Home page

25 de outubro de 2021

Responsável: Constantino K. Riemma


  Santos do Dia: jan | fev | mar | abr | mai | jun | jul | ago | set | out | nov | dez
Os Santos do Dia e o Tarô : Fevereiro
2.fevereiro: Iemanjá e Nossa Senhora dos Navegantes
 
Iemanjá - Angelita Silferr
Iemanjá.   Reprodução de Angelita Silferr
A Festa de Iemanjá faz parte das comemorações do calendário afro-brasileiro. Celebrada como filha de Olokun, a divindade dos mares, foi enaltecida no processo da diáspora africana assimilando os atributos da água salgada, associada aos mares no Novo Mundo. O seu arquétipo maternal se consolida como Mãe de todos os Orixás.
Iemanjá nas palavras de D. M. Zenicola, "representa o poder progenitor feminino; é ela que nos faz nascer, divindade que é maternidade universal, a Mãe do Mundo".
No Brasil, é conhecida ainda como Janaína, Iara, Sereia do Mar, Rainha do Mar, entre outros nomes. Por ser o orixá mais popular e festejado, desenvolveu profunda influência na cultura popular, música, literatura e na religião.
Veja mais em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Iemanja
Nossa Senhora dos Navegantes
Nossa Senhora dos Navegantes
Nossa Senhora dos Navegantes é um título dado a Mãe de Jesus, Maria.
A fé e a designação Nossa Senhora dos Navegantes têm início no século XV, com a navegação dos europeus, especialmente com os portugueses. Aqueles que viajavam elo mar pediam proteção à Nossa Senhora para retornarem aos seus lares. Maria era vista como protetora das tempestades e demais perigos que o mar e os rios ofereciam.
Nossa Senhora dos Navegantes é também conhecida pelo nome de Nossa Senhora das Candeias, Nossa Senhora da Boa Viagem; Nossa Senhora da Boa Esperança e Nossa Senhora da Esperança.
Veja mais em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_dos_Navegantes
O Carro e Yemanjá, a Rainha do Mar
O Carro e Iemanjá
O Carro por Dame Darcy e Homenagem a Yemanjá
Mães D’Água – Yèyé Omó Ejá, um concerto/show produzido pela Fundação Palmares para comemorar seus 22 anos, em 2010, numa celebração em homenagem a Iemanjá – a Rainha do Mar, nas tradições africanas. No palco, sete cantoras negras: Daúde, Margareth Menezes, Mart'nália, Luciana Mello, Rosa Marya Colyn e Paula Lima. Regente: Ângelo Rafael Fonseca.
Sugestões de Vera Vilanova   -   ckr - 31/01/2020
14 de fevereiro: São Valentim e o Dia dos Namorados
São Valentim — venerado pelos católicos e pelas Igrejas Orientais — dá seu nome ao Dia dos Namorados em muitos países, celebrado como Dia de São Valentim (Valentine's Day).
Os Namorados no Tarot dos Santos de Robert Place e vitral do Santo
Carta VI. São Valentim e os Namorados no Tarô dos Santos de Robert Place e vitral do Santo.
Valentim viveu em Roma no tempo do imperador Cláudio II, que enfrentava problemas com um grande número batalhas perdidas. O imperador atribuiu a culpa aos soldados solteiros, que se feriam levemente nas batalhas e, assim, pediam dispensa. Conseguiam um afastamento e, quando voltavam, estavam casados e não se arriscavam mais. Esse fato, segundo Cláudio II, enfraquecia as legiões e, por isso, proibiu o casamento dos soldados.
No entanto, o bispo romano Valentim continuou a celebrar casamentos, mesmo com a proibição do imperador. As suas cerimônias eram realizadas em segredo. Essa prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens atiravam flores e bilhetes dizendo que ainda acreditavam no amor.
Entre as pessoas que jogaram mensagens ao bispo estava uma jovem cega, Artérias, filha do carcereiro; ela havia conseguido a permissão do pai para visitar Valentim. Segundo algumas versões, os dois acabaram se apaixonando e, milagrosamente, a jovem recuperou a visão.
Desde 1969, o Dia de São Valentim não é mais celebrado oficialmente pela Igreja Católica em função da precariedade de comprovações históricas.
Robert M. Place, encerra seus comentários sobre a carta dos Namorados em o Tarô dos Santos com essas palavras: "São Valentino, representando a função do Cupido, paira sobre os amantes nesta carta, assim como o seu espírito reina no Dia dos Namorados. Esta carta representa o amor em todos os seus aspectos. Se seguirmos o seu comando, o amor, em qualquer forma, pode nos entregar o bem mais elevando. Da atração sexual ao amor incondicional, eles formam um continuum."
Pintura de Sao Valentim e reconstruçao de sua face
Pintura de São Valentim como curador e
sua face reconstruída em 3D pelo designer brasileiro Cícero Moraes.
No Brasil, como contraponto ao resto do mundo, em 1949 o publicitário brasileiro João Dória, com o propósito de alavancar as vendas do comércio no meio do ano, criou um Dia dos Namorados para 12 de junho, véspera de Santo Antônio, conhecido como Santo Casamenteiro na cultura portuguesa
Um fato digno de nota: em 13 de fevereiro de 2017 foi anunciada e apresentada ao mundo a face de São Valentim, reconstruída pelo designer brasileiro Cícero Moraes a partir de fotos do crânio produzidas em Roma pelo hagiólogo brasileiro José Luís Lira.
Fontes:
www.pt.wikipedia.org/wiki/Valentim_de_Roma
www.cruzterrasanta.com.br/historia-de-sao-valentim-e-valentim-de-terni/318/102/
CKR - 12/02/2021
  Santos do Dia: jan | fev | mar | abr | mai | jun | jul | ago | set | out | nov | dez
  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2020 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil