Home page

19 de setembro de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


 
 
Hexagrama 10
Caminhar (Realização)
 
  Céu
  Lago
O oráculo
Pisar sobre a cauda do tigre.
Ele não morde o homem.
Sucesso.
Interpretação
A situação é delicada e exige cautela. O tigre, que é muito mais forte que o homem, pode não morder nesse instante, mas não se pode ter certeza de que será sempre assim. Daí a importância de uma conduta suave e equilibrada quando se está associado ou próximo a pessoas fortes e poderosas.
O tigre não morde o homem que está seguindo sua trilha porque está satisfeito e o contato se dá de um modo alegre e inofensivo. Com essa imagem, o oráculo revela que a concretização de um ideal sempre coloca desafios, obstáculos e até mesmo perigos. Não ser "mordido" nessas condições representa uma grande sorte.
O hexagrama ensina que o reconhecimento dos próprios limites pode estimular a busca da perfeição, da integridade e do equilíbrio. Manter-se firme no justo meio e ocupar um lugar de força sem ser inconveniente representa um êxito feliz, uma grande glória.
Conselho
O homem nobre consulta superiores e inferiores e assim fortalece as aspirações do povo.
Interpretação
Quando estão face a face seres, grupos ou condições desiguais na força e no poder, a saída que evita confrontos destrutivos está em estabelecer uma justa mediação. Distinguir, consultar, moderar superiores e inferiores levará a uma hierarquia justa das partes.
Isso vale tanto para os acontecimentos na vida exterior, como para o mundo interno, quando diferentes motivações avançam pela mesma trilha.
Linhas móveis
Linha móvel (seis) na primeira posição significa:
Conduta simples. Progresso sem culpa.
Alguém está numa situação em que ainda não assumiu compromissos sociais. Se sua conduta for simples, permanecerá livre deles. Estando satisfeito e evitando fazer exigências aos outros, ele poderá seguir calmamente suas predileções. o significado desse hexagrama não é estancar, porém seguir adiante. Alguém se encontra, ao início, numa posição insignificante. Mas possui a força interna que possibilita o progresso. Se ele se contenta com a simplicidade, poderá seguir adiante sem culpas. Quando um homem está insatisfeito com condições modestas, torna-se inquieto e ambicioso, querendo progredir, não para realizar algo de valor, mas apenas para escapar da pobreza e, ao atingir sua meta, torna-se arrogante e apegado ao luxo. Por isso seu progresso é acompanhado de culpa. O homem capaz, ao contrário, está satisfeito com sua conduta simples. Ele quer avançar de modo a executar alguma coisa. Uma vez alcançado seu objetivo, algo é realizado e tudo fica bem.
Linha móvel (nove) na segunda posição significa:
Trilhando sobre um caminho plano e simples.
A perseverança de um homem obscuro traz boa fortuna.
Aqui é indicada a situação de um sábio solitário. Ele mantém-se afastado do turbilhão ruidoso do mundo; nada procura, nada pede, nem se deixa ofuscar por objetivos sedutores. Permanece fiel a si mesmo, e assim segue por um caminho plano, sem ser molestado. Como está satisfeito com o que tem e não desafia o destino, permanece livre de atribulações.
Linha móvel (nove) na terceira posição significa:
Um homem com uma só vista pode enxergar,
um aleijado pode pisar.
Ele pisa na cauda do tigre.
O tigre morde o homem. Infortúnio.
Um guerreiro age assim em favor de seu grande príncipe.
Um homem com uma só vista certamente pode ver, mas não o suficiente para uma visão clara. Um aleijado pode certamente pisar, mas não o suficiente para avançar. Se alguém com esses defeitos se considerar forte e se expor ao perigo, provoca seu próprio infortúnio, pois tenta realizar algo que está acima de suas forças. Esse modo temerário de investir, sem levar em conta suas próprias forças, pode no máximo justificar-se num guerreiro que luta pelo seu príncipe.
Linha móvel (nove) na quarta posição significa:
Ele pisa na cauda do tigre.
Cautela e circunspecção conduzem, ao final, à boa fortuna.
Isso se refere a um empreendimento perigoso. Existe a força interior necessária para realizá-lo, porém esse poder interno está aliado a uma cautela hesitante nas atitudes externas. Essa linha contrasta com a anterior, na qual havia fraqueza interna forçando o avanço externo. Aqui, o sucesso final está assegurado. Esse consiste em realizar o seu propósito, isto é, ultrapassar o perigo seguindo adiante.
Linha móvel (nove) na quinta posição significa:
Conduta decidida.
Perseverança com consciência do perigo.
Aqui se encontra o dirigente do hexagrama como um todo. Alguém se vê forçado a uma conduta decidida. Mas ao mesmo tempo é necessário permanecer consciente do perigo inerente a tal atitude, em especial quando ela deve ser prolongada. Só a consciência do perigo possibilita o sucesso.
Linha móvel (nove) na sexta posição significa:
Contemple sua conduta e examine os sinais favoráveis.
Quando tudo estive completo, virá suprema boa fortuna.
O trabalho terminou. Se o homem quiser saber se a boa fortuna se seguirá, deve então olhar para trás, para sua conduta e para as conseqüências dela advindas. Se os resultados forem bons, a boa fortuna é certa. Ninguém conhece a si próprio. Só pelas conseqüências de suas ações, pelos frutos de seu trabalho, poderá o homem avaliar o que o espera.
Atualizado: janeiro.11
 
 

  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil