Home page

01 de outubro de 2020

Responsável: Constantino K. Riemma


  agosto.2020
Quadras no céu
Rui Sá Silva Barros
Historiador e Astrólogo
Marte em Áries começou o ciclo das quadraturas, com Júpiter resultou na explosão em Beirute. Com Plutão os russos anunciaram uma vacina e nos próximos dias será Saturno; então Marte retrograda e faz novas quadraturas em sentido inverso. Há na pandemia também um aspecto netuniano, sua dinâmica depende da quantidade de gente assintomática, cujo número é desconhecido, típica situação netuniana.
A pandemia continua descontrolada no continente americano, exceto Canadá e Cuba, e com repiques na Europa e Ásia, na África não provocou maiores estragos com exceção do Sul. No Brasil ultrapassamos a macabra marca de 100 mil mortes e o contágio chegou a 3 milhões porque a testagem aumentou. O número de mortes pode dobrar, os governantes se acomodaram, pois a pressão dos empresários é grande e a reação popular é quase nula.
Quadras no céu - esperanças na Rússia
Esperança na Rússia
Do site Gazeta do Povo
O governo russo anunciou uma vacina a ser distribuída em outubro e com senso de humor batizou-a de Sputinik. Não publicaram nenhum artigo nem mostraram os testes clínicos realizados, portanto há muito receio a respeito e raiva porque nestas alturas a coisa tomou um matiz político incontornável. Os russos têm boa experiência em microbiologia e seria de espantar que Putin se arriscasse a distribuir uma vacina inócua, seria um golpe fatal em seu prestígio. Urano está no MC do mapa russo, mas em quadratura a Saturno na casa 6 (saúde e trabalho), quer dizer um aspecto positivo e outro negativo, enquanto Marte faz um trino ao Ascendente veja o mapa da Rússia).
Notícias da terra brasilis
Não houve mudança essencial desde o mês passado, o Congresso e os partidos, o Judiciário, a grande mídia e empresas, todos estão de acordo que devem deixar Bolsonero sangrando até 2022 e arrumar um candidato viável para as eleições. Enquanto isto o governo coloca as polícias e parte do Judiciário para encurralar oponentes, em dois anos é possível fazer uma grande destruição. É uma tática doida e suicida.
Surgiram temas laterais como a briga da PGR e a força-tarefa da Lava Jato, é uma luta de mafiosos. A PGR não quer o material de Curitiba para rever as inúmeras ilegalidades cometidas (ver Reinaldo Azevedo ou Intercept), mas para acuar pessoas, partidos e associações. Isto também tem um aspecto profilático eleitoral contra Moro.  O debate sobre as fake news no Congresso patina, para as ameaças de morte e difamação já existe legislação, a questão é delimitar o que é mentira, multiplicação robótica de posts e atentados à Constituição.
Quadras no céu - Arara azul ameaçada
Arara azul ameaçada pelos incêndios no Pantanal
Do site Agência de Notícias Direitos Animais
Genocídios Há três em cursos no Brasil: de pessoas, empresas e biomas. O Ministério da Saúde só gastou 30% da verba disponível na pandemia e morrem pessoas por falta de UTIs e medicamentos. Mais de 6 milhões de micro e pequenas empresas não receberam nenhum tipo de auxílio ou crédito. A Amazônia e o Pantanal ardem descontroladamente neste ano e além dos criminosos, a seca e o vento aceleram a perda da vegetação. O Tribunal Internacional de Haia começou uma investigação sobre o governo brasileiro. E depois disto tudo, Rodrigo Maia engavetou mais de 40 pedidos de impeachment dizendo não ver nenhuma irregularidade.
Economia — Saíram alguns números, mas a situação continua confusa. O IBGE faz o que pode nestas circunstâncias, mas o resultado não é claro. Declara que 9 milhões perderam trabalho no segundo trimestre, mas que o desemprego pulou de 11% antes da pandemia para 13% agora, como se os 9 milhões não estivessem desempregados já que não procuram emprego. A cada dia lançam novos balões de ensaio sobre reforma tributária, a discussão sobre quem vai pagar a conta da pandemia já começou e os cozidos que os alquimistas preparam no Ministério da Economia são bastante indigestos. Quatro secretários já abandonaram o barco e o presidente do Banco do Brasil também.
Corrupção — Veio a Lava Jato e quase destruiu a engenharia civil do país, ela prendeu empresários e políticos. Em vão, chegou a pandemia e a oportunidade dos negócios voltaram com as grandes compras de medicamentos, aparelhos e hospitais de campanha. Os fãs do Moro estão desalentados e suspiram aos céus contra políticos corruptos. Eles ainda não se deram conta que a política virou um negócio faz muito tempo, que a corrupção não é privilégio brasileiro e que em nossa terra há pouca chance de enriquecer: poucos nos esportes, entretenimento e loterias; sobram a política e os negócios com os amigos do Rei. Esta é a razão para que a política nacional tenha se tornado um assunto de famílias, e já estamos nos netos.
Centenários — De nascimento de dois dos mais importantes intelectuais brasileiros, Florestan Fernandes e Celso Furtado, nascidos com 4 dias de intervalo: 22 e 26 de julho. Os dois ensinaram, renovaram os estudos sobre o país, foram exilados, ensinaram no exterior e participaram da política nacional, Florestan como deputado federal e Celso na Sudene, como ministro de Goulart (Planejamento) e Sarney (Cultura).  Florestan tinha o Sol no final de Câncer e a Lua em Libra, Celso o Sol no início de Leão quadratura a Marte (no céu e no mapa do Brasil) e a Lua em Sagitário; os dois tinham Mercúrio, Vênus, Júpiter e Netuno em Leão e Saturno em Virgem, próximo ao Sol brasileiro. Formação Econômica do Brasil de Celso e Revolução burguês de Florestan são livros incontornáveis.
E no mundão
O declínio americano — Milhões de desempregados e despejados, queda de 9,5% no PIB do segundo trimestre, agentes federais nas ruas de Portland prendendo manifestantes e pandemia fora de controle. Como a reeleição ficou mais difícil, Trump partiu para acusações e ameaças contra a China, Rússia, Irã, Venezuela e a quem mais se opuser. A incessante ameaça contra a China (fechamento de consulado, proibição do tik tok, banimento de jornalistas) está levando ao racismo com agressões a chineses residentes nos EUA.
Quadras no céu - Miami confinada
Miami confinada depois da escalada da pandemia
Do site Terra
E as provocações não param por aí, aviões de guerra chegaram a 100 km de Xangai e dois porta-aviões no mar do Sul chinês lançaram drones que foram eletronicamente desativados pelos chineses, cujo governo agora reage a todas as acusações e ameaças. O governo ianque gasta dinheiro com a máquina de guerra inclusive a nuclear.
Trump quer uma vacina para outubro antes das eleições, a campanha promete ser uma guerra com notícias falsas, provocações, eliminação de eleitores e votos pelo correio, até mesmo um adiamento foi pedido. Cogitam o que fará se perder, provavelmente recorrerá ao Judiciário ou provocará algum acidente para justificar um estado de emergência.
Toda a geopolítica atual é dominada pelo retorno de Plutão no mapa americano, amplificado por Netuno em quadratura a Marte natal e Marte em oposição a Saturno natal do mapa da independência (ver o mapa dos EUA). Mesmo que os democratas vençam a eleição a rivalidade com a China continuará, não esquecer que foi Obama o primeiro a iniciar a ofensiva; os partidos, os militares e a grande mídia concordam que é preciso parar a China, mas os grandes empresários pragmáticos se aborrecem, pois isto atrapalha os negócios.
Europa — Há repiques de pandemia no continente e Inglaterra. Não bastasse isto, um desfile de 20 mil neonazistas na Alemanha acendeu o sinal vermelho no país. Recentemente o governo teve que fechar um departamento de informação de Segurança Pública, completamente dominado pela horda do finado Adolfo. A Espanha sofre com nova onda da pandemia em pleno verão turístico arruinando a cambaleante economia, enquanto isto o país tem que lidar com um caso de corrupção envolvendo a monarquia.  Macron foi ao Líbano recordar ao povo devastado como era bom o tempo em que a terra era colônia francesa. A Inglaterra amarga uma queda de 20% do PIB no primeiro semestre com um desemprego alto.  O recente pacote econômico não será suficiente. Marte está em quadratura a sua posição natal e Urano faz quadratura a Saturno. (Veja o mapa da União Europeia).
Oriente Médio — No final de ano passado, o Líbano estava sob uma vaga de protestos por conta da pobreza, inflação, aumento de impostos e corrupção política, a pandemia só agravou o caos. Duas mil toneladas de nitrato de amônio estocadas no porto explodiram causando centenas de mortos, milhares de feridos e estragos nos imóveis de Beirute. O governo culpou as autoridades portuárias que já tinham avisado por memorandos da precária armazenagem. O país precisa de auxílio desesperadamente e por um bom tempo, a explosão inutilizou toneladas de trigo e o Líbano importa quase todo o alimento que consome.
Quadras no céu - Orla de Beirute antes de explosão
Orla de Beirute antes da explosão
Do site Viaja daqui
A existência do Líbano é complicada, um país pequeno que abriga uma dúzia de ordens religiosas, cercada por dois países maiores com os quais tem conflitos (Síria e Israel), que atravessou uma guerra civil prolongada (1975/90) e tem pouco potencial econômico.  O governo renunciou com a população protestando nas ruas e a explosão precisa ser explicada, o nitrato é estável e só explode em altas temperaturas. Encontrei um mapa astrológico para o país de 1943, data do reconhecimento da independência, mas a recente explosão é inexplicável por ele, é preciso experimentar a data da independência declarada pelos próprios libaneses que é de 1941.
O governo de Israel logo declarou que não tinha participação alguma na explosão, embora comemorem o acidente, pois pensavam que o Hizbollah tinha armas estocadas no porto. Ocorreram muitos protestos contra a condução do governo na pandemia e os processos contra Netaniahu estão andando a passos de tartaruga. No momento a tríplice conjunção está no fundo do céu (casa 4) e Urano faz quadratura a Plutão natal, o que indica alto grau de tensão (veja o mapa de Israel).
América Latina e o imperialismoElon Musk, presidente da Tesla, afirmou que ajudou no golpe na Bolívia do ano passado, por causa do lítio que é essencial para baterias elétricas. Deve estar meditando no que fazer agora, pois o MAS, partido de Evo Morales, é favorito para as próximas eleições que já foram adiadas e agora procuram invalidar a existência do próprio partido. Não tem graça dar um golpe e os destituídos voltarem ao poder um ano depois. Encontrei um mapa da Bolívia com horário convencional, quer dizer impreciso. Em todo caso Urano está transitando a Lua natal.
Há um dedo americano nas mudanças de regime em Honduras, Paraguai, Equador e Brasil nos últimos anos, além da escancarada e malsucedida tentativa de derrubar o regime da Venezuela. A recessão bate forte em todos os países e a informalidade, que já é grande, será ainda maior no futuro próximo. Não será nenhuma surpresa se assistirmos revoltas o ano que vem, impulsionadas por Júpiter e Saturno em Aquário, enquanto os solícitos governantes tentarão vender o que resta do patrimônio a preços de ocasião.
Astrologia global
Adolfo Gerez é nosso colega e amigo argentino. Nos últimos anos ele se dedicou a programar seminários de Astrologia Mundial em vários países da América Latina e na península ibérica. Agora na pandemia ele conseguiu realizar uma proeza notável. Reuniu 36 astrólogos de diversos países e realizou 9 lives, cada uma com quatro colegas. Foram muitas horas de exposições e debates, está tudo disponível no Youtube sob o título de Conversaciones Mundanas. Todos os aspectos da atual conjuntura foram examinados com muito material do passado que ainda é relevante para o momento. Adolfo que já participou de vários eventos no Brasil já fala português fluente.
Eu participei da última live e mesmo sendo historiador me concentrei no futuro imediato que tem sido uma preocupação constante como se pode ver nestas crônicas. Penso que estamos num momento decisivo e o tempo para mudanças está contado, se perdermos a oportunidade enfrentaremos um tempo de grandes desastres geopolíticos, econômicos, geológicos, climáticos e ambientais. Não há nisto nenhuma profecia, basta ler relatórios de especialistas nestes assuntos.
Felicidade
Depois de quatro meses revi os parentes de minha companheira no litoral, um nonagenário firme e lúcido, cunhados generosos, sobrinhos companheiros e três crianças se divertindo a valer e cheias de curiosidade como deve ser.
Duas semanas depois foi a vez de minhas filhas e netos. Fizeram um banquete com frutos do mar num lugar rural esplendoroso, uma hora de São Paulo. Meu neto já escreve pequenos artigos científicos no ensino médio e minha neta está linda, desenha magnificamente e foi gentil a ponto de jogar pebolim, pingue pongue e bilhar.
De manhã o sol batia na varanda e revi o périplo do meu espírito, despertado em Gerona, instruído em Alexandria, curtido em Safed, embebido em beleza em Isfahan e voando em Bukara, cidades amadas. Que mais podia querer? Ilustração abaixo...
Quadras no céu - Isfahan
Isfahan
Do site Linkedin
Rui Sá Silva Barros é historiador, astrólogo.
Mestre em História social (USP) e autor de textos sobre simbologia
(Esoterismo, ciência e sociedade). Pesquisador em Kaballa (Tarô e Qabbalah).
Oferece consultas astrológicas com ênfase nas soluções para todos os temas.
Contatos e informações: rui.ssbarros@uol.com.br ou fone: 11 2367-9179.
Outros trabalhos seus noClube do Tarô: Autores
Edição: CKR – 12/08/2020
Fórum: partilhe seus comentários ou deixe questões para o Rui responder
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2020 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil