Home page

19 de setembro de 2019

Responsável: Constantino K. Riemma


 
 
Hexagrama 21
Morder
 
  Fogo
  Trovão
O oráculo
Morder. Sucesso!
A época é favorável para exercer a justiça.
Interpretação
O nome do hexagrama também pode ser traduzido por Reforma, Sentenciar ou Aplicar a Pena. Ele fala, essencialmente, da aplicação das leis e dos regulamentos, necessários para manter a ordem e proteger as diferentes partes da coletividade.
Quando um obstáculo impede a união ou o desenvolvimento de uma iniciativa, o sucesso é alcançado com uma medida cortante. Se o problema se deve a alguém que trama intrigas e traições, é necessário intervir de forma drástica para evitar danos permanentes.
Para que a justiça seja aplicada de modo conveniente é indispensável rigor e energia, de um lado, e clareza e suavidade de outro. Rigor e firmeza, sozinhos, podem levar a castigos excessivos ou a violências que agravam os ressentimentos. Por outro lado, só clareza e suavidade tendem a tornar as sentenças ineficazes. É por essa razão que, para administrar a justiça de modo correto, torna-se imprescindível a presença de um homem de natureza gentil, mas que pela sua posição inspire respeito.
Um ideal a ser lembrado nessa situação: o melhor caminho para evitar doenças físicas ou sociais é o da prevenção. "Prevenir é o melhor remédio".
Conselho
Os governantes antigos, depois de tornarem seus códigos perfeitamente claros para todos, executavam as leis com rigor.
Interpretação
As penalidades devem estar claramente vinculadas às leis estabelecidas, e devem ser distinguidas entre leves e graves, de acordo com o delito. A correta aplicação das penalidades fortalece a lei, mas elas não têm um fim em si mesmas.
De igual modo, quando há falta de clareza nas regras estabelecidas ou descuido na sua aplicação, aumentam os obstáculos e a confusão. Isso vale para todos os níveis dos agrupamentos humanos, da nação à família. Em qualquer grupo social, as leis ou regras são fortalecidas quando se tornam claras e punições são executadas de modo pronto e decidido.
Linhas móveis
Linha móvel (nove) na primeira posição significa:
Seus pés estão presos no cepo
de modo que os dedos desaparecem.
Nenhuma culpa.
Quando um homem é castigado em sua primeira tentativa de cometer um mal, a penalidade é leve. Só os dedos dos pés são presos no cepo. Isto o impede de seguir pecando e redime-o de culpa. O texto é, portanto, uma advertência para deter-se a tempo no caminho do mal.
Linha móvel (seis) na segunda posição significa:
Mordendo através da carne macia
de modo que o nariz desaparecem.
Nenhuma culpa.
Nesse caso é fácil distinguir entre o certo e o errado. É como morder em carne macia. Encontrando um pecador renitente, indignado um homem se excede um pouco. O desaparecimento do nariz, ao morder, significa que com a irritação se perde a acuidade perceptiva. Mas isso não é muito prejudicial, pois o castigo como tal é justo.
Linha móvel (seis) na terceira posição significa:
Mordendo uma velha carne ressecada
encontra-se algo venenoso.
Pequena humilhação. Nenhuma culpa.
Um castigo deve ser aplicado por alguém que não dispõe de suficiente poder e autoridade para fazê-lo. Por isso os castigados não se submetem. Trata-se de uma causa antiga, simbolizada pela carne de caça salgada e, ao lidar com ela, depara-se com dificuldades. A carne velha está estragada. Ao ocupar-se do assunto, aquele que deve aplicar o castigo atrai sobre si um venenoso ódio e por isso se vê numa situação um tanto humilhante. Mas como o castigo é uma exigência do tempo, ele permanece livre de culpa.
Linha móvel (nove) na quarta posição significa:
Mordendo a carne seca cartilaginosa.
Recebendo flechas de metal.
É favorável estar atento ao perigo
e ser perseverante. Boa fortuna.
Existem grandes obstáculos a serem superados, poderosos inimigos a serem castigados. O desafio é árduo, mas o esforço terá êxito. Para superar as dificuldades deve-se ter a dureza do metal e a retidão de uma flecha. Quando se está cônscio dessas dificuldades e se permanece perseverante, atinge-se a boa fortuna. Ao final, a difícil tarefa é realizada.
Linha móvel (seis) na quinta posição significa:
Mordendo a carne seca musculosa.
Recebendo ouro amarelo.
Perseverantemente consciente do perigo.
Nenhuma culpa.
O caso a ser resolvido não é fácil, porém está perfeitamente claro. Como se tende, por natureza, à benevolência, deve-se realizar um esforço para ser como o ouro amarelo, isto é, verdadeiro como o ouro e imparcial como o amarelo, a cor que simboliza o meio. Só quando se permanece consciente dos perigos decorrentes da responsabilidade que se assumiu é que se podem evitar erros.
Linha móvel (nove) na sexta posição significa:
O pescoço preso à canga de madeira
de modo que as orelhas desaparecem.
Infortúnio.
Ao contrário da linha inicial, esta se refere a um homem incorrigível. Como castigo, ele está preso pelo pescoço à canga de madeira, na qual suas orelhas desaparecem. Isto significa que ele se torna surdo às advertências. Essa obstinação conduz ao infortúnio.
Atualizado: janeiro.11
 
 

  Baralho Cigano
  Tarô Egípcio
  Quatro pilares
  Orientação
  O Momento
  I Ching
Publicidade Google
 
Todos os direitos reservados © 2005-2019 por Constantino K. Riemma  -  São Paulo, Brasil