. Então uma mente sã é importante para que tenhamos um ano com boa saúde, uma vez que sabemos que a maior parte das manifestações de doenças está ligada ao mental em desequilíbrio. Já no dinheiro é extremamente necessário o controle financeiro e olhar seus gastos fixos. Não será um ano favorável fazer gastos, compras em longo prazo e sim de poupa-lo. Desta forma você evitará as perdas, como compras de coisas que são aparentemente uteis e que na verdade são inúteis que tendem a ter perdas rápidas ou trazer algum prejuízo. A Lua marca a sensibilidade, a espiritualidade e as forças ocultas, demos nos atentar nesta parte, pois a fé deverá estar à frente de tudo para que possamos prosperar.
Realmente, a princípio parece que 2018 não será positivo, mas se nos posicionarmos diante das situações apresentada podemos desenvolver um caminho mais feliz e mais prospero. E como eu faço isso Tiago? Sim, neste ambiente hostil dos últimos tempos nos provocam medos e inseguranças, mas devemos lembrar que devemos estar vivendo na alegria e no otimismo das situações, por mais que os olhos físicos nos façam ver o contrário disso, afinal, do que vai adiantar ficar agarrado aos problemas e situações na maioria externo e está fora do controle e não possamos resolver? Solte as situações negativas! Só encontramos a solução e uma boa visão de resolução das situações quando soltamos. Por mais que a cabeça esteja agitada, cheio de dúvidas e indecisões temos que soltar e relaxar ao máximo possível. Isso nada mais é do que nos observar e perceber que não temos limites. Não tenha medo de arriscar e de dar passos fora do limite que nos empoem, ouse, ouse com sabedoria, dedique-se nos seus propósitos e suas vontades. Só temos a real felicidade quando não esperamos ou dependemos dos outros ou na espera da melhora do governo, é nós mesmo que criamos situações que atraímos. Assuma o seu poder e busque por aquilo que te faz bem. Viva bem, fique bem!
Tenha um 2018 repleto de alegrias e muitas felicidades!
Tiago Lopes,
faz leituras com tarot e baralho cigano
www.tiagotarot.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Edição: CKR – 3/12/2017
Cintia Cristina Doula - www.tarocosmico.blogspot.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Tiago Lopes,
faz leituras com tarot e baralho cigano
www.tiagotarot.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Vídeos para os signos - direto no Yutube: www.youtube.com/watch?v=KaNx5GwNggk
Michele Serinolli Santana - lilithstrega@gmail.com
Outros trabalhos seus no Clube do Tarô: Autores
Tiago Lopes faz leituras com tarot e baralho cigano
www.tiagotarot.blogspot.com

Outros trabalhos seus no Clube do TarôAutores
Painel com diferentes técnicas e linguagens simbólicas: espaço aberto para troca de experiências.
@ Permitida a reprodução. Basta manter o nome do Autor e indicar a fonte: site Clube do Tarô
Edição: CKR – dez.2017
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2016 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil